Minha conta
    O Esquadrão Suicida: Como o filme de James Gunn faz homenagem para David Ayer?
    15 de ago. de 2021 às 02:00
    Katiúscia Vianna
    Katiúscia Vianna
    -Redatora | crítica
    Apaixonada pela escrita, Katiúscia Vianna acumulou décadas de cultura pop, já que cresceu dividindo seu tempo entre apostas para o Oscar e maratonas de Friends.

    David Ayer foi responsável por dirigir Esquadrão Suicida em 2016, enquanto James Gunn comandou a nova versão do filme, lançada em agosto deste ano. Ambos os filmes contém Margot Robbie e Viola Davis no elenco.

    O Esquadrão Suicida chegou fazendo bonito nas bilheterias, conquistando o público com sua premissa ousada e personagens cativantes. Quem está no comando do longa é James Gunn, também responsável pela franquia Guardiões da Galáxia na Marvel. Mas o filme da DC é lançado apenas cinco anos após a primeira tentativa da Warner com esse grupo de vilões, Esquadrão Suicida, dirigido por David Ayer. Mas parece que não há rivalidade entre os dois cineastas, já que existe uma homenagem para o colega no recente projeto.

    A história do Esquadrão Suicida nos cinemas
    David Ayer dirigindo Will Smith em Esquadrão Suicida

    Lançado em 2016, Esquadrão Suicida acompanhava a poderosa Amanda Waller (Viola Davis) convocando um time de vilões para fazer arriscadas missões. No caso, eles teriam que impedir os planos de Magia (Cara Delevingne), que fugiu do controle dessa agente. O filme até fez respeitáveis US$ 746 milhões nas bilheterias mundiais, mas foi um fracasso de crítica especializada e não conquistou o carinho dos fãs. Mesmo assim, certos aspectos foram elogiados, principalmente a Arlequina de Margot Robbie, que depois ganharia seu próprio filme em Aves de Rapina (2020). 

    Esquadrão Suicida
    Esquadrão Suicida
    Data de lançamento 4 de agosto de 2016 | 2h 03min
    Criador(es): David Ayer
    Com Margot Robbie, Will Smith, Jared Leto, Cara Delevingne, Jai Courtney
    Imprensa
    2,3
    Usuários
    3,4
    Adorocinema
    2,0
    Assista agora em HBO Max

    Por sua vez, O Esquadrão Suicida de James Gunn apresenta algumas semelhanças na base de sua premissa, já que apresenta Waller reunindo vilões para destruir as evidências do misterioso projeto Estrela do Mar. Além da cruel agente do governo, o longa traz os retornos de Arlequina (Margot Robbie), Rick Flag (Joel Kinnaman) e Capitão Bumerangue (Jai Courtney) do longa de Ayer — tanto que eles já se conhecem e são amigos na nova produção. Mas nada de Will Smith como o Pistoleiro ou Jared Leto como o Coringa.

    O Esquadrão Suicida
    O Esquadrão Suicida
    Data de lançamento 5 de agosto de 2021 | 2h 12min
    Criador(es): James Gunn
    Com Margot Robbie, Idris Elba, John Cena, Daniela Melchior, Joel Kinnaman
    Usuários
    3,8
    Adorocinema
    4,0
    Assista agora em HBO Max

    Por outro lado, dentre os novatos da história de Gunn estão Sanguinário (Idris Elba), Pacificador (John Cena), Tubarão Rei (Sylvester Stallone), Blackguard (Pete Davidson), Bolinha (David Dastmalchian), Savant (Michael Rooker), Caça-Ratos 2 (Daniela Melchior), TDK (Nathan Fillion), Javelin (Flula Borg) e Doninha (Sean Gunn). 

    Homenagem de O Esquadrão Suicida para David Ayer
    James Gunn dirigindo Idris Elba em O Esquadrão Suicida

    Se você reparar, os créditos de The Suicide Squad (no original) trazem um agradecimento especial para David Ayer, por abrir as portas para a visão de Gunn. Afinal, a primeira versão de Esquadrão Suicida sofreu várias interferências da Warner, o que afetou bastante em seu corte final. Por sua vez, parece que o estúdio aprendeu com seus erros e deixou James seguir com seu estilo para a nova produção, o que rendeu grandes elogios da imprensa especializada (inclusive no AdoroCinema!).

    O Esquadrão Suicida vai entrar no catálogo brasileiro da HBO Max?

    Recentemente, os atores que apareceram em ambas as versões falaram sobre as diferenças. “A visão sobre o que o filme [antigo] seria não era clara para todos. Não é como se a direção, os produtores, o estúdio tivessem a mesma visão. Havia conflitos sobre qual seria a história e, às vezes, nessas produções gigantes, as pessoas começam a ir para direções diferentes e terminam em lugar nenhum. Acho que foi isso o que aconteceu com o primeiro Esquadrão Suicida, ele não era uma coisa, nem outra”, diz Kinnaman. 

    Sem falar que James Gunn apoia o desenvolvimento do Ayer Cut, que seria a versão sem interferências do Esquadrão Suicida de David Ayer — algo nos moldes do Snyder Cut de Liga da Justiça. Ou seja, nós apreciamos camaradagem em Hollywood, obrigada!

    facebook Tweet
    Links relacionados
    Pela web
    Comentários
    Mostrar comentários
    Back to Top