Minha conta
    Nordeste para além da comédia: 5 filmes marcantes produzidos na região
    Por Rafael Felizardo — 19 de jun. de 2021 às 11:00

    Do aclamado Bacurau, passando pelo importante Aquarius e chegando ao desconhecido Boi Neon, o Nordeste brasileiro mostra que suas produções existem além das comédias.

    Neste sábado, dia 19 de junho, é comemorado o Dia do Cinema Brasileiro, uma importante data comemorativa para os amantes da sétima arte. Contando com filmes aclamados como Cidade de DeusCarandiruCentral do Brasil e Tropa de Eliteo audiovisual nacional deu um salto de qualidade há algumas décadas, apresentando produções que chegaram a concorrer aos mais importantes prêmios da categoria e alcançando o reconhecimento internacional.

    Quando se fala em cinema nacional, há grande possibilidade de vir à cabeça longas-metragens ambientados no Nordeste brasileiro, estruturados com pitada de humor e alguns estereótipos relativos à região em questão. Filmes como O Auto da CompadecidaO Homem que Desafiou o DiaboDeus é Brasileiro e Lisbela e o Prisioneiro são alguns dos expoentes desse universo citado, representando uma importante parte do nosso cinema.

    Contudo, o que acaba, por vezes, escapando de nosso conhecimento, são os filmes situados na região nordestina mas que ficam fora do recorte acima, rompendo com a pegada cômica existente em parte dos sucessos brasileiros. Essa cisão com a comédia, além de criar uma variação sobre um tema, ajuda a diminuir alguns dos olhares engessados a respeito do Nordeste, explorando outros elementos não tão comuns assim em produções ambientadas por lá.

    Com isso, confira abaixo alguns filmes situados no Nordeste mas que fogem do gênero da comédia:

    5 filmes brasileiros que fizeram sucesso internacionalmente
    BACURAU

    Um dos filmes favoritos do presidente Barack ObamaBacurau é dirigido por Kleber Mendonça Filho e Juliano DornellesChegando a ser cotado para concorrer ao Oscar de 2021, o filme apresenta uma realidade distópica onde um povoado do sertão brasileiro é caçado por um grupo estrangeiro armado de aparatos tecnológicos, precisando, no processo, criar um grupo de resistência para sobreviver. Não tão distante assim da realidade, Bacurau foi um dos grandes destaques de 2019, levando o nome do Brasil para o exterior.

    AQUARIUS

    Outro longa brasileiro que também chegou a ser cogitado como indicação à estatuetaAquarius é mais um filme do cineasta pernambucano Kleber Mendonça Filho. No filme, de maneira sutil, importantes questões raciais, políticas e sexuais são abordadas. Com brilhante atuação de Sonia Braga, a atriz chegou a ser apontada como presença certa, pelo jornal britânico The Guardian, na indicação de Melhor Atriz do Oscar se a produção fosse em língua inglesa.

    BOI NEON

    Com um pé no cinema artístico, Boi Neon é uma não tão conhecida produção do cineasta Gabriel Mascaro. Através de uma fotografia magnífica e grande beleza visual, o drama consegue sustentar bem sua trama, apresentando importantes quebras de estereótipos sexuais e relativos ao povo nordestino. No elenco, Juliano Cazarré vive um vaqueiro que sonha em largar tudo para viver uma carreira como estilista.

    Três Verões e outros filmes com mulheres fortes do cinema nacional
    FEBRE DO RATO

    Além de ser uma típica expressão nordestina, Febre do Rato é um reconhecido filme do diretor Cláudio Assis. Apresentando fotografia em preto e branco, o longa é ambientado na cidade de Recife e explora de maneira intensa - característica do diretor - a liberalidade do corpo humano. No elenco, Irandhir SantosNanda CostaMatheus Nachtergaele dão vida a um filme brasileiro que não vai agradar a todos, mas, definitivamente, vale a pena assistir.

    A HISTÓRIA DA ETERNIDADE

    Com foco em uma narrativa envolvente e uma brilhante trama emotiva, A História da Eternidade consegue prender a atenção do público em suas duas horas de filme. Apresentando personagens bem construídos, o longa do diretor Camilo Cavalcante sucede em tratar estereótipos clássicos do Nordeste de maneira diferente. Em mais uma atuação sólida, o ator Irandhir Santos, mesmo não sendo o protagonista, rouba a cena com seu trabalho.

    facebook Tweet
    Links relacionados
    Pela web
    Comentários
    Mostrar comentários
    Back to Top