Minha conta
    Me Sinto Bem Com Você e outros filmes românticos brasileiros para curtir com o mozão
    Por Katiúscia Vianna — 20 de mai. de 2021 às 18:10

    De Os Homens São de Marte... até Hoje eu Quero Voltar Sozinho, o cinema nacional é cheio de paixões!

    O cinema nacional segue firme e forte mesmo em tempos de pandemia. Dessa vez, já está disponível o romance Me Sinto Bem Com Você na Amazon Prime Video — um filme estrelado por Manu Gavassi e escrito por Matheus Souza (Ana e Vitória, Apenas o Fim). Mas filmes apaixonantes não são novidades na nossa cultura, afinal povo brasileiro adora um aconchego e paixões avassaladoras.

    No clima desse lançamento bem aguardado, o AdoroCinema lista cinco longas com grandes histórias de amor criadas por talentos nacionais, que marcaram a nossa tão bela história do cinema, para você curtir com o mozão do lado, uma pipoca básica e aquele edredom bacana:

    Me Sinto Bem Com Você

    Começando com o filme que inspirou nossa lista, Me Sinto Bem Com Você acompanha diferentes histórias de amor durante os tempos de isolamento social. Nesse grupo, tem de tudo: duas jovens apaixonadas com medo do romance esfriar com a distância; ex-namorados que voltam a se falar; um casal que não aguenta convivência 24 horas por dia; dois ficantes que não gostam de rótulos; e duas irmãs tentando retomar a amizade. Além de Manu Gavassi e Matheus Souza, o longa conta com atuações de Victor Lamoglia e Thati Lopes. Disponível na Amazon Prime Video.

    Os Homens São de Marte... E É Pra Lá que Eu Vou 

    Escrito, produzido e protagonizado por Monica Martelli (e inspirado numa peça dela), Os Homens São de Marte... E É Pra Lá que Eu Vou gira ao redor de Fernanda, mulher com quase 40 anos que ainda não encontrou o homem ideal. Enquanto isso, ironicamente, ela organiza festas de casamentos. Dentre aventuras com seus amigos, a protagonista encontra diferentes tipos de parceiros, mas não desiste de ter uma grande paixão. Com participação do saudoso Paulo Gustavo, o filme ainda tem Marcos PalmeiraDani Valente no elenco. Disponível no Telecine.

    A Mulher Invisível

    Figurinha carimbada do cinema brasileiro, Selton Mello protagoniza A Mulher Invisível, onde o romântico Pedro fica deprimido após ser abandonado pela esposa, preocupando seus amigos. Mas tudo muda no dia que ele conhece sua nova vizinha, Amanda (Luana Piovani), que parece ser a mulher perfeita. Porém, como o título aponta, ela tem um grande problema: ninguém mais consegue vê-la! Esse filme de 2009 fez tanto sucesso que até gerou uma série de TV homônima. Disponível no Globoplay.

    Hoje Eu Quero Voltar Sozinho

    Inspirado num curta homônimo, Hoje Eu Quero Voltar Sozinho é a obra de Daniel Ribeiro que marca a representatividade nessa lista. Afinal, surpreendeu ao contar a história de Leonardo (Ghilherme Lobo), um jovem cego que tenta encontrar sua independência, apesar da super proteção de sua mãe. Ao mesmo tempo, ele começa explorar sua sexualidade na descoberta do primeiro amor, quando chega um novo aluno na escola: o simpático Gabriel (Fabio Audi). Disponível no Telecine.

    Lisbela e o Prisioneiro

    Com uma trilha sonora caprichada, a obra Lisbela e o Prisioneiro mostra o romance improvável entre a romântica Lisbela (Débora Falabella) — que sonha com filmes de Hollywood — e Leléu (Selton Mello), um malandro que vive conquistando mulheres, viajando de cidade em cidade. Mas existe uma complicação: a jovem está noite de outro cara. Sem falar que tem um assassino querendo vingança de Leléu. Comandado por Guel Arraes, tem um elenco formado por Marco Nanini, Bruno Garcia, Virginia CavendishAndré Mattos e Tadeu Mello.

    facebook Tweet
    Links relacionados
    Pela web
    Comentários
    Mostrar comentários
    Back to Top