Minha conta
    Festival de Cannes 2019: O que a crítica está dizendo sobre Bacurau, novo filme de Kleber Mendonça Filho
    Por Katiúscia Vianna — 16 de mai. de 2019 às 11:32

    Parece que mais uma performance fantástica de Sonia Braga vem por aí!

    Principal representante brasileiro no Festival de Cannes 2019, Bacurau já foi exibido na tradicional mostra de cinema. Sob a direção de Kleber Mendonça Filho e Juliano Dornelles, o longa acompanha um pequeno povoado do sertão brasileiro, que vela a perda de uma de suas moradoras mais famosas, Dona Carmelita, aos 94 anos. Porém, logo após tal morte, eles descobrem que a comunidade não consta mais em qualquer mapa.

    No geral, as críticas são mistas ou positivas, admirando o trabalho visual da produção e sua ambição crítica — apesar de apontarem certos problemas com o roteiro, em comparações com outros trabalhos de Mendonça Filho, como Aquarius e O Som ao Redor. Com elogios para a sintonia do elenco formado por Bárbara ColenUdo KierSilvero Pereira e Karine Teles, o destaque fica nos ombros de Sônia Braga.

    Veja o que os críticos pensam sobre o filme e siga acompanhando nossa cobertura do Festival de Cannes, aqui no site e em nossas redes sociais:

    AdoroCinema: "Bacurau está o tempo todo se transformando, apontando novos caminhos, rompendo com expectativas e ressignificando as imagens mostradas anteriormente. Ao espectador, cabe acompanhar a narrativa como quem tateia um caminho às escuras: aos poucos, sem certezas, aberto às inevitáveis surpresas que virão". Leia a crítica completa.

    The Hollywood Reporter: "Apesar da violência gráfica em sua parte final, a terceira narrativa de Mendonça Filho tem um tom mais leve do que seus antigos trabalhos, combinando uma comédia de pequena cidade ensolarada com uma trama de fábulas e um toque de realismo mágico. É uma mistura impressionante, talvez um pouco rica demais. Apesar de ser lindo visualmente e admirável em ambição, esse neo-faroeste nunca satisfaz como um todo." Leia a crítica completa

    Indiewire: Em alguns aspectos, Bacurau parece ser uma lógica continuação dos outros trabalhos críticos e autorais de Kleber Mendonça Filho. Ao mesmo tempo que é mais forte e inescrutável que os anteriores, ele se aprofunda em terror, quando seus fantasmas se tornam literais e seus heróis pegam em armas. Estrela de Aquarius, Sonia Braga surge sensacional, mais uma vez." Leia a crítica completa.

    The Wrap: "Fala sobre comunidades e exploração, até agitar tais pontos com sangue e músicas de ficção científica, a tal ponto que te desafia a lembrar de quais foram as questões em primeiro lugar. É perturbador e bagunçado, um sonho febril sobre um tempo perturbado no Brasil. E diverte também." Leia a crítica completa

    The Guardian: "Bacurau é um trauma alucinógeno, com um toque de Alejandro Jodorowsky ou de Pelos Caminhos do Inferno, de Ted Kotcheff. Também é um faroeste vingativo que lembra Clint Eastwood em Por um Punhado de Dólares. É um filme estranho, executado com claridade e força brutais." - Leia a crítica completa

    Variety: "Uma versão abrasileirada de Zaroff, o Caçador de Vidas, baseado em recheadas alusões a cultura e política locais, Bacurau é um daqueles raros filmes que seriam melhor se fossem mais burros ou menos ambiciosos." Leia a crítica completa.

    Screen Daily: "Bacurau pode representar uma cidade pequena, que ninguém notaria se sumisse do mapa, mas através de longas, cativantes e frenéticas sequências que são vibrantes em detalhes; Mendonça Filho e Dornelles constroem a sensação de uma cidade vital, próspera e unida. É um lugar pelo qual vale a pena lutar." Leia a crítica completa.

    Le Monde: "Um apelo à resistência num formato de faroeste que é difícil de acreditar ter sido formulado antes da última eleição presidencial no Brasil. E se o refinamento dramático de Bacurau nem sempre se eleva ao nível sagaz de sua intenção política; seu vigor e alegria selvagem carregam a narrativa." Leia a crítica completa

    facebook Tweet
    Links relacionados
    Pela web
    Comentários
    Mostrar comentários
    Back to Top