Minha conta
    Por que os Eternos não ajudaram os Vingadores contra Thanos em Guerra Infinita e Ultimato?
    Por Bruno Botelho dos Santos — 25 de mai. de 2021 às 22:00

    Heróis de Eternos viveram secretamente na Terra pelos últimos sete mil anos, mas agora vão interferir nos filmes da Marvel.

    Eternos é um dos filmes mais aguardados do Universo Cinematográfico Marvel. Seu primeiro trailer apresentou o novo grupo de super-heróis antigos e deu mais detalhes do motivo para eles não terem interferido quando Thanos (Josh Brolin) – considerado o melhor vilão nos filmes da Marvel – abalou as estruturas da Terra em Vingadores: Guerra Infinita e Vingadores: Ultimato

    A chegada dos Eternos vai mudar completamente o Universo Cinematográfico Marvel. Criados pelos Celestiais, eles são seres poderosos e imortais que manejam e manipulam energia de várias maneiras criativas. Embora sejam de outros lugares, os Eternos viveram secretamente na Terra pelos últimos 7 mil anos, disfarçados de humanos comuns e, às vezes, inspirando algumas religiões existentes.

    Porém, a introdução deles em produções da Marvel levanta a questão de "por que agora?" e qual o motivo deles não terem ajudado a Terra e os Vingadores contra diversas ameaças. Eles não se envolveram, por exemplo, contra Ultron (James Spader) em Vingadores: Era de Ultron (2015), mas especialmente contra Thanos – mesmo ele tendo exterminado metade de toda a vida no mundo em Guerra Inifnita (2018). Eles também estiveram ausentes durante o confronto final com o vilão em Ultimato (2019).

    Eternos: Tudo o que sabemos sobre o filme na Fase 4 da Marvel

    Isso inclusive virou meme na internet entre os fãs da Marvel. Veja alguns deles e depois vamos explicar melhor as motivações do grupo de super-heróis:

    Por que os Eternos não ajudaram os Vingadores em Guerra Infinita e Ultimato?

    O primeiro trailer mostra os primeiros Eternos chegando no planeta Terra em sua nave, recebidos pelo homem primitivo, que fica confuso com a presença deles. Uma narração de Ajak de Salma Hayek – uma espécie de líder diplomática dos Eternos – conta o que eles têm feito desde então. Os personagens assistiram e guiaram a humanidade pelo caminho correto, mas sem nunca interferir diretamente para causar mudanças impactantes na sociedade.

    A personagem também afirma que "nunca interferimos ... até agora", uma frase que confirma a política de não interferência dos Eternos, como uma espécie de divindade, um Deus monoteísta clássico que guia a humanidade. É revelado um orgulho pelas realizações humanas e eles querem que prosperemos sozinhos, guiados pelo caminho certo, mas nunca forçados. Isso explica o motivo dos Eternos permitirem que tragédias como a Segunda Guerra Mundial acontecessem, apesar de serem poderosos o suficiente para acabar com os conflitos mais horrorosos da história.

    O código deles também é responsável por sua ausência durante as batalhas anteriores do Universo Cinematográfico Marvel, sejam inimigos da Terra como Ultron (James Spader), Kaecilius (Mads Mikkelsen), Caveira Vermelha (Hugo Weaving) ou do espaço como Loki (Tom Hiddleston), Malekith (Christopher Eccleston) e, obviamente, Thanos (Josh Brolin) – que nos quadrinhos da Marvel tem sua história ligada aos Eternos. Assim, ele pode fazer uma participação especial no filme em flashbacks.

    Eternos: Quem são os personagens do filme da Marvel?

    Outra grande questão que o filme precisa responder é sobre o limite da interferência, afinal, a maioria dos Eternos aparece se intrometendo e direcionando a humanidade, como em melhorias de técnicas de cultivo. Isso, por exemplo, não justifica a fata de ação contra Thanos, pois existe uma uma grande diferença entre deixar a Terra cometer seus próprios erros e assistir metade do universo ser destruído quando isso poderia ser evitado. Nos quadrinhos da Marvel, os Eternos são proibidos de interferir pelos Celestiais, o que pode ser uma explicação no Universo Cinematográfico Marvel, pois só traria só teria mais miséria e ira sobre os humanos.

    É fato que isso vai mudar depois dos eventos causados pelo Thanos e com a falta de uma nova liderenã depois do scrifício de Tony Stark, o Homem de Ferro (Robert Downey Jr.) e da aposentadoria de Sreve Rogers, o Capitão América (Chris Evans). Será que eles perceberam que erraram e deveriam intervir na Terra? Ou foram impedidos de se envolver e agora querem garantir que o mesmo não aconteça quando uma nova ameaça universal surgir no futuro? Vale lembrar que o Multiverso vai ser explorado nas próximas produções da Marvel, o que vai trazer diversas outros problemas preocupantes.

    O elenco do filme é repleto de atores consagrados em Hollywood: Angelina Jolie como Thena; Richard Madden como Ikaris; Kumail Nanjiani como Kingo; Lauren Ridloff como Makkari; Brian Tyree Henry como Phastos; Salma Hayek como Ajax; Lia McHugh como Sprite; Don Lee como Gilgamesh; Gemma Chan como Sersi; Kit Harington como Dane Whitman e Barry Keoghan como Druig.

    Os Eternos é um dos quatro filmes da Marvel programados para 2021 e tem previsão de estreia para o dia 28 de novembro. Ele vai mostrar o primeiro beijo gay do Universo Cinematográfico da Marvel, além de incluir o primeiro super-herói com deficiência auditiva.

    Eternos: Diretora explica como Kevin Feige encaixou o filme no MCU
    facebook Tweet
    Links relacionados
    Pela web
    Comentários
    • Cid
      Que texto horroroso! Cheio de erros. Sou redator e posso trabalhar também como revisor. Pra onde mando meu currículo?
    • Carçan Rodrigo
      Por favor, usem o corretor ortográfico!Ou melhor contrate um Revisor de textos.
    Mostrar comentários
    Back to Top