Minha conta
    Round 6 na Netflix: O que significam os símbolos de círculo, triângulo e quadrado na série coreana?
    30 de set. de 2021 às 19:20
    Nathalia Jesus
    Nathalia Jesus
    -Redatora e crítica
    Especialista e consumidora de filmes, séries, música e programas de TV da Coreia do Sul. Dos clássicos cult de Park Chanwook até as farofas protagonizadas por um Park Seojoon 15 anos mais velho que seus personagens, ela aprecia a riqueza artística do país há muitos anos.

    Os símbolos de Squid Game (nome secundário de Round 6) têm tomado conta das redes sociais nos últimos dias.

    Prestes a tirar o título de La Casa de Papel como série internacional mais assistida da NetflixRound 6 não sai do primeiro lugar no Top 10 do streaming. Baseada em jogos infantis na Coreia do Sul, a atração acompanha uma competição de sobrevivência para pessoas que estão com dívidas quase impossíveis de serem pagas.

    No centro do enredo está Gi Hoon (Lee Jung Jae), um homem com graves problemas: está devendo a um agiota perigoso que assinou sua sentença de morte caso a dívida não seja paga, a mãe diabética precisa fazer uma cirurgia com urgência e a filha está prestes a ir embora para sempre. Desesperado e sem dinheiro, ele conhece O Vendedor (Gong Yoo), um rapaz que lhe oferece a chance de participar de um jogo com prêmio bilionário. Após aceitar entrar na disputa, o protagonista descobre que apenas uma pessoa, em meio a 456 competidores, sobreviverá.

    Round 6
    Round 6
    Data de lançamento 17 de setembro de 2021 | min
    Séries : Round 6
    Com Jung-jae Lee, Park Hae-Soo, Jung Ho-Yeon, Wi Ha-Joon, Yeong-su Oh
    Usuários
    4,2
    Assistir em streaming

    Ao ser recrutado, Gi Hoon recebe um cartão com os símbolos de círculo, triângulo e quadrado, no qual consta um número de telefone no verso. Estas mesmas formas geométricas seguem aparecendo em toda a série — tanto nas salas de jogos, quanto nos uniformes dos trabalhadores mascarados. E afinal, o que isso significa?

    Símbolos de Round 6 têm conexão com a Playstation?

    Desde o primeiro episódio, os símbolos de círculo, triângulo e quadrado aparecem no cartão de convite para o jogo. Posteriormente, também vemos estas mesmas formas geométricas nos cenários infantis, nas máscaras e seguem em evidência até os momentos finais de Round 6. Para muitos, aqueles desenhos têm conexão ao famoso controle de Playstation, remetendo a metáfora de que os competidores estão sendo manuseados por jogadores externos. Mas a resposta não é bem essa — embora também faça sentido.

    Round 6 na Netflix: Descubra qual foi a cena mais difícil de gravar e outras 5 curiosidades que você precisa saber

    Os símbolos, na verdade, fazem referência ao alfabeto coreano, no qual o título original da série é escrito. Especificamente, a letra O é o círculo (ㅇ), o J é o triângulo (ㅈ) e a letra M é o quadrado (ㅁ). Ao combinar essas 3 letras, obtemos “OJM”, que aparecem na palavra Ojingeo Geim (오징어 게임) — abreviação de “Jogo de Lula” em coreano. E isso esteve em evidência desde a abertura de Round 6, em que os símbolos se únem para completar o nome da atração da Netflix em coreano.

    Vale mencionar também que, na série, estes símbolos são essenciais para a hierarquização de funções entre os mascarados, no qual o quadrado representa o coordenador e os demais são subordinados, que cumprem as funções mais difíceis, como carregar caixões e recolher jogadores mortos no chão.

    Cartão com círculo, triângulo e quadrado está causando polêmica

    Sabe aquele cartão bege que está em, absolutamente, todas as redes sociais? É o convite que os jogadores recebem para participar da bizarra competição. Além dos símbolos de círculo, triângulo e quadrado arrepiarem os personagens de Round 6, também estão causando dores de cabeça na vida real.

    O motivo disso é o número que aparece no verso do papel, que pertence à uma pessoa real. De acordo com o site coreano MBN, Sr. Kim, um empresário da região de Seongju, na Coreia do Sul, é o verdadeiro dono do código telefônico e tem recebido muitas ligações de pessoas querendo participar do jogo, pedindo dinheiro emprestado e o xingando por supostamente “criar” a competição em Round 6.

    Round 6: Série da Netflix foi inspirada em fatos reais?

    "Depois que Round 6 estreou, tenho recebido ligações e mensagens sem parar 24 horas por dia, ao ponto de estar difícil seguir o cotidiano. Esse é um número que venho usando há mais de 10 anos, então estou muito surpreso. Tive que apagar mais de 4000 números do meu telefone e chegou ao ponto em que as pessoas estão entrando em contato sem se importar se é dia ou noite, por causa da curiosidade, então a bateria do meu celular não aguenta e o desliga", afirmou Kim ao site Koreaboo.

    A produtora Siren Pictures, responsável pela criação da série, reconheceu o erro e ofereceu uma indenização de 1 milhão de wons (cerca de 4.500 reais brasileiros) como compensação, e ainda recomendou que o número fosse trocado. Kim, no entanto, afirma que não pode simplesmente modificar seu telefone, pois tem usado o mesmo número por 20 anos em sua empresa e é sua principal fonte de contato com os clientes.

    facebook Tweet
    Links relacionados
    Pela web
    Comentários
    • Paulo Henrique
      gente nem pra eles colocarem um número falso ? aheuaheauea eu processaria.
    Mostrar comentários
    Back to Top