Minha conta
    Nathalia Jesus
    Nathalia Jesus
    Redatora e crítica
    Biografia

    Desde a infância, Nathalia Jesus sempre foi apaixonada por literatura. A arte preenchia um espaço significativo em sua imaginação, fazendo com que se sentisse inspirada a materializar seus pensamentos. Foi assim que nasceu seu amor pela escrita, principalmente porque tal hobbie possibilitou que ela criasse novos mundos, pessoas, leis e regras únicas que só existiam em sua mente fértil.

    Ao longo de sua adolescência, ela aproveitava todo o tempo livre com a irmã, zapeando a televisão de madrugada e criando sua própria grade de conteúdos ao emendar canais e horários para conseguir assistir em média 3 filmes até o dia clarear. E dava certo! Foi assim, a partir da imprevisibilidade da TV, que conheceu produções inesquecíveis como A Música Nunca Parou, O Show de Truman e Forrest Gump. E é claro, as duradouras maratonas de série também eram um hobbie obrigatório que a prendia dentro de casa e a fazia inventar diversas desculpas para não sair.

    Até chegar ao Jornalismo, Nathalia experimentou diversos nichos da arte, passando pelo teatro, por inúmeras modalidades de dança, aulas de canto e instrumentos musicais. O que realmente colocou a profissão em seu radar foi o vício em revistas teens que abordavam todo o universo cultural ao qual sempre teve contato íntimo.

    Já em seus primeiros estágios, Nathalia esteve inserida no Jornalismo Cultural e se dedicou a levar entretenimento para a casa de cada leitor ao escrever, como voluntária, para o jornal O Estado RJ. Além disso, a redatora é colaboradora da revista universitária Zint, em que escreve críticas e análises sobre música, cinema e séries. No AdoroCinema, ela começou produzindo fichas de filmes e personalidades para o banco de dados do site, e expandiu sua atuação ao começar a escrever matérias, participar de coberturas, entrevistas, cabines e todos os maravilhosos desafios que vêm junto com a profissão.

    Expertises:

    Produções sul-coreanas

    Consumidora de filmes, séries, música e programas de TV da Coreia do Sul, Nathalia Jesus é especialista em tudo o que diz respeito a tal indústria de entretenimento. Dos clássicos cult de Park Chan-Wook até as farofas protagonizadas por um Park Seo-Joon 20 anos mais velho que seus personagens, ela aprecia a riqueza artística do país há muitos anos. Estudante do idioma, a redatora se esforça cada vez mais para finalmente conseguir assistir e ouvir suas produções favoritas sem a necessidade de legendas e traduções.

    Animações

    Que atire a primeira pedra a pessoa que sabe todas as falas de A Era do Gelo, Madagascar e de todos os episódios de Pica-Pau! Bem… Certamente, Nathalia Jesus atiraria. Na infância, a redatora se dedicava a assistir todos os filmes da Pixar religiosamente em suas fitas VHS bem conservadas. Ela cresceu apaixonada por X-Men, Super Choque e todos os demais desenhos exibidos no Bom Dia & Cia. Sendo este um de seus gêneros cinematográficos favoritos do mundo, Nathalia sempre está disposta a maratonar animações que vão desde produções do Studio Ghibli até Bob Esponja.

    Cinema LGBTQ+

    Encantada pela parceria de Adèle Haenel e Céline Sciamma no cinema, Nathalia Jesus é especialista quando se trata de filmes que abordam o amor entre duas mulheres, sejam elas bissexuais ou lésbicas. Com uma lista gigante de recomendações (para todo o tipo de recorte) e produções LGBT já assistidas, ela considera precioso cada minuto que passou em frente às telas prestigiando romances fofos como Melhor Que Chocolate e Imagine Me & You, ou longa-metragens com roteiros esquisitos como Lírios D'Água e With a Kiss I Die.

    Séries

    Tudo começou com séries como Dr. House, Friends e Todo Mundo Odeia o Chris, as quais Nathalia Jesus de quase dez anos de idade assistia fora da cronologia, aleatoriamente, quando estas eram transmitidas em diferentes emissoras na TV. Ao descobrir o prazer de acompanhar episódio por episódio na sequência correta, ela ficou imersa nas histórias longas, aprofundamento de personagens e um apego que só séries eram capazes de lhe causar com tamanha intensidade. Suas favoritas (por enquanto) são Fleabag, The Handmaid's Tale, The L Word, I May Destroy You, Doctor Who e, é claro, as maiores farofas que a CW tiver a oferecer.

    Celebridades

    Desde a infância, Nathalia Jesus sempre foi curiosa para conhecer tudo sobre a vida de seus cantores e atores favoritos. Enquanto fã, é apaixonada em descobrir todos os segredinhos de bastidores de seus trabalhos e algumas fofocas pessoais que os próprios deixam escapar. Entrevistas, lives e atualizações nas redes sociais de suas celebs preferidas são conteúdos que ela se sente muito satisfeita em acompanhar.

    Marvel

    Como toda criança brasileira que se preze, Nathalia Jesus cresceu lendo gibis da Turma da Mônica, ao invés da enorme sequência de HQs da Marvel. Com o passar do tempo, seu amor pela versão animada de X-Men a introduziu à gama de conteúdos da franquia, fazendo com que ela se encantasse pela organização do universo cinematográfico do estúdio e se apaixonasse de diferentes formas por cada personagem. Atualmente, seus heróis favoritos são Tempestade, Doutor Estranho, Hulk, Capitã Marvel e Pantera Negra.

    • Um filme: Farewell My Concubine
    • Uma série: Fleabag
    • Uma cena: Discurso de Roque para Boca em Ó Pai Ó.
    • Um frase: "O que é o luto senão o amor que perdura?" - WandaVision
    • Uma música: A Reason - Willow
    • Para rir: Saiki Kusuo No Psi-Nan
    • Para chorar: Rafiki
    • Para tomar susto: Jogos Mortais
    • Um cineasta: Wong Kar-Wai
    • Uma atriz: Viola Davis
    • Um ator: Lázaro Ramos
    • Um personagem: Lim Sooho de "Snowdrop"

    Back to Top