Minha conta
    10 casais lésbicos que fizeram história nas séries teen
    28 de ago. de 2021 às 03:00
    Katiúscia Vianna
    Katiúscia Vianna
    -Redatora | crítica
    Apaixonada pela escrita, Katiúscia Vianna acumulou décadas de cultura pop, já que cresceu dividindo seu tempo entre apostas para o Oscar e maratonas de Friends.

    De Riverdale a Glee, passando a sucessos como Elite e As Five, vamos celebrar o Dia da Visibilidade Lésbica relembrando grandes casais das séries de TV voltadas ao público jovem.

    Qualquer série de TV que se preze, possui grandes histórias de amor. A partir disso, fãs apaixonados torcem por seus ships preferidos, enquanto passam anos investidos em histórias incríveis. Porém, a trama fica ainda mais especial quando investe na representatividade. Para comemorar o Dia da Visibilidade Lésbica chegando em 29 de agosto, decidimos celebrar maravilhosos casais formados por mulheres em séries de TV teen. Afinal, essa é uma fase importante onde devemos aprender como cada um é perfeito da maneira que é, simples assim.

    Clarke e Lexa - The 100

    Apesar de um começo conturbado em The 100, o relacionamento de Clarke (Eliza Taylor) e Lexa (Alycia Debnam-Carey) se transformou numa emocionante paixão, com um final trágico. Porém, o poder desse casal era tanto que começou uma revolução que ia mudar a história da TV: trazendo para a mídia o debate sobre "Bury Your Gays" — contra a alta mortalidade de personagens gays na ficção. Além disso, foi fundada a convenção ClexaCon, em homenagem ao ship perdido.

    Cheryl e Toni - Riverdale

    Cheryl (Madelaine Petsch) sempre roubou a cena em Riverdale, mas nunca teve um romance a altura de seu status no show. De repente, a segunda temporada traz Toni (Vanessa Morgan), uma membro da gangue dos Serpentes que consegue conquistar o coração dessa ruiva, além de ser um grande apoio para seus problemas emocionais. Logo, 'Choni' se tornou uma das maiores qualidades da série inspirada nas Archie Comics — algo bem humano no meio de tantas loucuras bizarras dessa história.

    Riverdale e e outras produções que tiveram cenas de beijo improvisadas
    Lica e Samantha - Malhação/As Five

    Dá para acreditar que o primeiro beijo gay da Malhação só aconteceu em 2008? Viva as Diferenças foi uma temporada de grande sucesso, justamente por sair dos moldes tradicionais da novelinha. Um dos destaques foi o casal Lica (Manoela Aliperti) e Samantha (Giovanna Grigio), com um romance cheio de descobertas e grande torcida no público. Quando As Five ganharam sua própria série, 'Limantha' passou por alguns problemas, já que as garotas estão em fases diferentes em suas vidas. Mas a esperança de um retorno é a última que morre.

    Willow e Tara - Buffy, a Caça-Vampiros

    Também precisamos falar de um casal que fez história numa época que a comunidade LGBTQIA+ ainda não tinha muita voz na mídia. Um exemplo marcante de representatividade numa época tão complicada foi Willow (Alyson Hannigan) e Tara (Amber Benson), que ganhou forma durante a quarta temporada de Buffy. As duas se aproximaram através da magia, porém foram separadas por uma tragédia. Sinceramente, o público nunca aceitou essa perda, inclusive o showrunner até declarou ter se arrependido da escolha. 

    10 séries com representatividade lésbica que vão agradar a todos os públicos
    Elena e Syd - One Day At a Time

    Ok, tecnicamente, One Day At a Time não é uma série teen, porém ela traz um dos casais gays adolescentes mais fotos que a televisão já viu. A comédia trouxe um retrato honesto sobre a descoberta da sexualidade de Elena (Isabella Gomez), até que ela encontrou o amor com Syd (Sheridan Pierce), uma jovem não-binária. As duas são nerds, divertidas e meio doidinhas, formando uma dupla cheia de particularidades, porém capaz de causar identificação em qualquer espectador. 

    Freya e Keelin - The Originals

    Nora (Scarlett Byrne) e Mary Louise (Teressa Liane) tiveram pouco tempo de tela em The Vampire Diaries. Já Josie (Kaylee Bryant) ainda procura sua alma gêmea definitiva em Legacies. Então, escolhemos falar de Freya (Riley Voelkel) e Keelin (Christina Moses) para representar o universo TVD nessa lista. O começo desse casal não é o mais simples, porém elas formaram uma relação tão bonita e estável em The Originals, ainda mais num universo cheio de guerras sobrenaturais. O casamento delas reuniu a família Mikaelson e fez história na CW.

    The Originals: Por onde anda o elenco?
    Toni e Shelby - The Wilds

    No mundo da cultura pop, existem "tropes", ou seja, tipos de arcos famosos em histórias. Um dos mais populares é o "enemies to lovers", ou "inimigos para amantes", em tradução livre. E isso define claramente o casal Toni (Erana James) e Shelby (Mia Healey) em The Wilds. Foi uma temporada de muita tensão e briga, mas quando o amor finalmente falou mais alto, valeu muito a pena. Não apenas para as duas jovens, como para os fãs que estavam torcendo em casa. 

    Emily e Alison - Pretty Little Liars

    Dentre mistérios fatais e sombrios, existia muito espaço para o amor em Pretty Little Liars. Emily (Shay Mitchell) sempre teve uma crush em Alison (Sasha Pieterse), mas o relacionamento demorou temporadas para acontecer. Afinal, ambas tiveram que amadurecer e se tornarem suas próprias pessoas, antes de investirem no maior relacionamento de suas vidas. Adicione isso com uma gravidez inesperada e pronto: você tem o final feliz perfeito... Pelo menos, até o spin-off acontecer!

    Mês do orgulho LGBTQ+: 8 filmes de casais gays e lésbicos com finais felizes
    Rebeka e Mencia - Elite

    Como não amar uma personagem decidida? Desde sua primeira cena em Elite, Mencía (Martina Cariddi) se interessou por Rebeka (Claudia Salas), mas a jovem veterana do Las Encinas não estava procurando um romance, após ter uma grande decepção amorosa. Porém, isso não foi problema para Mencía, que seguiu lutando para conquistar o coração da amada. Como toda temporada, surgiram tretas e uma morte chocante no quarto ano, mas o amor delas foi um dos maiores destaques da história.

    Brittany e Santana - Glee

    Por fim, precisamos falar de Glee, que fez história falando abertamente a comunidade LGBTQIA+ para o público jovem na TV norte-americana. Duas personagens que serviam apenas como pano de fundo no início da trama, Brittany (Heather Morris) e Santana (Naya Rivera) foram roubando cada cena e construindo um amor a partir do sentimento mais puro de amizade e respeito. Na hora de amadurecer, uma separação foi necessária, porém o destino as uniu novamente e o final feliz foi garantido. 

    facebook Tweet
    Links relacionados
    Pela web
    Comentários
    Mostrar comentários
    Back to Top