Minha conta
    Elite: Martina Cariddi celebra que série da Netflix não tentou esconder seu corpo fora dos padrões sociais
    Por Katiúscia Vianna — 25 de jun. de 2021 às 11:12

    A intérprete de Mencía tem pelos em seu corpo, representando diferentes tipos de corpos nas telinhas.

    Todo mundo sabe que Elite é uma série que não tem medo de investir em cenas de sexo, o que causa polêmica dentre os fãs nas redes sociais. A situação não foi diferente em sua quarta temporada — inclusive com os novos atores que se juntaram ao fenômeno da Netflix. O grande destaque do grupo é Martina Cariddi, que interpreta a rebelde Mencía no projeto. Além de ter uma trama importante na história, a jovem gerou repercussão por ter um corpo "fora dos padrões sociais" normalmente impostos pelas grandes mídias.

    A história de Mencía em Elite

    Mencía faz parte do grupo de alunos que se juntam ao colégio Las Encinas neste ano, inclusive é a filha caçula do novo diretor da instituição, Benjamín (Diego Martin), sendo irmã de Ari (Carla Díaz) e Patrick (Manu Rios). Só que ela é considerada como a mais rebelde do trio, pois tem traumas de seu passado, já que acredita ser culpada pela morte da mãe e pelo acidente que quase matou seu irmão. 

    Quando chega em Las Encinas, ela logo se interessa por Rebeka (Claudia Salas) — que, por sua vez, está relutante em começar um novo relacionamento após sofrer por conta de Samuel (Itzán Escamilla). De qualquer forma, surge um romance entre as duas, mas tudo fica ameaçado por Armando (Andres Velencoso), uma espécie de sugar daddy que paga as contas de Mencía, em troca de sexo, já que ela parou de ser suportada por seu pai.

    Elite: Quem morreu no final da 4ª temporada na série da Netflix?

    No final da temporada, Armando acaba atacando Ari, quase matando-a durante uma festa de ano novo, quando a jovem ameaça contar tudo que ele fez com sua irmã para seu pai. Após essa confusão, Mencía decide falar a verdade para Benjamín, que fica enfurecido com a situação. É esperado seu retorno para a quinta temporada.

    Martina Cariddi e a luta contra os padrões da sociedade

    Como parte do elenco de Elite, Martina Cariddi também participa de cenas quentes com Claudia Salas, com quem mantém um bom relacionamento de amizade. Porém, além do casal receber grande apoio do público, a moça se destacou por apresentar um corpo fora dos padrões da sociedade. Ela exibe, com confiança, pelos debaixo dos braços e em suas pernas — normalizando essa escolha.

    A atriz de 20 chegou a cogitar depilar-se para a série da Netflix, mas contou com o apoio de sua irmã na ficção, Carla Díaz, para propor em manter seu visual para os produtores — que super aprovaram a ideia. "Fico feliz que essa decisão tenha gerado um debate e que as pessoas expressem sua opinião, mesmo que negativa", contou a jovem para o Cosmopolitan.

    Atriz de Elite, Martina Cariddi diz que testes para a série foram terríveis e comenta comparações com Ester Expósito

    A decisão de manter seus pelos começou aos 12 anos de idade — tanto pelo conforto, mas como forma de rebeldia contra a sociedade. "Foi quando comecei a me interessar pelo movimento feminista, a ler sobre ele, a ir a debates ou até a bater um papo com as pessoas. Percebi que estava fazendo isso simplesmente por causa do padrão social que diz como as mulheres não podem ter pelo no corpo ou no rosto. Mas se eu me olhar no espelho, fico igualmente bonita. Então, se eu gosto de mim mesma como sou, o que os outros pensam não deve importar para mim."

    Por fim, Martina Cariddi deseja manter esse debate na mídia e sonha em representar as diferenças nas telinhas: "Eu não tenho um corpo perfeito, eu tenho minhas curvas, minhas coisas. Eu quero que isso tenha visualização, que outros tipos de corpos possam ser vistos!"

    facebook Tweet
    Links relacionados
    Pela web
    Comentários
    • João
      Eu não ligo pra pelos, não sendo gorda, pra mim já basta.
    Mostrar comentários
    Back to Top