Minha conta
    Johnny Depp x Amber Heard: Terapeuta do casal relata que os abusos foram mútuos
    17 de mai. de 2022 às 18:05
    Rafael Felizardo
    Rafael Felizardo
    -Redator | Crítico
    Sonhador desde pequeno e apaixonado por cinema de A a Z, encontrou em David Lynch um modo de sonhar acordado.

    Por conta de um histórico de agressões que se arrasta desde 2017, o caso de Depp e Heard ganha mais um capítulo nos tribunais.

    É do conhecimento de todos que Hollywood já foi palco de grandes escândalos. Desde brigas matrimoniais, passando por casos de agressões físicas, abusos e até prisões, a indústria de entretenimento mais famosa do mundo está sempre nos surpreendendo, seja de uma maneira boa ou de uma ruim.

    Para quem não está acompanhando, o assunto do momento é a guerra judicial entre os atores Johnny Depp e Amber Heard. As estrelas se casaram em 2015, mas vivem uma relação conturbada desde o divórcio, em 2017. A partir daí, uma série de acusações de violência doméstica e outros abusos começaram a surgir de ambos os lados, tornando-se pautas para múltiplas ações judiciais que já duram há um bom tempo.

    Johnny Depp x Amber Heard: Como a briga judicial dos atores de Hollywood impactou o cinema

    Nas últimas semanas, o processo de difamação que Depp move contra a ex-esposa ganhou novos capítulos. De acordo com a Variety, Laurel Avis Anderson, uma psicóloga que realizou terapia conjunta com os dois em 2015, testemunhou aos jurados que o ex-casal se envolveu em um caso de "abuso mútuo".

    Eu achei que ele [Depp] estava bem controlado. Com a Sra. Heard, seus gatilhos foram ativados. Eles estão envolvidos, ao meu ver, em um caso de abuso mútuo.

    Em outros trechos de seu depoimento, a terapeuta ainda revela que tanto Depp, quanto Heard, agrediram um ao outro fisicamente por diversas vezes durante os anos, sendo o ato iniciado às vezes por ela, e às vezes por ele. A profissional também condiciona esse lado agressivo dos dois a um cenário abusivo vivido por ambos em suas infâncias.

    AMBER HEARD VAI SAIR DE AQUAMAN?

    Além das denúncias realizadas por Amber, uma série de acusações feitas por Johnny Depp ganhou as páginas de notícias nos últimos dias, alegando que a ex-cônjuge o golpeou múltiplas vezes enquanto ainda estavam casados. Entre os principais pontos do relato do ator, destacam-se uma queixa de que Amber teria decepado seu dedo e uma alegação de que ela chegou a defecar na cama do casal após uma discussão.

    Por conta disso, um grupo de pessoas começou uma petição para que a atriz fosse demitida de Aquaman 2, onde interpreta a personagem Mera. Até o momento da publicação desta matéria, o documento contava com mais de quatro milhões de assinaturas. Um dos principais argumentos dos assinantes se baseia no fato de que se Depp foi demitido de Animais Fantásticos, logo, Heard também deveria perder seu posto no filme da DC.

    Até agora, não há sinais de movimentação para a demissão da atriz, sendo ela, inclusive, defendida publicamente pelo produtor do longa, Peter Safran:

    "Não acho que algum dia iremos reagir, honestamente, à pura pressão dos fãs. Você tem que fazer o que é melhor para o filme. Ninguém desconhece o que está acontecendo no universo do Twitter, mas isso não significa que você tenha que reagir a isso ou tomá-lo como um evangelho ou concordar com seus desejos."

    Mesmo com uma grande torcida contra ou a favor, provavelmente, a saída ou continuidade de Amber só será definida após o resultado do polêmico julgamento.

    Amber Heard confessa que "precisou lutar" por papel em Aquaman 2 após disputa judicial contra Johnny Depp
    facebook Tweet
    Links relacionados
    Pela web
    Comentários
    Mostrar comentários
    Back to Top