Minha conta
    Johnny Depp critica a cultura do cancelamento nas redes sociais: “Eu não fiz nada, apenas faço filmes”
    23 de set. de 2021 às 11:19
    Caio Garritano
    Caio Garritano
    -Redator | Community Manager
    Redator e Community Manager do AdoroCinema. Especialista em filmes e séries de ficção, principalmente ligadas ao Universo Marvel e Harry Potter.

    O ator, que foi demitido da franquia Animais Fantásticos, recebeu um prêmio honorário durante o San Sebastian Film Festival.

    Desde que os casos de agressão denunciados por Amber Heard vieram a público, o ator Johnny Depp vem sofrendo uma série de consequências. Entre elas, está a demissão da franquia Animais Fantásticos e os inúmeros processos judiciais que ele vem perdendo. Depois que o diretor e roteirista Andrew Levitas acusou a produtora MGM de enterrar seu novo filme devido à participação do ator, ele veio a público afirmar que estava sofrendo um boicote em Hollywood. Agora, durante uma homenagem que recebeu no San Sebastian Film Festival, Depp desabafou sobre os ataques que vem sofrendo nas redes sociais e a cultura do cancelamento que vem crescendo nelas. 

    Animais Fantásticos 3 ganha título oficial: O que esperar de Os Segredos de Dumbledore?

    “Pode ser visto como um evento na história que durou o tempo que durou, essa cultura de cancelamento, essa pressa instantânea para o julgamento baseado no que essencialmente equivale a ar poluído. Está tão fora de controle agora que posso prometer que ninguém está seguro. Nenhum de vocês. Ninguém está seguro", afirmou o ator antes de receber o Prêmio Donostia. Diga uma frase e não há mais chão, o tapete foi puxado. Não foi só comigo que isso aconteceu, aconteceu com muitas pessoas. Esse tipo de coisa aconteceu com mulheres, homens. Infelizmente, a certa altura, eles começam a pensar que é normal. Ou que são eles. Quando não é.”, completou. 

    No que parecia ser uma referência ao seu caso de difamação que perdeu contra o jornal britânico The Sun, após ter sido chamado de "espancador de mulheres", Depp disse: "Não importa se um julgamento, por si só, tem alguma licença artística. Quando há uma injustiça, seja contra você ou alguém que você ama, ou alguém em quem você acredita - levante-se, não se sente. 'Porque eles precisam de você". 

    Aquaman 2: Produtor diz que ignorou fãs de Johnny Depp pedindo a saída de Amber Heard no filme da DC

    Durante uma entrevista coletiva, Depp admitiu que estava “preocupado” que sua presença no festival deste ano “pudesse ofender as pessoas” e que ele “não queria ofender ninguém”. Ele elogiou o evento, seu diretor José Luis Rebordinos, e o prefeito de San Sebastian por seu “apoio eterno” e por “não comprar o que foi, por muito tempo, uma noção de mim que não existe”. Por fim, o ator acrescentou: “Eu não fiz nada, apenas faço filmes”. 

    Para quem não lembra, o protagonista do filme Edward Mãos de Tesoura e a estrela de Aquaman, foram casados por dois anos e resolveram se separar em 2017. Após o término do casamento, ela revelou uma série de fotos do rosto com lesões causadas por agressões que teriam sido cometidas pelo ex. Ela não o processou após os dois assinarem um acordo de divórcio com o pagamento dos US $7 milhões por parte do ator. Depois de ter deixado o papel de Grindewald na franquia Animais Fantásticos, do universo de Harry Potter, o ator Mads Mikkelsen foi escolhido para assumir o vilão. Já em Piratas do Caribe, rumores indicam que ele será substituído por uma atriz da Marvel em reboot.

    Animais Fantásticos: Os Crimes de Grindelwald
    Animais Fantásticos: Os Crimes de Grindelwald
    2h 14min
    Criador(es): David Yates
    Com Eddie Redmayne, Katherine Waterston, Dan Fogler, Alison Sudol, Jude Law
    Imprensa
    3,1
    Usuários
    4,2
    Adorocinema
    3,5
    Assista agora


    facebook Tweet
    Links relacionados
    Pela web
    Comentários
    • João
      Ele está certíssimo, essa cultura do cancelamento se tornou o cúmulo do absurdo, o pior é que tem gente que acredita naquela mulher desprezível
    Mostrar comentários
    Back to Top