Minha conta
    Emmy 2021: Cobra Kai, The Boys e outras surpresas chocantes na lista de indicados
    Por Katiúscia Vianna — 13 de jul de 2021 às 15:25

    MJ Rodriguez fez história com Pose, Marvel faz sucesso e Emily em Paris faz seu retorno inesperado?

    Para os fãs de premiações ao redor do mundo, finalmente foi revelada a lista de indicados ao Emmy Awards 2021. Já é comum ver nomes da Netflix figurando entre os grandes concorrentes, junto com as produções da HBO (agora com o apoio importante da HBO Max). Porém, a Disney+ veio com ainda mais força esse ano através das séries da Marvel. Mesmo tentando prever, a lista foi cheia de surpresas (e certas esnobadas) e vamos debater algumas delas na matéria abaixo:

    Cobra Kai é a comédia do ano?

    Desde o início, Cobra Kai foi elogiada por crítica e público, mas nunca tinha conseguido uma vaga nas categorias mais importantes do Emmy Awards... até agora. Após concorrer com seus dublês por dois anos seguidos, a popular série da Netflix abocanhou lugar na briga por melhor comédia com sua terceira temporada — concorrendo com outros queridinhos como HacksTed Lasso e The Flight Attendant. Sem a presença de figurões como Schitt's Creek e Fleabag, teria uma chance?

    Cobra Kai: 4ª temporada vai ser a maior de todas! O que sabemos sobre os próximos episódios na Netflix?
    The Boys rouba a cena

    A surpresa não ficou apenas nas comédias! Você já imaginou uma série tão politicamente incorreta conseguindo aparecer dentre diversos projetos pesados típicos de premiações? The Boys aparece na disputa de melhor drama, a mais importante da noite, e (além de categorias técnicas) também surge na briga de melhor roteiro dramático pelo chocante final da segunda temporada. É importante ressaltar que o sucesso do Amazon Prime Video coloca os heróis na categoria, coisa que nem Falcão e o Soldado Invernal conseguiu.

    Marvel invade o Emmy

    Mas não se engane: as novas séries do Universo Cinematográfico Marvel fizeram bonito em sua estreia no Emmy. WandaVision aparece com 23 indicações, só perdendo para os números de The Mandalorian e The Crown. Dentre as categorias, estão melhor minissérie, atriz (Elizabeth Olsen), ator (Paul Bettany), atriz coadjuvante (Kathryn Hahn)... Até a canção Agatha All Along tá concorrendo! Apesar de Falcão e o Soldado Invernal não conseguir destaque nas categorias principais de drama, também aparece em diversas brigas técnicas e em ator convidado por Don Cheadle.

    WandaVision: Crítica completa da primeira série da Marvel no Disney+
    Mj Rodriguez faz história

    Finalmente, a Academia de Artes e Ciências Televisivas tomou vergonha na cara e indicou MJ Rodriguez como melhor atriz de drama por seu trabalho em Pose (anteriormente, só Billy Porter tinha sido celebrado nesse elenco, e ele concorre novamente esse ano). Assim, a intérprete de Blanca se torna a primeira atriz trans a aparecer numa categoria principal de atuação na história do Emmy Awards. No total, foram nove indicações merecidas para a série produzida por Ryan Murphy.

    Emily em Paris de novo?

    Apesar de toda a confusão com o Globo de Ouro e um suposto suborno dos votantes, Emily em Paris ainda conseguiu superar a polêmica e está concorrendo ao prêmio de melhor comédia. Como já falamos acima, a disputa desse gênero não está nada fácil e não ajuda o fato da série de Lily Collins só aparecer também na categoria de design de produção. Apesar das críticas negativas, isso reforça o currículo da série, já renovada para uma segunda temporada.

    Emily em Paris: As comédias românticas ficaram datadas com a era digital?
    Hamilton vem com tudo

    Tem gente que acha que Hamilton não é filme. Não é o caso da autora desta notícia. Então, já que não rolava um Oscar, estamos bem felizes com as indicações do musical de Lin-Manuel Miranda, que foi lembrada 12 vezes aqui. Boa parte desse sucesso se deve ao elenco, já sete atores concorrem ao Emmy deste ano: Leslie Odom Jr,, Jonathan Groff, Daveed DIggs, Anthony Ramos, Phillipa SooRenée Elise Goldsberry e o próprio Lin-Manuel aparecem nas categorias de minissérie ou telefilme, já que é considerado um especial de variedades.

    Cadê Small Axe?

    Nem tudo é alegria no mundo do Emmy Awards (e olha que já falamos de Emily em Paris!). Se ficamos felizes em ver I May Destroy You com 9 indicações ao Emmy, após ser esnobada no Globo de Ouro; também estamos bem chateados por não ver Small Axe nas principais brigas de minissérie e telefilme. O projeto de Steve McQueen só aparece na categoria de fotografia. Apesar de apostar na TV para atingir um público maior, isso não foi o suficiente para conquistar o amor da Academia.

    Amor por elencos de dramas

    Se você reparar nas listas de atores e coadjuvantes, a Academia decidiu celebrar muitas estrelas de algumas séries específicas. Por exemplo, das 24 indicações de The Crown; 9 são para o elenco - inclusive Olivia ColmanEmma Corrin e até Claire Foy reprisando o papel da rainha Elizabeth. Já The Handmaid's Tale tem 10 indicações para seus astros liderados por Elisabeth Moss (4 nomes só em atriz coadjuvante) diante de 21 lembranças no total. Já sabem como funcionam os bolões né? Quanto mais gente indicada pela mesma produção num categoria, mais os votos podem ser divididos. Então, qualquer um tem chance nessa disputa.

    facebook Tweet
    Links relacionados
    Pela web
    Comentários
    Mostrar comentários
    Back to Top