Minha conta
    Lightyear mudou a história de Buzz? Novo filme da Pixar contradiz momento decisivo de Toy Story 2
    21 de jun. de 2022 às 18:00
    Lucas Leone
    Lucas Leone
    -Redator
    Lucas só continua nesta dimensão porque Hogwarts ainda não aceita alunos brasileiros. Ele até tentou ir para Westeros ou o Condado, mas perdeu a hora do Expresso do Oriente. Hoje, pode ser visto escrevendo no Central Perk mais próximo.

    Na nova animação, Chris Evans empresta sua voz para o herói do espaço que deu origem ao boneco de Andy.

    ATENÇÃO: A MATÉRIA A SEGUIR CONTÉM SPOILER!

    Lightyear, a nova animação da Pixar sobre o patrulheiro espacial de Toy Story, já está nos cinemas. Dirigida por Angus MacLane e dublada por Chris Evans, conta a história do herói que inspirou o brinquedo dado ao menino Andy no primeiro dos quatro filmes originais. Buzz não é o único personagem conhecido que aparece: Zurg, seu arqui-inimigo, também dá as caras. No entanto, a nova trama envolvendo o vilão alienígena contradiz um dos momentos icônicos da franquia.

    Lançado em 1995, Toy Story apresenta Buzz Lightyear como um astronauta encarregado de proteger a galáxia contra o maligno Imperador Zurg. Na sequência, Toy Story 2 (1999), um detalhe importante é introduzido: Zurg é, na verdade, pai de Buzz. Em uma clara referência a Star Wars: O Império Contra-Ataca (1980), o desenho revela a informação da mesma maneira que Darth Vader fez com Luke Skywalker. Acontece que Lightyear mudou isso completamente.

    Agora, Buzz e um grupo de recrutas inexperientes devem enfrentar Zurg e seu implacável exército de robôs. Quando o vilão enfim mostra seu rosto, trata-se de uma versão mais velha do protagonista, que vem diretamente do futuro para alterar a linha do tempo.

    Lightyear: Novo filme da Pixar é vetado na Arábia Saudita e outros países do Oriente Médio; entenda por quê

    Por que Lightyear optou pela mudança? O diretor do filme admitiu que tentou manter a relação pai-filho e que acabou decidindo inovar ao perceber que o público não iria se surpreender.

    "Nós exploramos a coisa do pai. Mas então o tempo todo você fica tipo, 'Este é o pai. Este é o pai dele. Vamos lá. Este é o pai dele'. Você teria que estabelecer que o pai dele era alguém importante", explicou MacLane ao IGN.

    "Mas o que realmente descobrimos, o que estávamos realmente procurando, era a ideia de que o maior inimigo de Buzz é ele mesmo, literal e figurativamente, e que sua paixão por voltar no tempo e corrigir erros é realmente mais autodestrutiva e globalmente destrutiva porque essa é a arrogância dele", completou MacLane.

    Lightyear: Buzz terá melhor amiga lésbica e enfrentará vilão misterioso no novo filme; conheça os personagens

    Embora Buzz e sua equipe tenham aparentemente derrotado Zurg no final de Lightyear, a última das três cenas pós-créditos sugere o contrário. Nela, o vilão está flutuando no meio do espaço depois de ter sua nave destruída por Buzz. De repente, seu visor acende, e seus olhos vermelhos se abrem. Ele está vivo e, portanto, apto a se vingar do patrulheiro. Essa reviravolta deixa em aberto o futuro de Buzz, bem como a produção de uma sequência para as telonas.

    Se depender da bilheteria, entretanto, a Disney pode se desanimar com a ideia. Lightyear arrecadou somente US$ 85,6 milhões em todo o mundo em seu fim de semana de estreia. Nos EUA, o faturamento foi de apenas US$ 51 milhões, fazendo deste o terceiro filme da Pixar a não garantir a liderança nos números – após O Bom Dinossauro (2015) e Divertida Mente (2015).

    Além de Chris Evans, Lightyear traz em seu elenco de dubladores Uzo AdubaKeke PalmerTaika Waititi e James Brolin. No Brasil, é o apresentador Marcos Mion quem empresta sua voz para o herói do Comando Estelar.

    Confira a crítica do AdoroCinema clicando aqui!

    Lightyear
    Lightyear
    Data de lançamento 16 de junho de 2022 | 1h 45min
    Criador(es): Angus MacLane
    Imprensa
    2,9
    Usuários
    2,7
    Adorocinema
    3,5
    Assista agora em Disney +
    facebook Tweet
    Links relacionados
    Pela web
    Comentários
    Mostrar comentários
    Back to Top