Minha conta
    Terry Crews sai em defesa de Will Smith após punição por tapa no Oscar: "É desproporcional"
    25 de abr. de 2022 às 13:27
    Caio Garritano
    Caio Garritano
    -Redator | Community Manager
    Redator e Community Manager do AdoroCinema. Especialista em filmes e séries de ficção, principalmente ligadas ao Universo Marvel e Harry Potter.

    Chris Rock anunciou que não vai processor Smith após receber um tapa do ator durante cerimônia do Oscar.

    A 94ª cerimônia do Oscar foi marcada por muita diversidade entre seus ganhadores, mas também pela polêmica envolvendo Will Smith e Chris Rock. Enquanto apresentava a categoria de Melhor Documentário, o humorista fez uma piada sobre a aparência da esposa do ator, Jada Pinkett Smith. O astro de King Richard: Criando Campeãs se levantou de onde estava e foi até o palco dar um tapa no colega. Após os acontecimentos, Smith foi banido da Academia por dez anos e o ator chegou a publicar um pedido de desculpas em suas redes sociais, mas é claro que a repercussão não acabou por aí.

    Jim Carrey diz que Will Smith deveria ser preso após polêmica do Oscar e chama Hollywood de "covarde"

    Durante uma entrevista para o The Hollywood Reporter, Terry Crews, conhecido por seu trabalho em Todo Mundo Odeia o ChrisAs Branquelas e Brooklyn Nine-Nine, resolveu se posicionar sobre o tema mais polêmico do momento. "Tanto Will Smith quanto Chris Rock são queridos, queridos amigos meus. Eu amo os dois como irmãos. Mas houve um tempo na minha vida [onde] eu era Will Smith naquele momento, e deixe-me dizer, eu já fiz pior do que o Will. Ele apenas exagerou... a pena é desproporcional ao crime", afirmou o astro. 

    Crews, inclusive, lembrou de um momento em que chegou a perder a cabeça quando mexeram com a sua esposa Rebecca, grávida na época:  "As pessoas me falavam: 'O que diabos você está fazendo?' Minha esposa até teve que dizer: 'Você tem que me prometer que nunca vai fazer isso. Você não precisava pegar esse homem e derrubá-lo de cabeça com tudo no concreto'. Eu simplesmente não consegui me controlar". 

    Jada Pinkett Smith está por trás de filme que fez Will Smith ganhar o Oscar; conheça carreira da atriz e produtora

    Por fim, o nosso eterno Julius de Todo Mundo Odeia o Chris elogiou a postura do seu também colega Chris Rock e afirmou que a atitude do comediante salvou Hollywood. "Quando eu olho para trás, pelo que Chris fez, apenas decidindo manter-se de pé... De muitas maneiras, ele salvou Hollywood. Porque se houvesse uma briga naquele palco, eu não sei se Hollywood teria algum respeito de novo das pessoas, sabe? É difícil até imaginar o que teria acontecido", concluiu o astro.

    Após especulações de que poderia perder seu Oscar de Melhor Ator, o próprio Will Smith decidiu se adiantar ao veredito da Academia e renunciou ao seu posto - isso quer dizer que ele não faz mais parte do grupo de artistas e profissionais da indústria cinematográfica que podem votar nos candidatos às categorias. Apesar disso, não perderá o troféu que recebeu por King Richard: Criando Campeãs.

    King Richard: Criando Campeãs
    King Richard: Criando Campeãs
    Data de lançamento 2 de dezembro de 2021 | 2h 25min
    Criador(es): Reinaldo Marcus Green
    Com Will Smith, Aunjanue Ellis, Saniyya Sidney, Demi Singleton, Liev Schreiber
    Usuários
    4,2
    Adorocinema
    4,0
    Assista agora em HBO Max

    Após o acontecimento no palco da cerimônia, sabe-se apenas que Chris Rock não quis prestar nenhum tipo de queixa oficial contra o colega. Por enquanto, não há novas declarações do comediante sobre o assunto, que repercutiu entre diversas outras celebridades ao longo das últimas semanas.

     
    facebook Tweet
    Links relacionados
    Pela web
    Comentários
    Mostrar comentários
    Back to Top