Minha conta
    Will Smith vai perder o Oscar por bater em Chris Rock? Entenda as punições que ator pode enfrentar
    28 de mar. de 2022 às 14:50
    Aline Pereira
    Aline Pereira
    -Redatora | crítica
    Jornalista que ama boas histórias e combina a paixão por cinema e TV com comunicação para mergulhar ainda mais nos universos e personagens que já fazem brilhar os olhos. Pipoca, suspense, dramédia e uma pitada de reality são a receita perfeita para todos os dias.

    Briga entre Will Smith e Chris Rock foi a maior polêmica do Oscar 2022: Entenda o que pode acontecer com o troféu do ator.

    A 94ª cerimônia do Oscar foi ao ar nesta noite de domingo (27) para celebrar os filmes que mais se destacaram ao longo do último ano. Mas o evento trouxe também uma surpresa chocante: Will Smith subiu ao palco para confrontar Chris Rock, após uma “piada” do comediante envolvendo Jada Pinkett Smith, atriz e esposa do astro de King Richard: Criando Campeãs. As reações ao acontecimento se dividiram e, com elas, também surgiu a dúvida: Will Smith pode perder o Oscar pela agressão?

    Pouco tempo depois da tensão com Chris Rock, Will Smith subiu ao palco para receber seu Oscar de Melhor Ator por King Richard, o primeiro de sua carreira, e o discurso foi publicado nas redes sociais da premiação, sem menção ao ocorrido. Mais tarde, o perfil a Academia de Artes e Ciências Cinematográficas, fez uma publicação se posicionando contra qualquer tipo de violência.

    “A Academia não tolera nenhuma forma de violência. Nesta noite estamos encantados em celebrar nossos vencedores da 94ª cerimônia, que merece este momento de reconhecimento de seus pares e amantes de filmes ao redor do mundo”, diz a postagem. Will Smith e Chris Rock não se pronunciaram publicamente sobre o caso logo após a cerimônia.

    É muito improvável que Will Smith perca sua estatueta do Oscar após a briga com Chris Rock e o comediante criador de Todo Mundo Odeia o Chris não parece ter a intenção de fazer algum tipo de acusação formal contra o colega por violência física. Mas vale lembrar que, em 2017, a Academia atualizou suas regras de conduta motivada, especialmente, pela onda de denúncias de assédio sexual e moral na indústria cinematográfica. 

    “Além de alcançar a excelência na área de cinema, os membros [da Academia] precisam se comportar de forma ética e condizente com os valores da Academia em respeito da dignidade humana e inclusão (...) A Academia pede que seus membros abracem sua responsabilidade de reafirmar esses princípios (...) Não há espaço para aqueles que abusam de seu status, poder ou influência. A Academia é categoricamente contra qualquer tipo de abuso ou discriminação”, diz o comunicado oficial emitido na época (via Variety).

    Assim, é possível entender o comportamento de Will Smith como uma quebra do código de conduta ao agredir fisicamente seu colega de profissão, mas ainda há muita discussão sobre as motivações do ator: Jada Pinkett Smith, sofre com uma doença autoimune que causa queda de cabelo e o astro agiu em um impulso de defender a esposa, que passa por uma fase delicada de saúde. Entretanto, caso a Academia bata o martelo e decida que Smith violou as regras, o ator pode ser impedido de levar o prêmio para casa e não será reconhecido pelo Oscar.

    Em seu discurso de agradecimento após receber o Oscar de Melhor Ator, Will Smith se emocionou e fez um discurso falando sobre também sobre a própria família. "Estou recebendo um chamado na minha vida para amar as pessoas e para proteger as pessoas. Para ser um rio para o meu povo", disse.

    King Richard: Criando Campeãs
    King Richard: Criando Campeãs
    Data de lançamento 2 de dezembro de 2021 | 2h 25min
    Criador(es): Reinaldo Marcus Green
    Com Will Smith, Aunjanue Ellis, Saniyya Sidney, Demi Singleton, Liev Schreiber
    Usuários
    4,2
    Adorocinema
    4,0
    Assista agora em HBO Max
    facebook Tweet
    Links relacionados
    Pela web
    Comentários
    Mostrar comentários
    Back to Top