Minha conta
    Amy Schumer revela piada censurada no Oscar: “Não me deixaram falar, mas deixam ir lá e estapear alguém"
    7 de abr. de 2022 às 14:48
    Aline Pereira
    Aline Pereira
    -Redatora | crítica
    Jornalista que ama boas histórias e combina a paixão por cinema e TV com comunicação para mergulhar ainda mais nos universos e personagens que já fazem brilhar os olhos. Pipoca, suspense, dramédia e uma pitada de reality são a receita perfeita para todos os dias.

    Comediante foi uma das apresentadoras do Oscar e revelou que algumas de suas piadas foram impedidas de aparecer na cerimônia de premiação.

    Além de premiar os filmes e artistas que mais se destacaram no último ano, a edição de 2022 do Oscar foi uma das mais polêmicas da história, graças ao desentendimento entre Will Smith e Chris Rock. Vencedor do Oscar por King Richard: Criando Campeãs, o ator deu um tapa no comediante após uma piada com a esposa, Jada Pinkett Smith. O ato repercutiu entre celebridades: desta vez, Amy Schumer se pronunciou e usou o caso para defender piada que foi censurada na cerimônia.

    Em apresentação realizada em Las Vegas, Amy Schumer criticou Will Smith e ‘brincou’ com a situação. “Eu estava ali me achando e, de repente, Ali estava vindo. E foi uma porcaria. Tudo o que posso dizer é que isso diz muito sobre masculinidade tóxica”, disse. A comediante chamou o ator de ‘Ali’ fazendo uma referência ao filme de mesmo nome pelo qual Will Smith foi indicado ao Oscar em 2002, sobre o lutador Muhammad Ali.

    Em seguida, a atriz de Descompensada revelou que uma das piadas que escreveu foi cortada da cerimônia do Oscar, que foi apresentada por ela em conjunto com Wanda Sykes e Regina Hall. Uma das ‘piadas’ planejadas por Amy fazia referência ao caso de Alec Baldwin: em outubro do ano passado, o ator matou, acidentalmente, uma diretora de fotografia no set de filmagem, ao disparar uma arma que não deveria estar carregada.

    “‘Não Olhe Para Cima’ é o nome de um filme, mas devia ser mais tipo ‘não olhe para o cano da arma de Alec Baldwin”, disse. Além desta, a comediante disse que havia preparado outras piadas sobre as acusações de assédio sexual contra o ator James Franco. “Meu advogado me disse para não falar essas coisas”, contou. 

    Em seguida, Amy Schumer comparou a ‘censura’ que sofreu com o tapa dado por Will Smith. “Eu não tinha permissão para dizer nenhuma dessas coisas, mas você pode simplesmente subir lá e bater em alguém”, afirmou (via The Hollywood Reporter).

    Will Smith no Oscar 2022

    O problema entre os dois atores aconteceu após um comentário feito por Chris Rock sobre Jada Pinkett Smith: a atriz sofre de alopecia, doença que causa perda de cabelo, e o humorista a comparou com uma personagem careca do filme Até o Limite da Honra. “Tire o nome da minha mulher da sua boca”, gritou Will Smith.

    Após especulações de que o ator poderia perder seu Oscar pela agressão, o astro se desculpou pela atitude e, alguns dias depois, renunciou sua vaga na Academia de Artes e Ciências Cinematográficas e não poderá participar das votações para as próximas edições do prêmio. 

    facebook Tweet
    Links relacionados
    Pela web
    Comentários
    Mostrar comentários
    Back to Top