Minha conta
    Cinderela: Quais são as diferenças entre a animação da Disney e o live-action com Camila Cabello?
    5 de set. de 2021 às 00:00
    Lucas Leone
    Lucas Leone
    -Redator
    Lucas só continua nesta dimensão porque Hogwarts ainda não aceita alunos brasileiros. Ele até tentou ir para Westeros ou o Condado, mas perdeu a hora do Expresso do Oriente. Hoje, pode ser visto escrevendo no Central Perk mais próximo.

    Remake do clássico infantil chegou ao Amazon Prime Video ontem (03), com músicas inéditas e pegada feminista.

    Uma das estreias mais aguardadas do Amazon Prime Video para setembro, Cinderela é o segundo live-action baseado no célebre conto de fadas que virou símbolo da Disney. Depois de Lily James estrelar o remake de 2015, chegou a vez de Camila Cabello calçar os sapatinhos de cristal. Nessa moderna e ousada versão da "gata borralheira", a ex-integrante do Fifth Harmony mergulha em uma poderosa jornada de autodescoberta, sem mais esperar um príncipe encantado que venha resgatá-la de sua vida miserável.

    Apesar de trazer detalhes da animação lançada em 1950, o filme do Prime Video atualiza o clássico infantil para incluir temas e pautas marcantes do século 21. Ficou curioso? Vem que o AdoroCinema te conta as principais diferenças entre o musical de Cabello e o desenho da Disney.

    Chega de Cinderela! Seria o clássico conto obsoleto para os dias atuais? (Opinião)
    UMA CINDERELA FEMINISTA E EMPREENDEDORA

    A abordagem feminista é, com certeza, a grande mudança proposta pelo novo live-action. A Cinderela de 2021 não deseja se casar, tampouco se tornar uma princesa. Ao contrário, ela sonha em fazer roupas sob medida e vendê-las em sua própria loja – a "Vestidos por Ella". Empoderada, a protagonista de Cabello não vai ao baile para conhecer o Príncipe Robert (Nicholas Galitzine), e sim para tentar fazer seu negócio engrenar. Definitivamente, a ideia de fugir com o rapaz para viver uma grande história de amor não está entre suas prioridades.

    MADRASTA DE IDINA MENZEL É HUMANIZADA

    No clássico da Disney, a madrasta não tem um pingo de empatia por Cinderela e deixa suas filhas maltratarem a jovem diariamente. Já no filme do Prime Video, a personagem de Idina Menzel é humanizada e, inclusive, ganha um nome – Vivian. Ela chega a conversar com Cinderela sobre sonhos, mas não demora para que volte a fazer besteiras. Outra diferença significativa está no fato de a madrasta tentar convencer sua enteada a desposar o príncipe, uma vez que isso pode trazer benefícios financeiros para a família.

    Filhas da madrasta são escaladas para versão de Cinderela com Camila Cabello
    DO SAPATINHO PERDIDO AO SAPATINHO ARREMESSADO

    Enquanto o desenho animado usa o sapatinho de cristal como recurso para que o príncipe localize sua amada, o live-action de 2021 não dá tanta importância para a peça. Na verdade, a protagonista de Cabello conhece o nobre antes do baile e não perde o calçado mágico nas escadarias do palácio – ela o arremessa na direção do homem que a está perseguindo. Aí começa a contradição: mesmo se lembrando do rosto da moça, Robert decide procurá-la com base no sapatinho. Seria um furo de roteiro ou uma tentativa de manter certos aspectos da trama original?

    Cinderela
    Cinderela
    1h 53min
    Criador(es): Kay Cannon
    Com Camila Cabello, Nicholas Galitzine, Idina Menzel, Pierce Brosnan, Minnie Driver
    Adorocinema
    3,0
    Assista agora
    TRILHA SONORA REÚNE HITS DO POP MUNDIAL

    O mais recente live-action conta com uma trilha sonora bem diferente de seus antecessores, misturando canções originais e versões de clássicos do pop. As duas faixas inéditas são "Million to One", performado por Cabello, e "Dream Girl", escrita e cantada por Menzel. Os covers incluem "Somebody to Love, do Queen; "Material Girl", da Madonna; "Rhythm Nation", de Janet Jackson; “You Gotta Be”, de Des’ree; "Let's Get Loud", de Jennifer Lopez; e "Perfect", de Ed Sheeran.

    BILLY PORTER INOVA COMO FADO MADRINHO SEM GÊNERO

    Uma senhora de cabelos grisalhos, trajando uma capa azul empoeirada e com um laçarote rosa no pescoço. Se essa é a imagem que você tem da Fada Madrinha, pode esquecer! No recém-lançado filme, Billy Porter assume o papel da mentora que ajuda Cinderela a se preparar para o baile. Mas o astro de Pose dá um toque especial ao seu Fado Madrinho, que, agora, não tem gênero e se chama apenas Fab G. Longe da figura gentil e dócil que aparece no desenho animado, o personagem de Porter é estiloso, extravagante, descolado e, claro, irônico.

    Disney: Você conhece esses 5 personagens LGBTQI+ do estúdio?

    Dirigido por Kay Cannon, Cinderela está disponível no catálogo do Amazon Prime Video – lembrando que novos assinantes da plataforma ganham 30 dias de acesso gratuito. O elenco ainda é formado por Pierce Brosnan (como Rei Rowan), Minnie Driver (como Rainha Beatrice) e James Corden (como o ratinho/lacaio James).

    facebook Tweet
    Links relacionados
    Pela web
    Comentários
    • Madson Vieira
      Não, nem me pagando vejo isso... prefiro gastar meu precioso e irretornável tempo vendo a grama crescer a ver esse festival de lacração... melhor seria ter gasto o dinheiro pra fazer esse filme ajudando quem tem fome.
    Mostrar comentários
    Back to Top