Minha conta
    Tom Cruise explica como Missão Impossível 7 salvou o cinema da pandemia do coronavírus
    Por Vitória Pratini — 12 de mai. de 2021 às 13:10

    Ator e produtor ainda justificou bronca que deu na equipe do filme.

    Tom Cruise está saindo em defesa do cinema. Além de recentemente devolver suas três estatuetas do Globo de Ouro em protesto, o ator e produtor comentou recentemente como convenceu Hollywood a voltar a filmar Missão Impossível 7 e outros filmes para salvar empregos. Confira!

    Como Missão Impossível 7 salvou a indústria do cinema do coronavírus

    Cruise já provou que consegue enfrentar missões impossíveis regularmente, fazer inúmeras acrobacias (inclusive com o tornozelo quebrado)arriscar sua vida durante as filmagens da franquia de ação. No entanto, em 2020, o astro não imaginava que encontraria um desafio sem precedentes: a pandemia do coronavírus, que tirou vidas, empregos, e levou Hollywood e o mundo do cinema ao colapso. Justo no momento em que ele estava estrelando e produzindo Missão Impossível 7 e com Top Gun: Maverick em pós-produção.

    8 cenas muito perigosas que aconteceram de verdade em filmes de ação

    Só que, assim que foi minimamente possível, Tom Cruise incentivou o retorno das filmagens dos blockbusters, a fim de manter a indústria girando novamente, criando novos protocolos de segurança para que as gravações acontecessem.

    "Eu produzi de 30 a 40 filmes. Sou responsável por milhares, senão dezenas de milhares de empregos", disse o ator e produtor à revista Empire sobre o que está em jogo seu trabalho. "Todos os meus amigos na indústria, as pessoas que estão na distribuição e minha equipe disseram 'O que vamos fazer? Eu poderia perder minha casa!' Então eu disse ao estúdio e à indústria: 'Estamos voltando. Vamos fazer com que todos voltem ao trabalho. Vamos começar a filmar no verão. E vamos descobrir como fazer isso com segurança'".

    "Sou responsável por milhares, senão dezenas de milhares de empregos"
    Ator exigiu que protocolos de segurança fossem cumpridos (mesmo que "no grito")

    Assim, Cruise conseguiu que Missão Impossível 7 voltasse a ser gravado, incentivando outras produções a fazer o mesmo. Não foi fácil, é claro. "Eram sete dias por semana, 24 horas por dia, lidando com muitas emoções fortes com as pessoas e ajudando-as a superá-las", explicou o astro.

    Segundo ele, havia distanciamento social, máscaras, a equipe era separada em pequenos grupos — com um maquiador para cada dois atores, além de chefes de departamento que ficavam em quartos de hotel por conta própria, dirigindo para o set, filmando a cena e depois voltando para sua acomodação — e pessoas prontas para entrar em quarentena caso alguém contraísse o vírus. 

    "Tivemos que criar protocolos com estúdios e seguradoras e trabalhar nas leis de cada país", diz Cruise sobre a tarefa de convencer lugares como Abu Dhabi, Noruega e Itália a permitir que as filmagens continuassem em locação enquanto as viagens eram praticamente proibidas. "Garantir a eles como íamos filmar no país. Houve momentos em que as pessoas diziam: 'Isso não vai acontecer'. E eu apenas continuei dizendo: 'Está acontecendo'", afirmou.

    Tom Cruise confirma bronca que deu na equipe

    A iniciativa gerou alguns desconfortos no set, com Cruise chegando a gritar com funcionários por descumprir alguns protocolos contra a COVID-19 — o que fez com que cinco deles pedissem demissão. "Eu disse o que disse", comentou ele à Empire (via Digital Spy), explicando que houve "um aumento" de casos de coronavírus na Inglaterra na época."Havia muito em jogo naquele momento. Mas não era minha equipe inteira. Eu fiz a equipe deixar o set, e eram apenas pessoas selecionadas."

    Sugerindo que suas palavras acabaram dando certo, o ator revelou que as filmagens não precisaram ser encerradas desde então. "E aqui estamos, continuando a filmar", acrescentou. "Eu faço festas Zoom e festas infantis também, sabe!"

    A filmagem foi uma das primeiras a ser adiada em meio aos temores de COVID-19 em 2020, e Cruise descreve o turbilhão de sentimentos. "Todas essas emoções estavam passando pela minha cabeça. Eu estava pensando nas pessoas com quem trabalho e na minha indústria", explicou ele. "E para toda a equipe saber que tínhamos começado a fazer um filme foi um grande alívio. Foi muito emocionante, tenho que te dizer."

    Missão Impossível 7 tem sequências radicais

    "Este é um filme de efeitos práticos", explicou o ator sobre o teor das cenas de ação da franquia Missão Impossível, que tem sequências radicais e perigosas (como a da foto abaixo). "Você tem que pensar em plataformas que precisam ser construídas. Como vamos construí-las? Tivemos que descobrir como abrir oficinas com segurança", disse o ator, citando algumas das dificuldades da produção. Durante a produção de Missão Impossível 7, Cruise inclusive salvou um cinegrafista de um grave acidente.

    Empire
    Tom Cruise revela qual foi a cena mais traumatizante de sua carreira

    O enredo do sétimo filme de Ethan Hunt continua em segredo, mas já tivemos algumas novidades, como o retorno de alguns rostos conhecidos, como Ving RhamesRebecca FergusonSimon Pegg e Vanessa Kirby, de volta após sua estreia no filme anterior. Além de Hayley AtwellPom KlementieffAngela Bassett e Henry Czerny, que assume o papel que desempenhou no primeiro filme da franquia, em 1996.

    Dirigido por Christopher McQuarrieMissão Impossível 7 tem estreia marcada nos cinemas para o dia 18 de novembro de 2021 e chega ao Paramount+ após 45 dias. Enquanto isso, Missão Impossível 8, será lançado em novembro de 2022.

    facebook Tweet
    Links relacionados
    Pela web
    Comentários
    Mostrar comentários
    Back to Top