Notas dos Filmes
Meu AdoroCinema
    Retrospectiva 2015: As 30 maiores bilheterias do cinema brasileiro
    Por Francisco Russo — 3 de jan. de 2016 às 10:00
    facebook Tweet

    Quantos deles você pôde assistir?

    1. +
    30º - A Estrada 47
    28.379 espectadores
    Leia mais

    Como já é tradição, o AdoroCinema encerra sua retrospectiva com a relação dos 30 filmes brasileiros de maior bilheteria. Em uma rápida comparação com a lista anterior, um dado salta aos olhos: o 30º lugar em 2014 foi visto por 47 mil pessoas, enquanto que, em 2015, o longa desta mesma posição teve 28 mil espectadores. Mas, no fim das contas, o que significa esta queda pela metade?

    Mais uma vez, o cinema brasileiro se divide basicamente entre grandes sucessos de público e produções de menor porte, que enfrentaram dificuldades. Neste ano até há no ranking alguns (poucos) filmes médios, como Bem CasadosQue Horas Ela Volta? e Entre Abelhas, que ficaram na casa dos 500 mil espectadores. Mas a distância entre a turma do milhão (e os que chegaram perto desta marca) com a segunda metade aumentou ainda mais, o que ressalta vários problemas do cinema nacional.

    Se por um lado as comédias têm cumprido bem a função de serem os blockbusters nacionais frente a pesos pesados hollywoodianos, há um imenso vazio em relação às produções de outros gêneros. Não propriamente em relação à existência dos filmes, mas à falta de interesse por esta variação do cinema brasileiro. Culpa dos diretores e produtores, que não conseguem cativar o público, ou do velho preconceito em relação ao cinema nacional? Ou ainda do mercado exibidor, que não dá o devido apoio a produções que fujam do gênero dominante?

    A resposta passa por estas questões e tantas outras, inclusive por você. Basta relembrar quantos e quais filmes brasileiros pôde assistir nos cinemas no ano recém-encerrado. Afinal de contas, o ranking disponível nesta notícia foi definido por todos nós, e isto também não deve ser desconsiderado.

    facebook Tweet
    Links relacionados
    Pela web
    Comentários
    Mostrar comentários
    Back to Top