Notas dos Filmes
Meu AdoroCinema
    Chatô - O Rei do Brasil
     Chatô - O Rei do Brasil
    19 de novembro de 2015 / 1h 42min / Drama, Biografia
    Direção: Guilherme Fontes
    Elenco: Marco Ricca, Andréa Beltrão, Paulo Betti
    Nacionalidade Brasil
    Ver o trailer
    Imprensa
    3,5 15 críticas
    Usuários
    2,8 109 notas e 23 críticas
    Adorocinema
    4,0
    Avaliar :
    0.5
    1
    1.5
    2
    2.5
    3
    3.5
    4
    4.5
    5
    Vou ver

    Sinopse e detalhes

    Não recomendado para menores de 14 anos

    O magnata das comunicações Assis Chateaubriand (Marco Ricca) é a estrela principal de um programa de TV chamado "O Julgamento do Século", realizado bem no dia de sua morte. É nele que Chatô relembra fatos marcantes de sua vida, como os casamentos com Maria Eudóxia (Letícia Sabatella) e Lola (Leandra Leal), a paixão não-correspondida por Vivi Sampaio (Andréa Beltrão), como manipulava as notícias nos veículos de comunicação que comandava e a estreita e conturbada ligação com Getúlio Vargas (Paulo Betti), que teve início ainda antes dele se tornar presidente.

    Distribuidor -
    Ver detalhes técnicos
    Ano de produção 2015
    Tipo de filme longa-metragem
    Curiosidades 11 curiosidades
    Orçamento -
    Idiomas Português
    Formato de produção -
    Cor Colorido
    Formato de áudio -
    Formato de projeção -
    Número Visa -

    Assista ao filme

    Críticas AdoroCinema

    4,0
    Muito bom
    Chatô - O Rei do Brasil

    Uma história brasileira

    por Francisco Russo
    Tom Jobim já dizia: “o Brasil não é para iniciantes”. Chatô - O Rei do Brasil é a prova desta afirmação, não apenas pelo que apresenta mas também por todas as confusões e acusações surgidas ao longo destes 20 anos de conturbada produção. Baseado no livro homônimo de Fernando Morais, o longa-metragem retrata vida e obra do magnata das comunicações Assis Chateaubriand (Marco Ricca, na melhor atuação da carreira). Cínico, debochado, mulherengo e extrovertido, Chatô era uma figura polêmica por natureza, não apenas pelos seus atos mas também por suas crenças. Fez fortuna e fama através de seus jornais, os Diários Associados, mas defendia com unhas e dentes que “anúncio é dinheiro, notícia é perfumaria”. Fundou a Rádio Tupi e depois a TV Tupi muito de olho no quanto poderia lucrar em cima de patrocinadores, se atendo à qualidade do material apenas como meio de justificar o custo dos comerciais...
    Ler a crítica
    Chatô Trailer (2) Oficial 2:27
    Chatô Trailer (2) Oficial
    4667 visualizações
    Chatô Trailer 2:46
    3005 visualizações

    Entrevista, making-of e cena

    Chatô Entrevista com Guilherme Fontes - 1ª Parte 6:40
    Chatô Entrevista com Guilherme Fontes - 1ª Parte
    1529 visualizações
    Chatô - Entrevista com Guilherme Fontes - 2ª Parte 8:44
    Chatô - Entrevista com Guilherme Fontes - 2ª Parte
    561 visualizações
    Chatô - O Rei do Brasil Bastidores Original 2:35
    Chatô - O Rei do Brasil Bastidores Original
    45 visualizações
    Pela web

    Elenco

    Marco Ricca
    Personagem : Assis Chateaubriand
    Andréa Beltrão
    Personagem : Vivi Sampaio
    Paulo Betti
    Personagem : Getúlio Vargas
    Leandra Leal
    Personagem : Lola
    Ficha completa

    Comentários do leitor

    Mário Sérgio P.Vitor
    Mário Sérgio P.Vitor

    Segui-los 38 seguidores Ler as 132 críticas deles

    4,0
    Enviada em 30 de novembro de 2015
    Movido mais pela curiosidade do que pelo amor ao cinema (que também exerço), fui ver CHATÔ, o filme de Guilherme Fontes que parecia inacabado, quase uma lenda urbana. E não é que o filme é legal? Pois é, claro que essa classificação 'legal' é puramente movida pela minha inquietação relacionada a qualquer produto ou manifestação artística. E, condição essencial, é preciso gostar de cinema pra gostar de CHATÔ. Explico o que penso ...
    Leia Mais
    Werley G.
    Werley G.

    Segui-los 8 seguidores Ler a crítica deles

    0,5
    Enviada em 24 de março de 2016
    Por causa de filmes como esse as pessoas não gostam de filmes nacionais. O filme não explora nem 0,0001% do que o livro expõe sobre a vida de Chatô. Após verem o filme as pessoas passarão longe do livro e não conhecerão a riqueza de detalhas da vida dessa ilustre pessoa que fez história no nosso país. Em resumo uma porno chanchada tem mais história do que este filme
    Philippe B.
    Philippe B.

    Segui-los Ler a crítica deles

    0,5
    Enviada em 22 de novembro de 2015
    Na qualidade de neto do jornalista, advogado, empresário, embaixador, senador e imortal da Academia Brasileira de Letras Assis Chateaubriand – também conhecido por “Chatô” – venho esclarecer o seguinte, a respeito da notificação extrajudicial ingressada e sobre as declarações prestadas pelos Srs. Fernando Morais e Guilherme Fontes. 1) O filme “Chatô, o rei do Brasil” vem sendo, desde o início da captação de recursos por ...
    Leia Mais
    Alvaro S.
    Alvaro S.

    Segui-los 1142 seguidores Ler as 349 críticas deles

    4,0
    Enviada em 29 de fevereiro de 2016
    Uma das mais conturbadas produções nacionais, é um filme onírico sobre o midiático Assis Chateaubriand. Focando no último dia de vida do Chatô, a obra faz uma análise sobre a trajetória dele, do início de sua carreira como jornalista até o magnata das comunicações, e as várias fases vividas por ele, de uma forma romantizada. Está tudo ali, mulheres, paixões, conspirações, grandiloquência e morte. Marco Ricca dá vida ao ...
    Leia Mais
    23 Comentários do leitor

    Fotos

    11 Fotos

    Curiosidade das filmagens

    Condenações

    Em 2008, a Controladoria-Geral da União determinou que Fontes e sua sócia Yolanda Machado Coeli deveriam devolver mais de R$ 36 milhões aos cofres públicos. Dois anos depois, foi condenado a três anos de prisão por sonegação fiscal, mas teve a pena convertida em prestação de serviços comunitários. O diretor recorreu das duas punições e ainda não houve um julgamento definitivo.

    Polêmica

    O filme teve suas filmagens interrompidas por falta de verbas. Como Fontes havia captado mais de R$ 10 milhões pela Lei do Audiovisual, iniciou-se uma discussão sobre má utilização do dinheiro público. Pouco depois, o Ministério da Cultura e a Ancine deram inícios a processos contra o diretor e sua produtora, Guilherme Fontes Filmes, que teria sido aberta utilizando-se verbas públicas captadas para o longa.

    Direitos da Obra

    Aos 28 anos de idade, Guilherme Fontes adquiriu os direitos para cinema e TV do livro de Fernando Morais sobre Assis Chateaubriand, um dos homens mais importantes para a implementação das mídias de comunicação no país. Além disso, produziu, entre 1995 e 1999, 25 documentários e 12 debates sobre personagens e fatos que marcaram a história do Brasil e que são, indiretamente, personagens do filme - em co-produção com a Gloosat.

    Últimas notícias

    Dicas do Dia: Os Miseráveis e Chatô - O Rei do Brasil são os destaques de hoje
    NOTÍCIAS - Lançamentos
    sexta-feira, 8 de junho de 2018
    Dicas do Dia: Hoje tem Um Tio Quase Perfeito e Chatô - O Rei Do Brasil
    NOTÍCIAS - Lançamentos
    quarta-feira, 28 de fevereiro de 2018
    Com o saudoso Amácio Mazzaropi, Jeca e seu Filho Preto completa a programação nacional de hoje na TV.
    Dicas do Dia: Clube da Luta tem sessão única nas redes de cinema
    NOTÍCIAS - Lançamentos
    terça-feira, 28 de novembro de 2017
    Chatô — O Rei do Brasil, premiado filme nacional sobre a vida de Assis Chateaubriand, também será exibido.
    26 Notícias e Matérias Especiais

    Se você gosta desse filme, talvez você também goste de...

    Mais filmes similares

    Comentários

    Mostrar comentários
    Back to Top