Minha conta
    Por que Kang, o Conquistador de Loki não entendeu corretamente a linha do tempo da Marvel?
    15 de ago. de 2021 às 04:00
    Bruno Botelho dos Santos
    Bruno Botelho dos Santos
    -Redator | crítico
    Bruno é redator e crítico do AdoroCinema, que divide seu tempo na cultura pop entre tomar susto com os mais diversos filmes de terror, assistir os clássicos do cinema ou os grandes blockbusters e enaltecer o trabalho de David Lynch e Stanley Kubrick.

    A série What If...? explicou melhor como funciona a linha do tempo e o multiverso no Universo Cinematográfico Marvel.

    A série Loki apresentou em seu último episódio da primeira temporada o vilão Kang, o Conquistador pela primeira vez, interpretado pelo ator Jonathan Majors. Ele apareceu como uma variante do personagem, chamada "Aquele Que Permanece", que era a verdadeira responsável pela criação da Autoridade de Variância de Tempo (AVT) e por controlar a Linha do Tempo Sagrada. A série What If...? teve uma explicação rápida sobre linha do tempo no Universo Cinematográfico Marvel e pode significar que Kang não entendeu corretamente sobre esses conceitos.

    Marvel's What If… ?
    Marvel's What If… ?
    Data de lançamento 11 de agosto de 2021 | min
    Séries : Marvel's What If… ?
    Com Jeffrey Wright
    Usuários
    4,0
    Assista agora em Disney +

    "Aquele Que Permanece" explicou que quando algo acontece na Linha do Tempo Sagrada que não faz parte do plano, um evento Nexus acontece e um novo ramo temporal é criado, que se não for controlado pode abrir o caminho para uma loucura multiversal. What If...? é a primeira série animada da Marvel para o Disney+ e explora as infinitas possibilidades do multiverso no Universo Cinematográfico Marvel, e deu uma explicação diferente da que vimos em Loki.

    Como What If...? mudou a percepção da linha do tempo da Marvel?

    No final de Loki, Aquele Que Permanece explica para o Deus da Trapaça (Tom Hiddleston) e Sylvie Lushton (Sophia Di Martino) que ele era um cientista e descobriu que havia universos empilhados sobre o seu próprio, mas existiam outras versões dele ainda piores e acabaram com a paz entre as realidades, provocando uma guerra multiversal. Ele colocou ordem com a criação da AVT e da Linha do Tempo Sagrada – que impedia qualquer acontecimento não programado para evitar ramos na linha temporal que poderiam causar um caos no multiverso.   

    Na sequência de abertura de What If...?, o Vigia (dublado por Jeffrey Wright) explica que a linha do tempo não é linear e, em vez disso, um prisma, o que poderia abrir caminho para uma loucura multiversal muito mais fácil do que Kang explicou. Isso significa que um evento que quebra a linha do tempo pode abrir caminho para muitos outros, "quebrando" o universo em várias partes e criando ramificações infinitas, o que abre caminho para a locura do multiverso. Se Kang, o Conquistador não entendeu totalmente como a linha do tempo e o multiverso realmente funcionam, isso pode ter consequências perigosas no Universo Cinematográfico Marvel, abrindo caminho para outra guerra multiversal fora de controle. Vale lembrar que Loki preparou o multiverso na Marvel, preparando o caminho para Homem-Aranha 3, Doutor Estranho 2 e Homem-Formiga 3.

    Ainda há muito a aprender sobre a linha do tempo e o multiverso, além de suas consequências – o que está sendo aprofundado em What If...?, a quarta série da Marvel no Disney+ depois de WandaVision, Falcão e o Soldado Invernal e Loki. Ela reimagina momentos icônicos de seus personagens em realidades diferentes, criando um multiverso de possibilidades infinitas em cada episódio. Alguns dos exemplos que veremos são: E se Peggy Carter (Hayley Atwell) tomasse o soro de super soldado? E se Killmonger (Michael B. Jordan) fosse rei de Wakanda e salvasse Tony Stark (Robert Downey Jr.)?

    O primeiro episódio de What If...? está disponível Disney+, de 10 episódios que vão formar sua primeira temporada, com lançamento toda quarta-feira.

    What If...?: Conheça a série que vai explorar o multiverso da Marvel no Disney+
    facebook Tweet
    Links relacionados
    Pela web
    Comentários
    Mostrar comentários
    Back to Top