Meu AdoroCinema
    Loki: Conheça todos os easter eggs e referências do primeiro episódio no Disney+
    Por Bruno Botelho dos Santos — 9 de jun. de 2021 às 17:28

    Loki, estrelada por Tom Hiddleston, estreou no catálogo do Disney+ com diversas referências importantes da Marvel.

    Loki finalmente estreou no catálogo do Disney+! A série estrelada por Tom Hiddleston promete ser a produção mais importante do Universo Cinematográfico Marvel (até agora) e apresentou diversas referências e easter-eggs para a loucura dos fãs que vão acompanhar o Deus da Trapaça em uma linha do tempo alternativa da Marvel.

    A primeira aventura solo de Loki segue os passos do personagem depois de roubar o Tesseract em Vingadores: Ultimato (2019). Como ele representa um risco para as linhas do tempo, podendo causar uma catástrofe que bagunce os universos, acaba sendo preso e julgado pela Autoridade de Variância de Tempo (AVT), uma organização responsável por manter a linha do tempo em ordem no universo.

    O AdoroCinema separou as principais referências e easter-eggs presentes no primeiro episódio de Loki no Disney+. Dá uma olhada!

    Loki: Primeiras impressões sobre a série da Marvel no Disney+
    Linha do Tempo Sagrada, Multiverso e Vingadores: Ultimato

    Quando Loki chega pela primeira vez à Autoridade de Variância de Tempo ele assiste um vídeo de instrução que descreve como a organização deve “proteger e preservar o fluxo adequado do tempo” e que algumas vezes as pessoas acabam se desviando do caminho, gerando as Variantes como o caso desse Loki depois de fugir com o Tesseract nos eventos de Vingadores: Ultimato.

    O vídeo inclui gráficos animados com ramificações que se estendem de uma linha do tempo primária. Essa descrição é muito parecida com a maneira que o Ancião (Tilda Swinton) visualizou várias linhas do tempo e apresentou para Bruce Banner (Mark Ruffalo) em Ultimato. Tudo isso foi uma maneira inteligente e simples para a série explicar o Multiverso do Universo Cinematográfico Marvel.

    Guardiões do Tempo, Guerras Secretas e ligações com Kang, o Conquistador

    Esse mesmo vídeo instrutivo conta há muito tempo houve uma grande guerra multiversal e os seres oniscientes chamados Guardiões do Tempo foram responsáveis por trazer a paz e reorganizar o multiverso em uma única linha do tempo, a Linha do Tempo Sagrada. Isso é uma grande referência ao evento Guerras Secretas, considerada a primeira megassaga nos quadrinhos onde o Multiverso entra em colapso. 

    Para garantir que nenhum problema, eles criaram a AVT e os seus funcionários com a função de consertar o erro das pessoas e colocar o tempo de volta em seu caminho predeterminado.

    Nos quadrinhos da Marvel, eles apareceram originalmente de maneira semelhante para defender a linha do tempo de qualquer ameaça. Em uma minissérie do final dos anos 90, um grupo dos Vingadores foi retirado de vários pontos no tempo e reunido para defender o universo quando os Guardiões do Tempo decidem que a humanidade é o verdadeira ameaça ao tempo. Seu orientador chamava Immortus, que também era uma versão mais antiga do vilão viajante no tempo Kang, o Conquistador, que vai aparecer em Homem-Formiga e a Vespa: Quantumania interpretado por Jonathan Majors. Ou seja, pode ser que ele seja introduzido em Loki, como sugerem algumas especulações.

    Os eventos Nexus e WandaVision

    Loki aprende que os momentos que criam ramificações na Linha do Tempo Sagrada são chamados de eventos Nexus. Esse nome não é estranho, não é mesmo? WandaVision recentemente iniciou a Fase 4 da Marvel e explicou em seus episódios finais que Wanda Maximoff, a Feiticeira Escarlate (Elizabeth Olsen) é um “Ser Nexus” capaz de conectar diferentes dimensões. Inclusive, os comerciais de WandaVision fizeram referência para isso.

    Tudo isso vai ter um papel fundamental para a exploração do Multiverso no Universo Cinematográfico Marvel, especialmente na próxima grande aparição de Wanda em Doutor Estranho no Multiverso da Loucura.

    Chiclete Kablooie e vilão Pesadelo?

    O chiclete que o agente Mobius (Owen Wilson) recupera na cena dos primeiros assassinatos da AVT se chama Kablooie, até então nenhuma referência da Marvel. Porém, a embalagem apresenta um rosto suspeito, que se parece muito com o do Pesadelo, responsável pela dimensão dos sonhos nos quadrinhos. Ele é muito especulado para aparecer em Doutor Estranho 2 e ser um dos próximos vilões do Universo Cinematográfico Marvel.

    Alpem disso, ainda tivemos outra possível referência para o personagem. Quando Loki chega na AVT, ele chama o lugar de "um pesadelo", com Mobius respondendo "esse é outro departamento". Intencionais ou não, são momentos que fortalecem a teoria de aparição do vilão no UCM.

    Formulário de admissão de Loki na AVT com nome real e gênero-fluido

    O formulário de admissão de Loki na Autoridade de Variância de Tempo está repleto de easter-eggs interessantes. O primeiro é que seu nome completo é Loki Laufeyson, pois ele é filho de Laufey (Colm Feore), rei dos Gigantes de Gelo, não Odin (Anthony Hopkins) – o nome completo de Thor (Chris Hemsworth) é Thor Odinson.

    Além disso, temos mais uma vez a confirmação de que Loki é um personagem de gênero-fluido na Marvel. Nos quadrinhos, havia uma mulher Loki por um período durante os anos 2000. Isso se tornou cânone em 2014, depois da revelação de que Ângela é a filha perdida de Odin, com o rei Asgardiano falando: "Meus filhos. Meu filho, minha filha e meu filho, que é ambos", quando se refere ao Loki.

    Agente Coulson, lembra dele?

    Mobius mostra para Loki um filme com os momentos mais importantes do personagem. Nele, aparece o vilão matando o Agente Coulson (Clark Gregg). Ele não morreu e estrelou sete temporadas da série Agents of SHIELD, mas como ela foi removida da cronologia do Universo Cinematográfico Marvel, eles quiseram dar um fim para o personagem oficialmente, sugerindo que ele acabou morto pelas mãos de Loki.

    O mistério de DB Cooper 

    No primeiro episódio vemos um flashback de Loki sequestrando um avião e pulando dele no ar. Isso é uma brincadeira divertida da serie para um caso não resolvido da vida real envolvendo um homem conhecido apenas como Dan ou DB Cooper. Em 24 de novembro de 1974, ele sequestrou um avião com destino a Seattle. Ele recebeu um resgate em dinheiro e saltou do avião no ar, mas nunca mais foi visto e o caso permaneceu sem solução... até Loki estrear e brincar que o personagem era o DB Cooper. Muito legal, não é mesmo?

    Gaveta com Joias do Infinito

    Quando Loki recupera seu Tesseract, ele o encontra em uma gaveta de lixo com todas as Joias do Infinito, que provavelmente são variantes de outras linhas do tempo. Logo ele descobre que esses artefatos não exercem poder na AVT. Além disso, existem outros easter-eggs legais na gaveta, incluindo o que parece ser uma tecnologia muito antiga do reator de Tony Stark (Robert Downey Jr.) e um objeto que tem algum tipo de escrita mística como poderíamos ter visto em Kamar-Taj do Doutor Estranho.

    Comprovação da existência de outras Terras?

    Depois de Loki assistir a seu próprio assassinato nas mãos de Thanos (Josh Brolin), o filme acaba e sai do projetor. Nele, é possível ver a frase “ETH-616” escrita nele. Essa é uma referência para a Terra-616, que é o universo primário da Marvel nos quadrinhos, onde a maioria de suas histórias acontecem. Cada realidade alternativa no Multiverso recebe seu próprio número, então isso foi um forte indicativo mais uma vez para a existência de outros universos.

    Nas HQs, foram criados diversos outros universos alternativos, como o Ultimate (Terra-1610) onde surgiu o personagem Miles Morales, o astro de Homem-Aranha no Aranhaverso. Ou seja, em breve devemos ver toda essa loucura do Multiverso no Universo Cinematográfico Marvel, começando por Loki. 

    Loki: Relembre todas as participações de Tom Hiddleston nos filmes da Marvel
    facebook Tweet
    Links relacionados
    Pela web
    Comentários
    Mostrar comentários
    Back to Top