Meu AdoroCinema
    Loki: Sabia que personagem de Tom Hiddleston se passa por criminoso famoso na série?
    Por Vitória Pratini — 9 de jun. de 2021 às 20:00

    Série do Disney+ faz referência a D.B. Cooper, misterioso criminoso norte-americano, e à série Mad Men. Vem conferir!

    Loki, personagem de Tom Hiddleston, voltou com tudo na elogiada nova série da Marvel para o Disney+ que estreou nesta quarta-feira (09). Trata-se de uma versão diferente do irmão de Thor (Chris Hemsworth), aquele que roubou o Tesseract e fugiu da S.H.I.E.L.D. em Vingadores: Ultimato. Capturado pela Autoridade de Variância de Tempo (TVA - Time Variance Authority), Loki revê toda a sua vida no Teatro do Tempo ao lado de Mobius (Owen Wilson). Mas não são só momentos que já conhecemos dos filmes do Universo Cinematográfico Marvel — a série nos oferece um flashback inédito da vida de Loki, no qual ele interpreta um criminoso famoso dos Estados Unidos, D.B. Cooper, em uma cena que pode ter referência a Mad Men! Vem entender esta história.

    Loki: Personagens que você precisa conhecer antes de assistir à série da Marvel (Exclusivo)

    Atenção: o texto a seguir contém spoilers do primeiro episódio de Loki.

    Cena de Loki traz referência histórica
    Marvel

    Quando Mobius M. Mobius mostra a Loki sua vida no Teatro do Tempo, o agente da TVA para em um de seus momentos favoritos da história do Deus da Trapaça. Trata-se de uma cena inédita no Universo Cinematográfico Marvel

    Na tela do projetor da TVA, vemos Loki sentado em um avião, usando um terno e óculos. O Deus da Trapaça dá um bilhete à comissária de bordo — e quando ela não o lê imediatamente, ele diz que tem uma bomba em sua maleta. Momentos depois, vemos Loki pulando do avião e sendo sugado por Heimdall (Idris Elba) pela Ponte do Arco-Íris de volta a Asgard, deixando diversas notas de dólar caírem no ar.

    O personagem de Owen Wilson ironiza: "Você era D.B. Cooper!", ao que Loki responde: "Eu era jovem e perdi uma aposta para Thor. Onde estava a TVA quando eu estava me intrometendo nesses assuntos de homens?"

    Embora estejamos curiosos sobre qual foi a aposta, o criador Michael Waldron (Rick and Morty) deixou um mistério: "Talvez uma história para outro dia", disse, rindo. Alguma teoria por aí?

    Loki: Como a série com Tom Hiddleston explica o Multiverso do Universo Cinematográfico Marvel?
    Mas quem exatamente é D.B. Cooper, de Loki?
    FBI; Marvel Studios

    O momento histórico pode não ter sido muito conhecido no Brasil, mas é um dos mistérios da história norte-americana. Em 24 de novembro de 1971, um cara que se identificou como Dan Cooper (mais tarde apelidado pela mídia como D.B. Cooper) embarcou em um avião em Portland, Oregon, com destino a Seattle, Washington, e sequestrou o Boeing 727 da Northwest Orient Airlines — enquanto a aeronave ainda estava no solo esperando para decolar.

    Tal como na cena em Loki, ele era elegante e vestia um terno e óculos escuros. Cooper informou à comissária sobre a bomba em sua bolsa. Na ocasião, Cooper exigiu à funcionária da companhia aérea quatro paraquedas e US$ 200.000, em troca de ninguém sair ferido. Eventualmente, ele conseguiu seu dinheiro, libertou os passageiros e forçou os pilotos a levá-lo para a Cidade do México. Só que ele não chegou lá. Ao longo do caminho, Cooper pegou o dinheiro e pulou para fora do avião com um pára-quedas amarrado às costas. Sua identidade real, seu paradeiro e se ele sobreviveu ou não ao salto permanecem um mistério até hoje.

    Tanto que a Marvel brincou com este fato ao colocar o Loki de Tom Hiddleston como Dan Cooper. Considerando que a série promete superar o número de viagens no tempo de Vingadores: Ultimato, é bem possível que o mistério de D.B. Cooper não seja a última referência histórica que veremos na produção.

    Loki faz referência a famosa teoria de Mad Men?
    AMC; Marvel Studios

    Segundo o criador Michael Waldron, a sequência coloca a arrogância de Tom Hiddleston à prova, abre espaço para uma cena de sucesso no meio de um drama de escritório e, o mais importante, acena para uma das séries de TV favoritas de Waldron de todos os tempos: Mad Men.

    Para quem não sabe, há uma teoria de fãs que sugere que Don Draper (Jon Hamm), protagonista de Mad Men, poderia ter se tornado D.B. Cooper. Confira a teoria:

    Em 2013, a usuária do Medium, Lindsey M. Green, postou um mergulho profundo no arco do personagem de Don Draper até a 6ª temporada — do veterano de guerra Dick Whitman ao publicitário Don e potencialmente uma nova encarnação — que se tornou viral por sua sugestão de que havia uma grande revelação no trabalho. Green sugeriu que, em vários momentos de Mad Men, o criador Matthew Weiner tinha espalhado dicas de que Don eventualmente sequestraria o Boeing 727 em 1971. Da iconografia do avião colocada no pano de fundo dos momentos-chave aos maneirismos gerais de Don, a evidência estava lá.

    Mad Men no Prime Video: 5 episódios para ver e rever

    Don acabou não se tornando D.B. Cooper no decorrer da série, mas a análise de Green foi tão completa que se tornou uma das teorias de fãs mais amadas. Assim, Waldron prestou homenagem à teoria viral com Loki. "É apenas um grande folclore, mas eu queria responder de uma vez por todas quem é DB Cooper. E se não fosse Don Draper, seria Loki", disse Waldron ao Polygon.

    As referências a Mad Men não param por aí: no primeiro episódio, "Glorious Purpose", conforme Mobius convence Loki a ajudar na investigação mais recente da TVA, a série avança e percebe-se que a "missão" envolve muito trabalho burocrático. Seus colegas de trabalho regularmente relaxam com uísque em seus escritórios, assim como na elogiada série de TV de Jon Hamm.

    Além disso, Mobius e Loki sentam-se para assistir as imagens do passado piscando em uma tela, em uma espécie de carrossel que vai e volta. Tal como no icônico episódio da primeira temporada de Mad Men, "The Wheel", no qual Don faz uma apresentação sobre um carrossel e diz: "Este dispositivo não é uma nave espacial, é uma máquina do tempo. Isso nos leva a um lugar onde ansiamos voltar. Para um lugar onde sabemos que somos amados", diz ele. Ao longo da série, Don perseguiu a magia desta brilhante vitória profissional tanto quanto perseguiu o doce sentimento de pertencer a algum lugar. Não à toa, podemos fazer um paralelo com a história de Loki, que a todo momento tenta pertencer a algum lugar e vê seu "mundo cair" ao perceber que sua trajetória é ínfima perante o multiverso da Marvel.

    Loki tem flashback completamente inédito do personagem de Tom Hiddleston

    A sequência de Cooper também forneceu à diretora da série Kate Herron (Sex Education) a maneira perfeita de acelerar um episódio com muita arrumação da mesa. Quando Herron leu o roteiro pela primeira vez, o material do Teatro do Tempo parecia uma maneira empolgante de ver a vida de Loki de uma nova perspectiva — mas isso também poderia parecer simplesmente um clipe dos maiores sucessos da Marvel. Uma peça totalmente nova colocada no meio era a solução de que ela precisava.

    "Essa é uma nova memória de Loki, não tínhamos visto isso antes, então pensei, se algum dia vamos entrar em tela cheia", disse Herron à Polygon. "Portanto, devemos entrar em um grande momento cinematográfico. E é tão divertido. Portanto, pareceu-me o movimento certo estilisticamente fazer isso."

    Loki está disponível no catálogo do Disney+, com novos episódios todas as quartas-feiras.

    facebook Tweet
    Links relacionados
    Pela web
    Comentários
    Mostrar comentários
    Back to Top