Minha conta
    HBO Max e Discovery+ vão se tornar uma plataforma só; entenda
    Por Biia Santos — 5 de ago. de 2022 às 19:43

    A fusão chegará no verão de 2023 e vai oferecer níveis de serviços qualificados e sem anúncios.

    Nesta quinta-feira (04), a Warner Bros. Discovery anunciou que as plataformas HBO Max e Discovery+ serão unificadas em apenas um serviço de streaming com lançamento para o verão de 2023. O nome do novo serviço e os preços serão divulgados posteriormente, de acordo com o pronunciamento da empresa que oferecerá níveis ad-lite e sem anúncios no novo formato. 

    Os rumores já haviam dominado a internet após a Warner Media ter feito a fusão com a Discovery, canal conhecido pela exibição de documentários. Os assinantes e internautas repararam que nas últimas semanas alguns títulos haviam sido retirados do catálogo, além da série de cancelamentos de produções como o filme Batgirls, que já havia terminado as gravações, além de Raised By Wolves, Legends of TomorrowAs Crônicas de Cucu e outros.

    O planejamento divulgado mostra que a união dos dois streamings começará pela América do Norte e acontecerá entre julho e agosto de 2023. Já para a América Latina, essa mudança deve começar a chegar entre setembro e novembro do mesmo ano. A nova plataforma chegará à Europa e Ásia somente em 2024 e a Warner Bros. Discovery pretende expandir os territórios posteriormente. 

    Durante o anúncio, o presidente e CEO da WBD, David Zaslav, explicou que a estratégia é “abraçar, apoiar e impulsionar” o sucesso que a HBO Max vem conquistando. “A cultura e o gosto de Casey [Bloys] e da equipe, e o fato de que eles não apenas lêem os roteiros, mas lutam com todos os criativos para tornar a narrativa o mais forte possível… é um trunfo extraordinário.Queremos que [o conteúdo] seja mais amplo. Nós, como uma empresa, estaremos por trás disso. Achamos que [o serviço combinado HBO Max/Discovery+] será excelente. É sobre curadoria. É sobre qualidade. É sobre o quão bom.”, comentou Zaslav.

    Os catálogos também serão adaptados para se encaixarem nas novas diretrizes da empresa e nenhum anúncio foi feito ainda sobre o destino da Max Originals durante a chamada de investidores do WBD. A HBO Max também retirou a sequência de Harry Potter do catálogo, mas continua com a previsão de estreia para A Casa do Dragão para 21 de agosto, além de ser a casa de títulos como Euphoria e Game of Thrones.   

    A Casa do Dragão não vai mostrar violência sexual como aconteceu em Game of Thrones

    Nos últimos meses, a WBD também sofreu mudanças de gestão, resultando na perda de vários dirigentes nos cargos de chefia e afetando na produção de alguns projetos da casa. A nova reformulação também pode afetar 70% dos funcionários da HBO Max, que podem ser demitidos por conta da mudança radical da empresa. 

    Essas notícias deixaram os fãs e assinantes preocupados com alguns títulos em andamento como Nossa Bandeira é a Morte (2022), série de comédia com uma temporada de dez episódios; A Vida Sexual das Universitárias (2021) e a animação da DC Comics, Harley Quinn (2019) criada por Justin Halpern, Patrick Schumacker, Dean Lorey e com elenco composto por Kaley Cuoco, Lake Bell, Alan Tudyk

    Nas redes sociais, os assinantes também relembraram a promessa inicial da HBO Max sobre a promoção de “assinatura pela metade do preço para sempre”. E por falar em preços, a nova assinatura poderá aumentar em algumas regiões, porém a empresa já garantiu que isso acontecerá em regiões onde o serviço não é tão popular, tirando a América Latina de cogitação. 

    Recentemente, a Warner Bros. havia divulgado seus números em um relatório financeiro, onde mostravam a quantidade de assinantes combinados entre HBO, HBO Max e Discovery+. Atualmente, eles já somam 92,1 milhões e esperam atingir cerca de 150 milhões de assinaturas até 2025. 

    CANCELAMENTO DE BATGIRL E OUTROS PROJETOS DA DC

    O cancelamento do longa Batgirl, filme de Adil El Arbi e Bilall Fallah com roteiro de Christina Hodson foi divulgado nesta terça-feira (02), mesmo com suas gravações concluídas. De acordo com o The Wrap, o filme não será lançado em nenhuma plataforma pelo estúdio, nenhum cinema ou HBO Max. 

    O filme seria protagonizado pela atriz e cantora americana Leslie Grace que viveria a personagem Barbara Gordon, que chegou aos quadrinhos do morcego Batman há 50 anos e ganharia um longa solo. Também já estava confirmada a presença do ator Michael Keaton que retornaria ao papel de Batman após os filmes dos anos 90 de Tim Burton em que viveu na pele os conflitos de Gotham em Batman (1989) e Batman: O Retorno (1992). 

    Além de Keaton, o longa contaria também para o comissário de Gotham, J.K. Simmons (Jim Gordon), personagem que ele interpretou em Liga da Justiça dirigido por Zack Snyder em 2017 ao lado de Gal GadotJason Momoa e Henry Cavill. E o ator Brendan Fraser, famoso por seu papel no longa A Múmia, que viveria o vilão, Vagalume (Firefly), personagem das HQs criado por France Herron e Dick Sprang. 

    Grace, no entanto, se manifestou nas redes sociais sobre o encerramento de Batgirl, tendo em vista que outras produções da DC como Coringa 2, já tiveram suas confirmações. Através do Instagram, a atriz do musical Em Um Bairro de Nova York, agradeceu a equipe e aos fãs que lamentaram sobre o filme. Eu me sinto abençoada por ter trabalhado com os melhores e formado relações para a vida inteira neste processo. A todos os fãs de Batgirl, obrigada pelo carinho pela confiança que estão me permitindo vestir a capa e me tornar minha própria heroína”, comentou a atriz. 

    Ver essa foto no Instagram

    Uma publicação compartilhada por Leslie Grace (@lesliegrace)

    Outro possível cancelamento é o spin-off de Supergirl, que embora tenha a data de lançamento prevista para 2023, também já deixa os fãs inseguros sobre o andamento das filmagens. O filme tem no elenco a atriz Sasha Calle, que será a primeira atriz latina como protagonista da heroína nas telonas, porém de acordo com a Rolling Stones, há riscos de que mais produções da DC sejam interrompidas pelas mudanças da WBD. A data de estreia do filme está marcada para 2023, caso nenhum planejamento seja revisto pela empresa.

    facebook Tweet
    Links relacionados
    Pela web
    Comentários
    Mostrar comentários
    Back to Top