Minha conta
    Volta de Johnny Depp a Piratas do Caribe é considerada pela Disney, segundo informações de bastidores
    Por Lucas Leone — 3 de jun. de 2022 às 22:40

    Uma vez terminada a batalha judicial contra Amber Heard, ex-executivo da empresa vê potencial de bilheteria no retorno de Depp como Jack Sparrow.

    Depois de vencer o julgamento por difamação contra Amber HeardJohnny Depp está vendo sua popularidade voltar a crescer. Acusado de agressão sexual pela ex-esposa, o ator já havia dado como certo o fim de sua carreira após se tornar o cancelado do momento. Primeiro, ele foi substituído por Mads Mikkelsen em Animais Fantásticos, franquia derivada de Harry Potter. Depois, foi afastado de Piratas do Caribe, que ganharia um sexto e último filme estrelado pelo Capitão Jack Sparrow. Mas parece que o desfecho da batalha judicial pode ter mudado sua maré de azar.

    Uma reportagem da People afirma que a Disney poderia estar considerando trazer Depp de volta ao comando do navio Pérola Negra, especialmente agora que sua imagem pública foi um pouco restaurada (pelo menos em termos legais). O burburinho surgiu graças às recentes declarações de um ex-executivo da empresa, que falou com a revista: "Acredito absolutamente que, após o veredicto, Piratas do Caribe está pronto para o reboot com Johnny como Capitão Jack."

    "Há muito potencial de bilheteria para um personagem que é muito amado e profundamente enraizado na cultura Disney", acrescentou a fonte.

    Johnny Depp surpreende fãs ao imitar Jack Sparrow a caminho do julgamento contra Amber Heard

    Do ponto de vista financeiro, é inegável o retorno que seria gerado pela reintegração de Depp à saga que, por si só, arrecadou mais de US$ 3 bilhões mundo afora. Por outro lado, também foi revelado que Jerry Bruckheimer, produtor por trás de Piratas do Caribe e Top Gun: Maverick, poderia ter a missão de devolver a glória a certos astros da indústria cinematográfica. Assim como fez com Tom Cruise na aguardada sequência de Ases Indomáveis (1986), Depp poderia ser o próximo da sua lista.

    "Com o produtor Jerry Bruckheimer no topo do enorme sucesso de Tom Cruise em Top Gun: Maverick, há um enorme apetite para resgatar estrelas de Hollywood lucrativas em franquias extremamente populares", disse o ex-executivo da Disney.

    Até o momento, a recontratação de Depp não foi confirmada pelo estúdio ou por ele mesmo. Vale lembrar que, em meados de maio, Bruckheimer confirmou em entrevista ao The Sunday que dois roteiros de Piratas do Caribe estão sendo desenvolvidos no momento, mas nenhum deles inclui Depp. A ideia, na verdade, é que Margot Robbie assuma o cargo de protagonista.

    Amber Heard confessa que "precisou lutar" por papel em Aquaman 2 após disputa judicial contra Johnny Depp

    Apesar da incerteza, já havia sido anunciado que Depp tem um novo projeto cinematográfico à vista: Jeanne Du Barry, que foi lançado para pré-vendas durante o Festival de Cannes 2022, que aconteceu entre os dias 17 e 28 de maio. Protagonizado e dirigido por Maïwenn, o drama de época francês vai contar a história de Jeanne Bécu, uma mulher pobre que consegue ascender socialmente na corte e se torna amante do rei Luís XV (popularmente conhecido como Luís, o Bem Amado).

    Louis GarrelPierre RichardNoémie Lvovsky também estão cotados para participar do longa-metragem. As gravações vão ocorrer no Palácio de Versalhes e devem começar no meio deste ano (verão no hemisfério norte). Logo, ainda não há previsão de estreia.

    Piratas do Caribe: A Vingança de Salazar
    Piratas do Caribe: A Vingança de Salazar
    Data de lançamento 25 de maio de 2017 | 2h 09min
    Criador(es): Joachim Rønning, Espen Sandberg
    Com Johnny Depp, Javier Bardem, Brenton Thwaites, Kaya Scodelario, Orlando Bloom
    Imprensa
    2,5
    Usuários
    4,2
    Adorocinema
    2,5
    Assista agora em Disney +
    facebook Tweet
    Links relacionados
    Pela web
    Comentários
    Mostrar comentários
    Back to Top