Minha conta
    Piratas do Caribe vai continuar sem Johnny Depp? Ator comenta seu futuro na franquia da Disney
    22 de abr. de 2022 às 23:00
    Lucas Leone
    Lucas Leone
    -Redator
    Lucas só continua nesta dimensão porque Hogwarts ainda não aceita alunos brasileiros. Ele até tentou ir para Westeros ou o Condado, mas perdeu a hora do Expresso do Oriente. Hoje, pode ser visto escrevendo no Central Perk mais próximo.

    Intérprete de Jack Sparrow vem sofrendo represálias em Hollywood após ser acusado de agressão física e verbal por sua ex-esposa Amber Heard.

    Em meio ao julgamento por difamação contra sua ex-esposa Amber HeardJohnny Depp afirmou ao tribunal ontem (21) que não há nada que a Disney possa lhe oferecer para fazê-lo reprisar o papel de Jack Sparrow na franquia Piratas do Caribe. O anúncio foi feito durante um interrogatório conduzido pelo advogado de Heard, que perguntou o seguinte ao ator americano: "O fato é, Sr. Depp, se a Disney chegasse a você com US$ 300 milhões e um milhão de alpacas, nada neste mundo faria você voltar a trabalhar em Piratas do Caribe? Certo?” Depp então respondeu: "É verdade".

    Para os que não estão familiarizados com a polêmica, Depp e Heard foram casados por dois anos e resolveram se separar em 2017. Após o término, a estrela de Aquaman revelou uma série de fotos de seu rosto com lesões causadas pelo ex-marido. Na época, ela desistiu de processá-lo uma vez firmado um acordo de divórcio que previa o pagamento dos US$7 milhões por parte do astro.

    Mas não tardou para que Depp entrasse com um processo contra Heard devido a um artigo publicado por ela no The Washington Post, em dezembro de 2018. Ainda que ela não tenha mencionado o nome do ex-marido, o ator acredita que o texto prejudicou não só sua reputação, como também seu trabalho. Para ele, isso teria lhe custado o papel de Jack Sparrow em Piratas do Caribe 6 e o ​​de Gellert Grindelwald no recém-lançado Animais Fantásticos: Os Segredos de Dumbledore.

    Animais Fantásticos: Fãs exigem retorno de Johnny Depp à franquia e reúnem quase 270 mil assinaturas em petição

    O julgamento começou no dia 11 de abril, com Depp pedindo US$ 50 milhões em danos morais. Heard, por sua vez, moveu uma ação contra Depp no valor de US$ 100 milhões. "Eu seria tolo em pensar que os comentários da Sra. Heard não tiveram nenhum efeito sobre a minha carreira, quer ela tenha citado meu nome, quer não”, depôs o ator (via MovieWeb).

    Ele acrescentou: "Independentemente do resultado do julgamento, no segundo em que as acusações foram feitas contra mim e alimentadas pela mídia, eu perdi. Perdi e vou levar isso pelo resto da minha vida".

    Depp ainda explicou que, embora a Disney tenha mantido a imagem de Jack Sparrow em seus parques e em produtos de merchandising, o estúdio teria medo das consequências do processo e preferiu demiti-lo.

    Dessa forma, o ator não aparece nas telonas desde Animais Fantásticos: Os Crimes de Grindelwald (2018), tendo a Warner preferido substituí-lo por Mads Mikkelsen para a terceira parte da saga derivada de Harry Potter.

    Animais Fantásticos 3: Por que Johnny Depp ganhou cachê milionário mesmo sem estar no filme?
    PIRATAS DO CARIBE VAI CONTINUAR SEM JOHNNY DEPP?

    Após o lançamento de Piratas do Caribe: A Vingança de Salazar em 2017, a Disney pretendia seguir com um sexto e último filme que concluiria a história de Jack Sparrow, iniciada em 2003 por Gore Verbinski. Porém, diante das acusações feitas contra Depp, a ideia foi por água abaixo.

    Apesar de a Disney não ter revelado seus planos para o futuro da franquia, dois projetos hipotéticos foram anunciados: uma sequência direta protagonizada pelos jovens atores do quinto longa, Kaya Scodelario e Brenton Thwaites; e um spin-off/reboot escrito por Christina Hodson e encabeçado por Margot Robbie.

    facebook Tweet
    Links relacionados
    Pela web
    Comentários
    Mostrar comentários
    Back to Top