Minha conta
    Johnny Depp vence batalha judicial contra Amber Heard e receberá indenização milionária; atores já se pronunciaram
    1 de jun. de 2022 às 17:26
    Aline Pereira
    Aline Pereira
    -Redatora | crítica
    Jornalista que ama boas histórias e combina a paixão por cinema e TV com comunicação para mergulhar ainda mais nos universos e personagens que já fazem brilhar os olhos. Pipoca, suspense, dramédia e uma pitada de reality são a receita perfeita para todos os dias.

    Divorciados desde 2017, Johnny Depp e Amber Heard se enfrentaram no tribunal após acusações de violência doméstica e difamação.

    Um dos julgamentos mais midiáticos da história de Hollywood, o embate entre Johnny Depp e Amber Heard chegou ao fim com um veredito favorável ao astro de Piratas do Caribe. O júri considerou a atriz de Aquaman culpada por difamação contra o ex-marido e Heard foi condenada a pagar uma indenização de 15 milhões de dólares, cerca de 72 milhões de reais. A sentença foi anunciada hoje (1), após dois meses de julgamento, na Corte do Condado de Fairfax, Virginia, Estados Unidos.

    O processo de Johnny Depp contra Amber Heard teve início há cerca de quatro anos, quando a atriz publicou um artigo no jornal The Washington Post, um dos maiores veículos norte-americanos, afirmando ter sido vítima de violência doméstica. Apesar de o texto não citar o nome de Johnny Depp, a defesa do ator alegou prejuízo à imagem dele, uma vez que o relacionamento entre os dois, que terminou em 2017, era conhecido publicamente.

    De lá para cá, uma série de acusações surgiu de ambos os lados: Amber e Depp afirmaram terem sido vítimas de ataques violentos um do outro. Em 2016, antes do divórcio oficial, a atriz trouxe a público uma série de fotos em que aparece com o rosto lesionado, afirmando que os ferimentos foram causados pelo ex-marido. Depois, os dois entraram em um acordo, cuja principal cláusula era o compromisso de não mais falarem publicamente sobre o assunto.

    Johnny Depp também precisará pagar indenização a Amber Heard

    Embora tenha vencido a batalha judicial que moveu contra a ex-esposa, Johnny Depp também precisará desembolsar 2 milhões de dólares, cerca de R$ 9,6 milhões. Isso porque o ator foi considerado culpado de difamação contra Amber Heard após as acusações. A princípio, Depp havia pedido uma indenização de 50 milhões de dólares pelo artigo do Washington Post.

    Johnny Depp e Amber Heard se pronunciam após veredito

    Por meio de comunicado oficial publicado em seu perfil no Instagram, Amber Heard afirmou estar profundamente decepcionada com o veredito. “Meu coração está partido com o fato de que uma montanha de evidências ainda não foi o suficiente para enfrentar o poder e a influência desproporcionais do meu ex-marido”, declarou. A atriz disse ainda que se preocupa com a mensagem social que o veredito pode transmitir:

    Estou ainda mais decepcionada com o que esse veredito significa para outras mulheres. É um retrocesso e volta para uma época quando a mulher que se manifestava era humilhada publicamente. Retrocede a ideia de que violência contra mulher é um assunto que precisa ser levado a sério

    Johnny Depp, que não estava presente no tribunal quando a sentença foi anunciada, também se pronunciou publicamente. Em publicação no Instagram, o ator diz que o “júri devolveu sua vida”. “Estou honrado com todo o amor, apoio e gentileza que recebi ao redor do mundo. Espero que minha luta pela verdade tenha ajudado outros, homens ou mulheres, que já se viram na mesma situação (...) Também espero que voltemos à posição de ‘inocente até que se prove ao contrário’, tanto nos tribunais, quanto na mídia”, escreveu.

    facebook Tweet
    Links relacionados
    Pela web
    Comentários
    Mostrar comentários
    Back to Top