Minha conta
    Will Smith revela que filme quase destruiu relação dele com o filho, Jaden: "Perdeu a confiança em mim"
    11 de nov. de 2021 às 11:42
    Aline Pereira
    Aline Pereira
    -Redatora | crítica
    Jornalista que ama boas histórias e combina a paixão por cinema e TV com comunicação para mergulhar ainda mais nos universos e personagens que já fazem brilhar os olhos. Pipoca, suspense, dramédia e uma pitada de reality são a receita perfeita para todos os dias.

    Will Smith e o filho, Jaden Smith, já atuaram juntos no cinema e, apesar do sucesso, o trabalho também trouxe momentos delicados para a família.

    Um dos atores mais queridos da atualidade e cheio de filmes de sucesso na carreiraWill Smith revela que nem sempre sua carreira artística rendeu bons frutos e que, ao contrário, o trabalho já criou situações difíceis em família. Em seu novo livro de memórias, o astro revela que a época do lançamento de Depois da Terra, em 2013, marcou um de seus momentos mais difíceis como pai e que abalou a relação entre ele e o filho, Jaden Smith.

    Jaden estreou nos cinemas em 2006, protagonizando, ao lado do pai, À Procura da Felicidade, drama inspirado em história real que fez sucesso com o público. Em 2010, voltou a fazer sucesso em Karate Kid, com Jackie Chan, mas logo depois, as coisas mudaram um pouco: em 2013, Jaden voltou a trabalhar junto com Will Smith em Depois da Terra, longa que foi detonado pelo público e pela crítica especializada - o que acabou estremecendo o relacionamento entre eles. 

    “Depois da Terra foi um fracasso gigantesco de bilheteria e crítica. E o pior é que Jaden foi quem levou a pancada. Os fãs e a imprensa foram absolutamente cruéis; disseram e escrever coisas sobre Jaden que me recuso a repetir”, disse o ator em seu livro. Em seguida, Will Smith contou que sente que o filho se sentiu traído por ele.

    “Jaden seguiu rigorosamente tudo que eu o instrui a fazer e eu o levei para o maior apedrejamento público que já vivi (...) Nunca falamos sobre isso, mas sei que ele se sentiu traído. Ele sentiu que foi guiado para o lugar errado e perdeu a confiança na minha liderança”, refletiu o ator, que se prepara para o lançamento da nova versão de Um Maluco no Pedaço

    Pouco depois, a situação ficou ainda mais pesada para o astro: aos 15 anos, Jaden Smith pediu autorização para se emancipar. “Quando Jaden falou sobre a emancipação, meu coração se despedaçou. No fim, ele desistiu da ideia, mas é horrível sentir que você machucou seus filhos”, relatou o ator. 

    Jaden é o filho do meio de Will Smith, que também é pai de Trey e Willow, sobre quem ele também fala no livro. Em 2010, a filha estourou na música com o hit Whip My Hair, mas não sabia se queria seguir na carreira na época. “Um dia, ela veio até a cozinhar tomar café da manhã e meu queixo caiu: ela estava totalmente careca. Durante a noite, tinha raspado a cabeça toda (...) Antes que eu pudesse falar, senti um clique: em um momento de conexão divina, ela conseguiu me atingir. Olhei nos olhos dela e falei ‘Entendi. Desculpa. Eu vejo você””, escreveu.

    Próximo filme de Will Smith

    Após contar as experiências com os próprios filhos, o ator interpretará um pai nas telas: em dezembro deste ano, estreia King Richard: Criando Campeãs, longa que acompanha a história do pai das tenistas Serena e Venus Williams, em sua jornada incansável para tornar as filhas estrelas do esporte.

    facebook Tweet
    Links relacionados
    Pela web
    Comentários
    Mostrar comentários
    Back to Top