Minha conta
    Crepúsculo: Como a saga transformou as carreiras de Robert Pattinson, Kristen Stewart e Taylor Lautner?
    Por Fernanda Pineda/Katiúscia Vianna — 20 de nov de 2018 às 09:30
    Atualizado 2 de fev de 2021 às 16:46

    Afinal, atuar numa franquia que vira febre definir de vez a carreira de um ator? Spoiler: o clã Cullen não é lá muito pé quente..

    Os vampiros que brilham e os lobisomens descamisados da saga Crepúsculo de Stephenie Meyer ganharam uma legião de fãs não só nos livros, mas também no cinema, tanto que a influência da saga é grande até hoje em filmes e séries. Entre 2008 e 2012, não só Kristen Stewart, Taylor Lautner e Robert Pattinson trabalharam na série, como também muitos outros intérpretes que às vezes a gente mal se lembra que estiveram lá, como Anna Kendrick, Bryce Dallas Howard Rami Malek. 

    Crepúsculo: Você sabia que a irmã de Jacob apareceu no filme?

    Com a chegada da franquia Crepúsculo na Netflix, paramos para analisar qual foi o impacto causado pelos cinco filmes da trama na carreira dos principais atores, especialmente dos que atuaram em todos (ou quase todos) os títulos. Afinal, será que todos conseguiram aproveitar a franquia gigante para alavancar a carreira? Hoje o AdoroCinema olha quem se deu bem, quem continuou na mesma e quem, definitivamente, não aproveitou tão bem assim o hype. 

    Reprodução

    Quem se deu bem no elenco de Crepúsculo?

    De todo o elenco, certamente o maior impacto positivo foi para o casal principal, Robert Pattinson Kristen Stewart, que se tornaram astros, cada um à sua maneira. Antes da saga, Kristen já tinha uma carreira em ascensão como atriz e atuou em filmes como Na Natureza Selvagem e O Quarto do Pânico, mas depois de viver Bella Swan, passou a colecionar protagonistas e a inclusive escolher cada vez melhor seus trabalhos.

    Ao longo dos cinco filmes da saga, ela foi a que conseguiu os melhores trabalhos paralelos: entre o primeiro e o último longa, a atriz fez cinco outros filmes, incluindo Na EstradaThe RunawaysBranca de Neve e o Caçador. Terminada a saga, ela também conseguiu demonstrar sua versatilidade com uma mistura interessante no currículo, mesclando desde alternativos como Acima das NuvensPersonal Shopper, até dramas como Para Sempre Alice ou comédias como American Ultra. O equilíbrio, aliás, parece fundamental para ela, que não para de trabalhar: hoje Kristen não só experimenta dirigir curtas-metragens como fez parte do remake de As Panteras e terá um grande desafio: viver a Princesa Diana nas telonas.

    Kristen Stewart revela que teria que esconder namorada se quisesse papel na Marvel

    Pattinson, por outro lado, era quase uma cara nova quando recebeu o papel na saga, tirando seu papel como Cedric em Harry Potter e o Cálice de Fogo e sua versão de Salvador Dalí em Poucas Cinzas. Com o poder de galã adquirido em Crepúsculo, ele primeiro encarou romances como Lembranças Água Para Elefantes para depois mergulhar num cinema mais alternativo e, por que não dizer, "diferentão".

    Não foram poucos o fãs apaixonados do ator que caíram de paraquedas ao assistirem a parceria dele com David Cronenberg em filmes como Cosmópolis e Mapas para as Estrelas. Depois de alguns tropeços com o nível insano de fama que atingiu, o ator optou por projetos que o mantenham longe do cinema blockbuster, talvez inclusive numa tentativa de mudar a marca "brilhante" deixada pelo vampiro em seu currículo. O resultado? Muitos elogios por sua interpretação em Bom Comportamento. Mas, depois de se consolidar no cinema independente, ele está pronto para voltar aos grandes filmes, sendo o novo intérprete do Batman.

    The Batman: Tudo o que sabemos (até agora) sobre o filme de Robert Pattinson

    Ainda no grupo dos bem-sucedidos, é preciso fazer uma menção honrosa à Anna Kendrick, que interpretou Jessica, uma colega de escola do casal protagonista. Mesmo fora do núcleo principal, a atriz aproveitou muito bem os contatos e já em 2010 conseguiu uma indicação ao Oscar pelo trabalho em Amor Sem Escalas, além de ter encabeçado a franquia musical A Escolha Perfeita

    Quem continuou na mesma entre os atores? 

    Antes de interpretarem Esme e Carlisle Cullen, os pais adotivos do protagonista Edward Cullen, Elizabeth Reaser e Peter Facinelli não tinham tido grandes papeis de destaque no cinema. Ele tinha algumas aparições em séries e filmes feitos para a TV no currículo, coisa que segue fazendo até hoje, e ela acabou conseguindo se destacar mais ao enveredar para o terror. Anos depois, o maior papel da atriz veio defintivamente na aclamada série deste ano A Maldição da Residência Hill, na Netflix. 

    Os intérpretes dos irmãos de Edward, Emmet e Jasper, talvez tenham tido ainda menos oportunidades marcantes. Apesar de terem conquistado fãs apaixonados com o boom da franquia, Jackson Rathbone e Kellan Lutz continuam na ativa e até participaram de filmes grandes, mas nada que os destacasse tanto quanto Crepúsculo — pelo menos por enquanto. 

    Kellan Lutz, de Crepúsculo, interpreta "Emmett Cullen com armas" em FBI: Most Wanted (Entrevista Exclusiva)

    Fora do clã vampiresco, quem tem conseguido bons papeis é Gill Birmingham, intérprete de Billy Black, o pai de Jacob. Neste caso, pode-se até dizer que a saga serviu para apresentar seu rosto para um público mais pop, mas certamente a palavra Twilight no currículo não foi determinante para que ele conseguisse papeis nos recentes e elogiados Terra Selvagem e A Qualquer Custo

    Divulgação

    Quem ficou na promessa?

    Se em 2008 alguém fizesse uma aposta de promessa de sucesso que não incluísse Pattinson e Stewart, certamente ela iria para Taylor Lautner, o eterno lobisomem Jacob Black, e Ashley Greene, que interpretou a vampira Alice Cullen. Pena que ambos ficaram aí mesmo, só na promessa: os dois eram rostos praticamente novos quando ganharam os papeis na saga e acabaram descendo alguns degraus depois de Amanhecer - Parte 2.

    Para se ter ideia, somente cinco anos após o término da franquia é que Lautner ganhou um novo papel, como protagonista do criticado filme No Limite Seu último trabalho foi na série Cuckoo após passar por Scream Queens. Ashley, por outro lado, ainda não conseguiu nada com a mesma projeção, mas esteve em comédias como Verão em Staten Island e Enterrando Minha Ex. Ela fez uma breve aparição em O Escândalo, junto com Charlize Theron, Nicole Kidman e Margot Robbie; o que lhe rendeu papéis em filmes futuros, mas nada muito importante até agora

    Robert Pattinson não entende por que as pessoas odeiam Crepúsculo

    Agora a grande incógnita de Crepúsculo fica por conta da carreira de Nikki Reed que, em meio a tantos novatos, era já bastante conhecida por filmes como Aos TrezeOs Reis de Dogtown. A atriz fez a vampira Rosalie Hale, que representava uma força antagônica interessante dentro da trama, e ainda teve a vantagem de se caracterizar usando cabelos loiros e evitando ficar com o rosto muito marcado pelo papel — uma preocupação real quando se trata de uma franquia desta magnitude. 

    Supertalentosa, e só fazendo pequenas aparições em séries como Sleepy HollowApocalipse V (junto com o maridão Ian Somerhalder), hipóteses de fãs saudosos não faltam pela Internet: será que Reed não aproveitou os "contatos" como alguns de seus colegas? Ou simplesmente mudou de foco e prefere uma vida tranquila fora dos holofotes e sem todo o drama de Hollywood? Impossível saber.

    facebook Tweet
    Links relacionados
    Pela web
    Comentários
    • Yaguh B.
      Eu sei que a Nikki se casou com o Iam Somehalder, o vampiro Damon de The Vampires Diaries. Com certeza fora dos holofotes não estará.
    • ChadGrey
      Este site é mesmo fã de Crepúsculo... Todos os dias uma notícia ou artigo novo sobre...isto...Pensei que isto seria um site sobre séries e cinema.
    Mostrar comentários
    Back to Top