Notas dos Filmes
Meu AdoroCinema
    Millennium - Os Homens Que Não Amavam as Mulheres
    Média
    4,4
    2050 notas e 98 críticas
    distribuição de 98 críticas por nota
    32 críticas
    53 críticas
    8 críticas
    4 críticas
    0 crítica
    1 crítica
    Você assistiu Millennium - Os Homens Que Não Amavam as Mulheres ?

    98 críticas do leitor

    Diego Jorge
    Diego Jorge

    Segui-los 2 seguidores Ler as 44 críticas deles

    4,5
    Enviada em 31 de outubro de 2020
    O filme é ótimo! Com uma trama super envolvente o filme te prende até o último minuto! Atuação dos protagonistas é sublime e o final apesar de decepcionante é real e faz jus a todo o trabalho do filme! Vale a pena! Impactante!
    Robert Barboza
    Robert Barboza

    Segui-los 1 seguidor Ler as 74 críticas deles

    4,0
    Enviada em 13 de outubro de 2020
    Um bom suspense. Diferenciado, com uma história bastante original e bem tramada. Peca pela duração, que é bastante longa, muito por conta das cenas que não agregam em nada o enredo. Mas de resto, é um ótimo filme com uma excelente história
    urso de skate
    urso de skate

    Segui-los Ler as 6 críticas deles

    5,0
    Enviada em 22 de setembro de 2020
    Meu filme favorito no mundo. Crítica social, direção impecável, sabe muito como retratar as emoções e ainda te deixa colado na tela pra saber o final.
    Marcelo Cunha
    Marcelo Cunha

    Segui-los Ler as 8 críticas deles

    5,0
    Enviada em 14 de setembro de 2020
    Excelente filme. O diretor de Seven acertou a mão nesse remake. Roteiro impecável. Fotografia bem cuidada. Um suspense de primeira..
    Letícia Soares
    Letícia Soares

    Segui-los Ler as 9 críticas deles

    5,0
    Enviada em 12 de setembro de 2020
    Amo o livro e acredito que o filme fez o possível pra ser tão descritivel quanto possível. É um filme que assisto sempre que posso
    Claudia A
    Claudia A

    Segui-los Ler as 3 críticas deles

    0,5
    Enviada em 2 de agosto de 2020
    Se pudesse voltar no tempo nao assistiria este filme. E para mim, tanto faz se a versao é sueca ou americana. Trata-se de estupros e assassinatos em séries, com algumas cenas bem explicitas. Não entendi o que acontece com o curador que é estuprado por ela. Também nao existe química entre o Daniel Craig e a Lisbeth. Eu nao entendi por que este filme está com 4,5 estrelas. Podia ter dormido sem esta.
    Romulo M
    Romulo M

    Segui-los Ler as 4 críticas deles

    4,0
    Enviada em 26 de maio de 2020
    Grande filme do excepcional David Fincher. Um thriller soturno e excêntrico, com um elenco afiadíssimo. Destaques para a incrível Rooney Mara, o excelente Daniel Craig e o grandioso Christopher Plummer. Outros destaques da obra foram a montagem (angariada com o Oscar de melhor montagem), a belíssima fotografia a cargo do sempre competente Jeff Cronenweth e a bela trilha sonora de Trent Reznor (que fora vencedor do Oscar de melhor trilha sonora no ano anterior, pelo excelente trabalho em a rede social, também dirigido por David Fincher). Por se tratar de um remake sueco de 2009 (os homens que não amavam as mulheres), o filme não perde a mão em um minuto sequer, muito pela qualidade de toda a produção envolvida, tornando-se uma obra mais sofisticada e visceral que a anterior.
    anônimo
    Um visitante
    4,0
    Enviada em 27 de abril de 2020
    Fincher aproveita ao máximo os superlativos do material de origem e cria um thriller de jornalismo investigativo que não se vê com muita frequência, e ainda apresenta uma atuação marcante de Rooney Mara, que cai como uma luva na personagem. Pena que estas qualidades são postas à prova na maior parte do tempo pela repetição de lugares comuns e uma edição arrastadíssima, que parece não querer que a trama decole, quase nos forçando a desviar o foco tamanha a chateação de algumas cenas. Relevando estes problemas, ainda é melhor que as três versões suecas juntas. Daniel Craig fora da casinha, até que fim.
    Pedrosantastico1
    Pedrosantastico1

    Segui-los Ler as 2 críticas deles

    5,0
    Enviada em 22 de abril de 2020
    Um dos melhores Filmes de SUSPENSE que existe!! Daniel Craig e a Atriz são sensacionais!! Espero que façam o SEGUNDO FILME!!
    Carlos Henrique S.
    Carlos Henrique S.

    Segui-los 7188 seguidores Ler as 799 críticas deles

    4,5
    Enviada em 9 de abril de 2020
    Adaptação do primeiro livro da trilogia Millenium escrita pelo sueco Stieg Larsson,The Girl With The Dragon Tattoo se trata da segunda adaptação da história,a primeira delas foi em 2009 com o filme para televisão sueca e essa então é a segunda vez que a história é contada em um filme,com direção do mestre do suspense moderno David Fincher,o filme é um deleite para os amantes de um bom suspense investigativo.Harriet Vanger desapareceu misteriosamente sem deixar rastros,30 anos depois,seu tio ainda inconformado com a falta de respostas contrata o jornalista Mikael Bomkvist que está passando por um momento difícil ao ser processado e perder seu dinheiro manchando a sia reputação,para desvendar o mistério,Mikael terá ajuda da polêmica Lisbeth Salander,uma hacker anti social mas muito boa em seu trabalho.Se tem uma coisa que o Fincher sabe fazer,é prender o espectador no filme,e aqui temos uma impressionante direção que sabe manter um mistério e juntar as peças até chegar na sua grande revelação.O estilo do filme é o que já conhecemos do David Fincher,um trabalho de câmera sublime e ambientações frias,mais uma vez a produção é perfeita com uma fotografia linda e cenários que proporcionam imagens bem bonitas.O elenco do filme é muito bom,Daniel Craig está comprometido e vende bem a imagem de detetive com uma forte interpretação,gostei do ar de mistério das participações do Christopher Plummer e também do Stellan Skarsgård.Mas o filme é dela :Rooney Mara está irreconhecível como Lisbeth Salander e faz uma mulher forte,sagaz e vingativa o que lhe rendeu uma indicação de melhor atriz no Oscar 2012.O Roteiro do excelente Steven Zaillian oferece uma densa investigação,os momentos pesados estão presentes aqui com direito a cenas realmente pesadas de estupro e agressão,talvez ele tenha entregado um pouco cedo demais certos detalhes e estendido um pouco mais do que deveria o filme,o que surpreendentemente não interfere demais no resultado final que é muito bom.Com 5 indicações no Oscar 2012,The Girl With The Dragon Tattoo marca mais um excelente trabalho do mestre David Fincher,tecnicamente impecável,conta com grandes atuações e mantém o espectador preso na história durante quase 3 horas de duração.
    Quer ver mais críticas?
    • As últimas críticas do AdoroCinema
    Back to Top