Notas dos Filmes
Meu AdoroCinema
    Retrospectiva 2019: Filmes que deram o que falar durante o ano
    Por Amanda Brandão — 30 de dez. de 2019 às 08:30
    facebook Tweet

    O cinema deu “pano pra manga”, viu?

    2019 foi um grande ano para o cinema, trazendo o final de sagas importantes, recordes de público e até mesmo a consolidação do streaming como plataforma para lançamentos de filmes. Alguns filmes deram o que falar e, com isso, surgiram discussões acaloradas.

    Relembrando os últimos meses, o AdoroCinema preparou uma lista de filmes que foram pauta de diversas discussões na mesa do bar ou no Twitter. Confira a seguir.

    Vingadores: Ultimato

    Os fãs da Marvel estavam contando as horas para um grande acontecimento da cultura pop deste ano: a estreia de Vingadores: Ultimato em abril, trazendo a batalha final dos heróis contra Thanos.

    Com tanta expectativa, logo o filme ficou bem perto de bater o recorde de maior bilheteria de todos os tempos, mas, mesmo permanecendo nas salas de cinemas por meses, não foi o suficiente para ultrapassar o feito de Avatar, de 2009.

    Para resolver a questão, a Disney tomou providências e trouxe Vingadores: Ultimato de volta para os cinemas, incluindo uma prometida cena pós-créditos até então inédita - com Jake Gyllenhaal. Essa manobra estratégica fez com que o 22º filme do Universo Cinematográfico Marvel se tornasse o filme de maior arrecadação na história do cinema.

    O Irlandês

    A Marvel, inclusive, foi alvo de um dos maiores “bafafás” do cinema em 2019: como esquecer de quando Martin Scorsese disse que os filmes da companhia “não são cinema”? O comentário do premiado cineasta gerou muito barulho e até mesmo briga nas redes sociais. Fora isso, atores, atrizes e diretores vieram a público se posicionar a favor ou contra a fala de Scorsese.

    Em seguida, o cineasta decidiu se explicar através de um artigo publicado no jornal The New York Times detalhando que seu ponto de vista era sobre a linguagem cinematográfica como forma de arte.

    Pouco tempo depois, chegou à Netflix a primeira parceria de Scorsese com a plataforma: O Irlandês. Estrelado por Joe PesciRobert De Niro e Al Pacino, o filme também foi pauta polêmica na internet, seja pela duração (de três horas e meia), seja por ser ter feito diretamente para o streaming.

    O Rei Leão

    Em meio a tudo isso, o ano de 2019 encerrou a contagem regressiva por um retorno muito aguardado: a nova versão de O Rei Leão. Com um time de estrelas como dubladores, incluindo Donald Glover e Beyoncé, o filme rapidamente foi questionado na roda de conversas: afinal, é live-action ou apenas uma animação mais realista?

    Feito com a técnica de computadorização gráfica, o longa inclusive concorre ao Globo de Ouro 2020 como “Melhor Animação”, ao lado de filmes como Frozen 2 e Toy Story 4.

    Coringa

    No quesito tensão, Coringa, com Joaquin Phoenix, foi o vencedor: um filme que não saiu da cabeça de quem viu. O primeiro longa da DC para maiores apostou no estilo sombrio e ultrapassou a marca de US$ 1 bilhão arrecadados em bilheteria

    Considerado o longa mais rentável do universo dos heróis — isso, é claro, levando em consideração o orçamento discreto — Coringa foi o grande vencedor do Festival de Veneza neste ano, e levantou diversas polêmicas a respeito da abordagem violenta e transgressora ao personagem Arthur Fleck. Além disso, o longa ainda está cotado para várias categorias do Oscar 2020.

    Bacurau

    Uma pergunta com certeza dominou as conversas dos cinéfilos brasileiros em 2019: “Você já assistiu ‘Bacurau’?”. O filme de Kleber Mendonça FilhoJuliano Dornelles venceu o Prêmio do Júri no último Festival de Cannes, conquistando uma repercussão bastante positiva no mercado internacional.

    A crônica de um Nordeste atacado por forças estrangeiras, e precisando se unir para combater o inimigo, foi lido por muitos como uma metáfora política do Brasil atual, tornando a obra ainda mais relevante.

    facebook Tweet
    Links relacionados
    Pela web
    Comentários
    Mostrar comentários
    Back to Top