Minha conta
    Atriz de Mulher-Hulk confirma sexualidade de personagem na Marvel
    9 de set. de 2022 às 11:47
    Diego Souza Carlos
    Apaixonado por cultura pop, latinidades e karê, Diego ama as surpresas de Jordan Peele, Guillermo del Toro e Anna Muylaert. Entusiasta do MCU, se aventura em estudar e falar sobre cinema, TV e games.

    Artista deu detalhes sobre o que esperar desse aspecto nos próximos episódios.

    Mulher-Hulk: Defensora de Heróis está dando o que falar nas redes sociais. A sitcom de tribunal lançou seu quarto episódio na última quinta-feira, 8 de setembro, durante o Disney Plus Day. Com uma enxurrada de easter-eggs, de Mefisto ao Motoqueiro Fantasma, o capítulo também deixou uma dúvida na cabeça de alguns fãs quanto a identidade de Nikki Ramos (Ginger Gonzaga). No capítulo em questão, a advogada tenta ajudar Jennifer Walters (Tatiana Maslany) com o seu perfil no aplicativo de namoro e, em determinado momento, comenta: "A vida hetero é sombria". Afinal, ela faz parte da comunidade LGBTQIAP+?

    Mulher-Hulk: Detalhe que poucos perceberam sugere primeira citação ao Wolverine no MCU

    Em entrevista ao TVLine, a atriz explicou que a personagem é, sim, uma pessoa queer, algo que deve ser explorado no restante da temporada. "Gostaria que tivéssemos mais", brincou a artista. "Nikki é definitivamente queer, ela é livre, ela vai amar qualquer um. Eu pensei nela inicialmente como sendo bi , porque eu estou meio que me projetando nessa personagem com qualquer um, o que é divertido.” Gonzaga ainda dá uma palinha do que, talvez, seja mostrado nos próximos cinco episódios. “Ela pode sair com vilões, e de repente pode convencê-los a ficar do lado dela. Ela pode se encantar em qualquer situação”, explica. “Não há regras para Nikki, o que é um bom equilíbrio com Jen Walters." “Gostaria que pudéssemos vê-la namorar mais, mas vou dizer que ela tem uma paixão secreta por Mallory (Renée Elise Goldsberry) , o que veremos”, acrescentou Gonzaga. "Nikki não tem nenhum problema em namorar, então estamos tentando nos concentrar no que precisa acontecer, que é fazer Jen se amar em ambas as formas e finalmente ir a alguns encontros decentes - sem pegar varíola, espero!"

    Qual é a história de She-Hulk?

    Em Mulher-Hulk: Defensora de Heróis, Jennifer Walters (Tatiana Maslany) é uma advogada bem-sucedida que vive uma vida comum e tranquila até sofrer um grave acidente. Durante o imprevisto, ela acaba recebendo, acidentalmente, o sangue do seu primo, o cientista e super-herói Bruce Banner (Mark Ruffalo), vulgo Hulk. A partir daí, a vida da mulher muda completamente, enquanto ela se transforma na versão feminina da criatura verde.

    Mulher-Hulk: Cena pós-créditos continua "maldição" do MCU que apenas Deadpool pode quebrar

    Agora, a advogada precisa aprender a controlar seus novos e intensos poderes e, mesmo contra sua vontade, se torna uma heroína com muita visibilidade. Além das novas habilidades, Jennifer também recebe uma inesperada promoção no trabalho: ela é encarregada de comandar a divisão de leis super-humanas e seu escritório utiliza sua nova fama como Mulher-Hulk para ganhar status. Enquanto se adapta a sua nova condição, será obrigada a enfrentar vilões como Abominação (Tim Roth) e Titânia (Jameela Jamil).

    Mulher-Hulk: Defensora de Heróis
    Mulher-Hulk: Defensora de Heróis
    Data de lançamento 17 de agosto de 2022 | min
    Séries : Mulher-Hulk: Defensora de Heróis
    Com Tatiana Maslany, Ginger Gonzaga
    Usuários
    1,9
    Assista agora em Disney +
    facebook Tweet
    Links relacionados
    Pela web
    Comentários
    Mostrar comentários
    Back to Top