Minha conta
    DOM: Irmã de Pedro Dom na vida real critica série do Amazon Prime Video e diretor rebate; entenda
    Por Nathalia Jesus — 14 de jul. de 2021 às 11:47

    Erika Grandinetti exigiu cancelamento da série e criticou a visão romantizada do pai de Pedro Dom que, na realidade, era abusivo.

    DOM, série brasileira do Amazon Prime Video, conta a história real do criminoso Pedro Machado Lomba Neto, filho do ex-policial Victor Dantas e usuário de drogas, que cometia assaltos a condomínios de luxo na Zona Sul do Rio de Janeiro. Com a 2ª temporada confirmada pelo estúdio, a atração está sendo criticada por Erika Grandinetti, irmã do assaltante na vida real que, nesta terça-feira (13), publicou uma carta aberta no Facebook exigindo o cancelamento da produção.

    “Me chamo Erika, sou irmã mais velha de Pedro Dom. Infelizmente, meu papel neste exato momento é muito duro, ter de expor publicamente nosso desespero, vida familiar, dores, e impotências. Minha mãe, separada de meu pai, desde sempre disse NÃO a esse projeto. Mas, sua voz não foi ouvida. Sua história de vida com seu filho, a morte de seu filho se tornou um produto, pronto pra consumo.”

    DOM
    DOM
    Data de lançamento 4 de junho de 2021 | min
    Séries : DOM
    Com Gabriel Leone, Gabriel Leone, Flavio Tolezani, Flavio Tolezani, Filipe Bragança
    Usuários
    4,3
    Assista agora

    Erika também criticou a imprecisão histórica em DOM, devido à imagem heróica do pai Victor Dantas que, segundo ela, era diferente na vida real. De acordo com a irmã do criminoso, o enredo foi criado somente a partir da perspectiva do pai, sem considerar o ponto de vista da mãe.

    “Imagine que você tem uma ferida, do tamanho das suas costas. Seu ex marido diz: 'Olha vou ganhar dinheiro com as suas dores'. E chama mais homens, [porque] sozinho ele não iria conseguir. Juntos, arrancam a casca da sua ferida, e você sangra, de novo, toda sua dor, história de luta, e dói muito. Ou alguém acha que depois de ter seu filho morto, alguém em sã consciência, quer reviver as dores? Mas como tudo pode piorar, seu ex marido roubou a história da sua vida e contou como se fosse dele.”

    "Grana e prestígio às custas do sofrimento da minha mãe. Sim, porque meu pai nunca internou meu irmão, ao contrário, tirava da internação fazendo cena. Os acessos de fúria eram horríveis, ele espancava nossos cachorros, por aí, e pra bem pior! Uma pesquisa básica já seria suficiente para saber com quem estavam lidando, mas os outros homens preferiram [...] convenientemente acreditar nas histórias do Victor. Ou alguém acredita que alguém sobe o morro, chega na boca de fumo, armado, diz que é policial e não sai com um tiro no meio da testa?"

    DOM: Entre homenagens a Cidade de Deus e Tropa de Elite, confira 5 curiosidades sobre a série do Prime Video

    "Danem-se os efeitos colaterais, leia-se aqui: o sofrimento dos que não concordaram. O ex polícial, expulso da corporação, do esquadrão da morte, está dizendo a verdade. Meu pai cuspia no chão de dentro de casa, era violento, quando brigava com a minha mãe ‘enquadrava’ ela como se estivesse falando com um estuprador! Este é o Victor Dantas. Toda intimidação e violência que meu irmão praticou foi aprendida com o pai. Esse pai herói nunca existiu. Meu irmão sempre sentiu dor, mas o pai ensinou que homens não choram."

    Chegando ao fim da carta, Erika Grandinetti relatou que a mãe e o filho de Pedro Dom, de 16 anos, não receberam nenhuma parte dos lucros da série do Amazon Prime Video. “A mãe de Dom? Essa sobrevive com uma pensão de aposentada, e conta com ajuda da família pra chegar ao fim do mês. E essa grana toda não passa nem perto do filho dele. Não sabemos, eu e minha mãe, nada sobre o acordo financeiro. Pelo menos pra saber quanto vale o show. Cancelem essa porcaria! Não demandem a segunda temporada.”

    Diretor de Dom rebateu as críticas de Erika


    Breno Silveira, diretor de DOM, distribuiu uma carta ao elenco da série, afirmando que as declarações de Erika Grandinetti foram imprecisas e que a própria irmã teve participação no livro “O Beijo da Bruxa”, escrito pelo pai de Pedro Dom, no qual o seriado foi baseado. A informação foi divulgada pela coluna de Patrícia Kogut, do jornal O Globo.

    "Fiquei muito surpreso e triste hoje. Uma das filhas do Victor deu declarações imprecisas e complicadas sobre a série 'DOM', e eu entendo. Quando tive contato com essa história pela primeira vez, foi o próprio Victor que a trouxe até mim. Um pai e uma filha querendo contar sua própria história. Do outro lado, uma mãe e uma outra filha não querendo falar sobre essa mesma história. Infelizmente, uma família rompida. Sempre achei que pai e filha tinham o direito de querer levar essa história adiante, e assim foi feito.”

    DOM: Elenco revela bastidores eletrizantes das cenas de ação que marcam nova série do Amazon Prime Video (Entrevista)

    “Os acordos foram devidamente realizados e eles tiveram grande parcela de contribuição nessa narrativa, acompanhando a construção desse roteiro. Toda a história é contada a partir de um ponto de vista, o ponto de vista que chegou a mim. Pai e filha são sócios do livro que foi base de tudo e da série. Um livro que nunca foi contestado antes por nenhum dos dois lados partes dessa família.”

    O diretor relatou ainda que o filho de Pedro Dom será beneficiado pelos lucros da série do Amazon Prime Video. “Parte dos frutos dessa obra foram destinados ao futuro do filho que o Pedro deixou ainda bebê, como acordado com Victor e sua filha mais nova. A nossa série fala sobre um problema social e familiar que acontece mais do que imaginamos. Sabemos da importância de dar visibilidade a temas sensíveis em filmes e séries, pois ampliam questões, geram discussões relevantes e, às vezes, podem até gerar mudanças sociais. Personagens são capazes de transformar nossas percepções e, quem sabe, transformar vidas.”

    DOM: Você entendeu o final da nova série brasileira do Prime Video?
    facebook Tweet
    Links relacionados
    Pela web
    Comentários
    Mostrar comentários
    Back to Top