Minha conta
    Mel Gibson se recusa a opinar sobre tapa de Will Smith e abandona entrevista
    6 de abr. de 2022 às 22:45
    Lucas Leone
    Lucas Leone
    -Redator
    Lucas só continua nesta dimensão porque Hogwarts ainda não aceita alunos brasileiros. Ele até tentou ir para Westeros ou o Condado, mas perdeu a hora do Expresso do Oriente. Hoje, pode ser visto escrevendo no Central Perk mais próximo.

    Astro de Coração Valente não quis comentar a polêmica que aconteceu durante o Oscar 2022 e que também envolveu o comediante Chris Rock.

    Faz mais de uma semana que o Oscar 2022 premiou os melhores do cinema, mas o controverso tapa de Will Smith em Chris Rock continua sendo o grande destaque da cerimônia. O vencedor da estatueta de Melhor Ator foi duramente criticado por diversos colegas de Hollywood após ter subido ao palco para defender sua esposa, Jada Pinkett Smith, de uma “piada” envolvendo seu cabelo raspado.

    Jim Carrey, Whoopi GoldbergJudd ApatowWanda Sykes (uma das apresentadoras do evento) foram alguns dos que condenaram a atitude do protagonista de King Richard: Criando Campeãs. Já outras celebridades demonstraram seu apoio e compreensão a Will – entre elas, Tiffany HaddishJon VoightJanet Hubert (intérprete da tia Vivian em Um Maluco no Pedaço).

    Jim Carrey diz que Will Smith deveria ser preso após polêmica do Oscar e chama Hollywood de "covarde"

    Agora, mais um nome conhecido do público parece ter sido arrastado para a polêmica: Mel Gibson. Em recente entrevista ao canal Fox News, o astro de filmes como Máquina MortíferaA Paixão de Cristo foi perguntado pelo comentarista de direita Jesse Watters sobre o ocorrido naquele domingo, 27 de março. "Eu estive pensando... Se tivesse sido você que tivesse saltado da sua cadeira e estapeado Chris Rock, você teria sido tratado da mesma forma?", disparou Watters.

    Ali presente para divulgar seu novo filme Luta pela Fé - A História do Padre Stu, Gibson começou a rir na hora e apontou para a câmera, sem responder nada. Rapidamente sua agente apareceu, informando que o tempo da entrevista tinha chegado ao fim. Watters repetiu a provocação, mas foi interrompido novamente e acabou concluindo o bloco.

    Vale lembrar que Gibson, detentor de um Oscar por Coração Valente, já foi investigado por agredir e insultar uma fotógrafa em 2015, além de ter sido acusado de cometer violência doméstica contra a ex-esposa, Oksana Grigorieva, em 2010. Já em 2020, o ator esteve no centro de outro escândalo ao proferir ofensas racistas, machistas, antissemitas e homofóbicas.

    Oscar 2022: Entenda o que aconteceu entre Will Smith e Chris Rock

    Durante a 94ª edição do Oscar, Will Smith levantou de sua mesa para dar um tapa na cara de Chris Rock, que apresentava a categoria de Melhor Documentário. O motivo de sua irritação foi uma tirada feita pelo humorista, que comparou o corte de cabelo de Jada Pinkett Smith com o estilo exibido por Demi Moore no longa-metragem Até o Limite da Honra.

    Produtora executiva de King Richard e atriz conhecida por seu papel como Niobe na franquia Matrix, Jada sofre de alopecia, doença autoimune que causa queda das madeixas. Desde o diagnóstico, recebido em 2021, ela costuma aparecer nas redes sociais para explicar como o distúrbio afeta sua autoestima. E, no momento em que Chris Rock fez a gracinha publicamente, Jada deixou claro seu desconforto.

    Vencedor do Oscar detona Chris Rock por piada que passou despercebida após tapa de Will Smith

    Após a cerimônia, a Academia afirmou ter pedido a Will que se retirasse, mas ele se recusou. No entanto, fontes disseram à revista Variety que os líderes da organização nunca solicitaram formalmente que ele fosse expulso – inclusive, o produtor Will Packer insistiu para que ele ficasse. No dia seguinte, Will se desculpou com Chris, dizendo: “Eu estava fora da linha e estava errado”. Ele acrescentou que reagiu emocionalmente porque “uma piada sobre a condição médica de Jada era demais para suportar”.

    Horas depois do momento de tensão, surgiram rumores sobre a possibilidade de Will perder o primeiro Oscar de sua carreira. A punição foi descartada e, enquanto a Academia estava avaliando as possíveis consequências, o ator comunicou à Variety que abriria mão de sua vaga como votante no Oscar.

    King Richard: Criando Campeãs
    King Richard: Criando Campeãs
    Data de lançamento 2 de dezembro de 2021 | 2h 25min
    Criador(es): Reinaldo Marcus Green
    Com Will Smith, Aunjanue Ellis, Saniyya Sidney, Demi Singleton, Liev Schreiber
    Usuários
    4,2
    Adorocinema
    4,0
    Assista agora em HBO Max
    facebook Tweet
    Links relacionados
    Pela web
    Comentários
    Mostrar comentários
    Back to Top