Minha conta
    O Último Duelo é baseado em história real? Veja o que é verdade no filme com Adam Driver
    Por Bárbara Castro — 21 de jan. de 2022 às 22:59

    Longa medieval dramatiza um julgamento de um cavaleiro do século XIV acusado de um crime horrível

    O Último Duelo, de Ridley Scott, se passa durante a Guerra dos Cem Anos, um conflito entre Inglaterra e França sobre qual país herdaria a coroa francesa. O longa causou grande impacto entre os espectadores, que acharam o filme bem violento e com cenas fortes. Mas, tratando-se de uma das guerras mais longas da história da humanidade, não seria incomum que o filme retratasse o episódio com brutalidade. 


    Por conta da história impactante, muitos questionaram se o longa é baseado em uma história real, e o AdoroCinema já adianta em responder que sim! Disponível no Disney+, O Último Duelo é baseado em um livro homônimo do especialista em literatura medieval Eric Yager, que reconta basicamente um caso de estupro que levou a um duelo excpecional na corte do Rei Carlos VI da França. Mas como nenhuma adaptação é salva de cortes e romantização, separamos o que é real no filme.


    Atenção: a matéria contém spoilers de O Último Duelo


    Os personagens

    20th Century Studios

    Exceto alguns personagens como Marie, Alice, o padre e outros sem impacto no enredo, praticamente todos os outros foram, sim, pessoas reais. Marguerite de Carrouges (Jodie Comer), Conde Pierre d'Alençon (Ben Affleck), Rei Carlos VI da França (Alex Lawther), Rainha Isabel da Baviera (Serena Kennedy), Jacques Le Gris (Adam Driver) e Sir Jean de Carrouges (Matt Damon) viveram durante o conturbado período da Idade Média. Marguerite de Carrouges até virou uma inspiração para outras mulheres que seguiram depois dela, por ela ser uma das primeiras vítimas a acusar seu estuprador e ganhar o caso (por sorte!). 

    O Último Duelo: Beijo gay entre Ben Affleck e Matt Damon foi cortado do filme; entenda

    A história de Marguerite de Carrouges

    20th Century Studios

    Ao contrário do que o longa mostra, Marguerite chegou a falar para seu marido, Jean de Carrouges, que Jacques Le Gris a estuprou. O episódio aconteceu quando Jean Carrouges estava em Paris por conta de negócios e Le Gris se aproveitou da esposa. O caso demorou muito tempo, Marguerite já estava grávida no julgamento, enquanto Le Gris dizia que era inocente.

    O parlamento então decidiu que um julgamento normal não seria o suficiente para condenar alguém, já que não havia evidências o suficiente em ambos os lados para uma decisão. Então, foi permitido o duelo judicial para que alguém ganhasse o caso. Após o duelo, nada mais foi documentado sobre a vida dos três envolvidos, portanto grande parte do que se passa depois do duelo no filme é apenas suposição.

    Vale notar que registros históricos tendem a favorecer quem já tem o poder, então tudo que se passa antes do estupro de Marguerite também é apenas suposição. Como esposa de alguém nobre, ela estaria passando seus dias na corte e exercendo a “posição” de uma mulher na época.



    A cena do ataque de Marguerite

    20th Century Studios

    É bem difícil imaginar o que realmente se passou no fatídico episódio, mas o filme faz uma pequena alteração da realidade. De acordo com textos históricos oficiais do julgamento, Marguerite adiciona mais alguém que esteve presente quando Le Gris a atacou. Seu testemunho explica que ele estava acompanhado de Adam Louvel - interpretado por Adam Nagaitis - ajudando a amarrar e bater nela. Já no filme é decidido que Le Gris fosse o único responsável pelo episódio. 



    O duelo final

    20th Century Studios

    O título do filme vem porque a disputa até a morte entre Carrouges e Le Gris foi, oficialmente, o último duelo judicial feito na França. No século XIV, o país tinha proibido qualquer tipo de combate e, se alguém tivesse a coragem de lutar, a pena seria, ironicamente, morte. O duelo colocou três vidas nas mãos do destino: Jacques Le Gris, Jean de Carrouges e Marguerite. No duelo, o sobrevivente do referido caso seria considerado o vencedor do processo. Se Le Gris vencesse, não apenas Jean de Carrouges morreria, mas sua esposa grávida também seria condenada à morte pelo crime de ser uma falsa acusadora.

    É claro que não se pode dizer que Le Gris x Carrouges foi de fato o último duelo na história da França, mas sim o último em que um poder maior - o rei e o parlamento - dirou que fosse feito. Historicamente, muitos combates não oficiais aconteceram no país até 1967, sendo que o último foi quando dois parlamentares franceses decidiram duelar após uma série de ofensas entre os dois. Felizmente, ninguém morreu desta vez. 


     

    O Último Duelo
    O Último Duelo
    Data de lançamento 14 de outubro de 2021 | 2h 33min
    Criador(es): Ridley Scott
    Com Matt Damon, Adam Driver, Jodie Comer, Ben Affleck, Harriet Walter
    Usuários
    4,0
    Adorocinema
    4,0
    Assista agora em Star +
    facebook Tweet
    Links relacionados
    Pela web
    Comentários
    Mostrar comentários
    Back to Top