Minha conta
    Ator da Marvel faz comentário inusitado sobre processo de Scarlett Johansson contra a Disney
    31 de jul de 2021 às 20:15
    Nathalia Jesus
    Nathalia Jesus
    -Redatora
    O amor da redatora pela versão animada de X-Men a introduziu à gama de conteúdos da Marvel, fazendo com que ela se encantasse pela organização do universo cinematográfico do estúdio e se apaixonasse de diferentes formas por cada personagem.

    Dave Bautista, intérprete de Drax em Guardiões da Galáxia, escreveu uma mensagem provocativa em seu Twitter.

    Esta semana foi intensa para o jurídico da Disney. Com Scarlett Johansson processando a empresa por quebra de contratoEmma Stone ameaçando fazer o mesmo, Dave Bautista, intérprete de Drax em Guardiões da Galáxia, fez piada com a situação ao citar a bombástica notícia. O ator deu a entender que se o estúdio tivesse feito um filme solo para seu personagem, a atual situação não estaria acontecendo.

    "Disse a eles que deveriam ter feito um filme de Drax, mas nãããão!" Dave Bautista brincou, em comentário feito no Twitter.

    Desde 2018, o ator tem feito campanhas para o lançamento de um filme solo de Drax, afirmando que seria legal ver a história do personagem sendo explorada nas telonas. "Acho que é uma bela história e que tem sido um pouco esquecida nos filmes. É uma coisa linda e emotiva ver o amor pela sua família e o desgosto por a ter perdido, por assassinato”, disse Bautista.

    Na mitologia do Universo Cinematográfico da Marvel, a esposa e a filha de Drax foram mortas por Ronan, vilão do primeiro filme dos Guardiões da Galáxia. “Eu realmente já tentei incentivar um filme solo do Drax, porém não acredito que irá acontecer. Mas eu acho que há uma história linda lá para ser contada, mesmo que não seja eu interpretando o personagem”, concluiu o ator.

    Entenda o processo de Scarlett Johansson
    Viúva Negra
    Viúva Negra
    Data de lançamento 8 de julho de 2021 | 2h 14min
    Criador(es): Cate Shortland
    Com Scarlett Johansson, Florence Pugh, Rachel Weisz, David Harbour, Ray Winstone
    Usuários
    4,1
    Adorocinema
    3,5

    Em um processo aberto nesta quinta-feira (29), no Tribunal Superior de Los Angeles, os advogados de Scarlett Johansson alegam que o contrato da atriz foi violado quando o estúdio optou por não estrear o filme exclusivamente nos cinemas — uma atitude que, segundo eles, foi responsável por diminuir a bilheteria de Viúva Negra.

    A decisão da Disney afeta à atriz protagonista porque parte do salário dela está ligado ao desempenho do longa-metragem na venda de ingressos, e ao ultrapassar o valor inicialmente combinado, ela ainda receberia um bônus. Na descrição do processo, está escrito: “A Disney induziu intencionalmente a violação do contrato da Marvel, sem justificativa, a fim de evitar que a Sra. Johansson percebesse todos os benefícios de sua barganha com a Marvel.”

    Viúva Negra: Donos de cinema criticam Disney por lançar o filme da Marvel no streaming simultaneamente

    A equipe jurídica de Scarlett Johansson entra em ação em um período em que os modelos de distribuição estão sendo modificados em decorrência da pandemia de coronavírus, remodelando a forma em que os atores têm sido pagos por seus trabalhos. Muitos nomes importantes na indústria incluem em suas cláusulas contratuais a participação nos lucros de bilheteria. Mas, com o surgimento de serviços de streaming, essas formas de compensação mudou a maneira de fazer negócios.

    Além dela, Emma Stone também está considerando processar a Disney pelo mesmo motivo, já que Cruella também foi lançado pelo Premier Access da Disney+ simultaneamente com os cinemas, reduzindo seu cachê derivado da bilheteria do filme. 

    Cruella
    Cruella
    Data de lançamento 27 de maio de 2021 | 2h 14min
    Criador(es): Craig Gillespie
    Com Emma Stone, Emma Thompson, Joel Fry, Paul Walter Hauser, Mark Strong
    Usuários
    4,3
    Adorocinema
    3,5
    facebook Tweet
    Links relacionados
    Pela web
    Comentários
    Mostrar comentários
    Back to Top