Meu AdoroCinema
    Cruella: Cheio de referências do punk, o filme chega ao Disney+ e cinemas esta semana
    Por Nathalia Jesus — 26 de mai. de 2021 às 14:23

    Estrelado por Emma Stone e Emma Thompson, Cruella chega aos cinemas em 27 de maio, com a estreia no dia seguinte no Disney+ com Premier Access.

    Para a felicidade de todos os fãs da Disney, o filme live-action Cruella está prestes a chegar nas telonas! Com estreia marcada para 28 de maio, a distribuição do filme será semelhante à Raya e o Último Dragão, na qual houve lançamento nos cinemas e na Disney+ com Premier Access no valor de R$69,90.

    Cruella é ambientado na Londres dos anos 70, e o enredo acompanha Estella em sua origem como uma jovem ambiciosa com o sonho de fazer seu nome da moda. Ao fazer amizade com dois ladrões e se tornar criminosa para garantir a própria sobrevivência, ela impressiona a Baronesa Von Hellman, uma importante personalidade na indústria têxtil. Assim, Estella conhece o mundo da moda de uma forma que jamais imaginaria antes e isso impacta diretamente em sua personalidade como a temida vilã Cruella.

    O filme é dirigido por Craig Gillespie e conta com importantes nomes do cinema no elenco, como Emma Stone no papel de Cruella, Emma Thompson como a Baronesa, Joel Fry, que interpreta o ladrão Jasper, e Paul Walter Hauser dando vida a Horace. Desde o lançamento do trailer em fevereiro, o longa-metragem impressionou pelos maravilhosos figurinos produzidos por Jenny Beavan, figurinista vencedora do Oscar.

    Conheça os figurinos de Cruella

    Em sua totalidade, o filme apresenta Cruella usando 47 modelos diferentes, mostrando o quão comprometida Jenny Beavan estava com o visual completo da vilã, que é referência na moda e representa a alta costura londrina em 1970. Baseando-se na época em que o longa-metragem é ambientado, a artista se inspirou no cenário punk de Londres, mas sem retirar o caráter “antiquado” dos looks de Cruella que a tornam tão única.

    No início do processo de produção dos figurinos, Jenny Beavan vasculhou todas as lojas vintage em Londres, depois em Nova York e terminou sua pesquisa por Los Angeles, coletando uma série de peças e acessórios para Emma Stone experimentar em diferentes combinações. Ela não acabou usando a maioria das coisas que comprou, mas os testes forneceram inspiração para o visual final de Cruella, além de terem contribuído para a formação da sensibilidade de estilista da atriz.

    Quem está na trilha sonora de Cruella?

    Além dos figurinos extravagantes, o primeiro trailer impressiona ao tocar a música “Who’s Sorry Now”, que fez parte do álbum homônimo de Connie Francis lançado em 1958. Já o teaser Sneak Peek, divulgado posteriormente, apresenta um trecho de “These Boots Are Made For Walkin”, de Nancy Sinatra. Além das trilhas já mencionadas, o diretor Craig Gillespie garantiu que a música terá um papel fundamental na história de Cruella e que o filme conta com cerca de 50 canções ao total, incluindo grandes nomes do rock e punk como The Clash, Queen e Blondie.

    facebook Tweet
    Links relacionados
    Pela web
    Comentários
    • taty salbego
      O diabo veste prada versão Cruella. Magnifico, Emma Stone em sua melhor atuação.
    Mostrar comentários
    Back to Top