Minha conta
    Tom Cruise vai deixar a Cientologia? Entenda os escândalos envolvendo a religião dos famosos
    19 de jul. de 2021 às 16:50
    Caio Garritano
    Caio Garritano
    -Redator | Community Manager
    Redator e Community Manager do AdoroCinema. Especialista em filmes e séries de ficção, principalmente ligadas ao Universo Marvel e Harry Potter.

    O ator é um dos principais defensores da Cientologia há 31 anos

    Se você acompanha o universo das celebridades de Hollywood há algum tempo, provavelmente já deve ter ouvido falar sobre a igreja da Cientologia, uma organização religiosa notória por seus métodos um tanto obscuros e abusivos. De uns tempos para cá, o culto e alguns de seus famosos seguidores têm sido alvo de acusações gravíssimas, que consequentemente têm afastado da religião alguns grandes nomes, como é o caso de Tom Cruise

    Tom Cruise surta nos bastidores de Missão Impossível 7 por causa de uma árvore; entenda

    De acordo com informações publicadas pelo The Sun, o ator vem passando menos tempo na mansão da Igreja da Cientologia, onde costumava "gostar de relaxar" enquanto filmava Missão: Impossível 7. Esse afastamento teria como justificativa as chocantes denúncias envolvendo a religião, que incluem aborto forçado, trabalho escravo, abuso físico e estupros. As alegações alimentaram suspeitas sobre o compromisso do ator com a religião, na qual ele se envolveu por meio de sua primeira esposa Mimi Rogers em 1990.

    Missão Impossível: Acerto de Contas Parte 1
    Missão Impossível: Acerto de Contas Parte 1
    Criador(es): Christopher McQuarrie
    Com Tom Cruise, Hayley Atwell, Simon Pegg, Vanessa Kirby, Ving Rhames
    Data de lançamento 14 de julho de 2023

    Fundada pelo escritor de ficção L. Ron Hubbard, em 1954, a Cientologia acredita que os humanos são seres espirituais imortais que viveram inúmeras vidas no passado. Ao se purificarem dos traumas da vida - por meio de 'auditorias' e cursos que custam milhares de dólares - eles esperam desbloquear poderes e habilidades especiais. Em determinado momento, a igreja afirmou que havia 15 milhões de Cientologistas espalhados pelo mundo, no entanto, a maioria das estimativas coloca o número na casa das dezenas de milhares.

    Missão Impossível: Tom Cruise revela que erros de gravação em icônica cena desafiaram seu orgulho como ator
    Escândalos recentes

    Em um de seus escândalos mais recentes, o ator Danny Masterson enfrenta três acusações de abuso sexual. Os casos, que datam de 10 anos, teriam sido revelados apenas agora por conta de uma regra da Cientologia, que impediria fiéis e ex-fiéis de denunciarem irmãos de fé para autoridades. Thomas Mesereau, advogado de Masterson, disse que seu cliente teve relações sexuais consensuais com as mulheres e provaria sua inocência no tribunal, em novembro.

    Também há supostas ligações entre a igreja e a morte do filho de John Travolta, Jett, em 2009, que faleceu durante um feriado em família nas Bahamas. O jovem de 16 anos, que tinha autismo e síndrome de Kawasaki, morreu depois que uma convulsão o fez cair e bateu com a cabeça em uma banheira. Um especialista em Cientologia disse ao New York Post que a igreja poderia ter desencorajado seus pais de dar ao adolescente um medicamento anticonvulsivo. Eles alegaram que a igreja acredita que as pessoas com deficiência podem se curar estudando seus ensinamentos. Os advogados de Travolta disseram ao TMZ que Jett usou a droga anticonvulsiva Depakote antes de ser interrompida por recomendação médica. Na época, um porta-voz afirmou: "Os cientologistas usam drogas médicas quando estão fisicamente doentes e também contam com o conselho e tratamento de médicos". 

    9 filmes tão ruins... que acabam sendo bons

    Já a atriz Leah Remini, que foi uma seguidora por 34 anos, virou uma das maiores críticas do culto, e vive produzindo filmes, documentários e escrevendo livros sobre detalhes escandalosos da organização e a toxicidade envolvendo líderes e seguidores tanto dentro quanto fora do culto.

    Em 2013, ela apresentou um relatório de pessoa desaparecida à polícia e alegou que Shelly Miscavige, esposa do líder da Cientologia David Miscavige, não tinha sido vista publicamente desde 2007. Remini disse que, por conta das denúncias, foi submetida a “uma inacreditável torrente de ataques”. Seis anos depois, o Departamento de Polícia de Los Angeles disse que entraram em contato com Shelly, mas não confirmaram se a viram ou falaram com ela ao telefone. A Igreja da Cientologia classificou as alegações de "apenas assédio" e disse que Shelly não foi vista porque trabalhava "sem parar".

    Os melhores filmes dos "piores" atores

    Em 2019, três processos foram movidos contra a Cientologia - incluindo alguns que alegavam trabalho forçado, tráfico de pessoas e abuso sexual de crianças. Brian Kent, o advogado de um dos acusadores, alegou que a igreja buscava "encobrir sua longa história de abuso físico, emocional e sexual de seus membros". Parece que Tom Cruise não está tão errado assim ao querer afastar o seu nome e imagem de uma religião envolvida em tantos escândalos e polêmicas. 

     
    facebook Tweet
    Links relacionados
    Pela web
    Comentários
    • sergiohirano
      Após 31 anos e nesse meio tempo ignorar a própria filha, ele sempre esteve errado.
    Mostrar comentários
    Back to Top