Minha conta
    Por que Homem-Aranha 3 é o filme perfeito para introduzir o Quarteto Fantástico na Marvel?
    Por Caio Garritano — 23 de mai. de 2021 às 21:00

    O filme protagonizado por Tom Holland estreia em dezembro de 2021 nos cinemas.

    Homem-Aranha 3 é um dos quatro filmes que a Marvel pretende lançar este ano e são muitas as expectativas que girando ao redor desse filme. Desde que Tom Holland, Zendaya e Jacob Batalon revelaram através de um teaser o título oficial do filme, os fãs já começaram a criar milhares de teorias sobre o que pode vir por aí. Entre elas, a que mais está ganhando força agora, principalmente depois da confirmação dos próximos filmes que serão lançados no Universo Cinematográfico da Marvel, é a de que o Quarteto Fantástico poderá ser apresentado neste longa. 

    Tom Holland quase não foi escalado como Homem-Aranha por motivo inusitado

    Provavelmente, No Way Home (título no original) terá muito caminho a percorrer enquanto Peter lida com as consequências das mentiras do Mysterio (Jake Gyllenhaal). Com lançamento previsto para dezembro de 2021, muito do enredo ainda não foi revelado, embora as aparições de Benedict Cumberbatch (Doutor Estranho), Alfred Molina (Doutor Octopus) e Jamie Foxx (Electro) basicamente confirmam que o filme vai explorar o Multiverso. Independente de qual seja o enredo, uma coisa já é possível afirmar: este, com toda a certeza, será o filme do Homem-Aranha mais ambicioso já feito até aqui. 

    Agora, a pergunta que não quer calar é: será que Tobey Maguire e Andrew Garfield vão reprisar os seus icônicos papéis como Amigo da Vizinhança em Homem-Aranha 3? Segundo Tom Holland, a resposta é não. Recentemente, em uma entrevista ao podcast Happy Sad Confused, o protagonista de Espetacular Homem-Aranha também chegou a negar essa participação. Fato é que unir as franquias do cabeça de teia será um feito monumental para o relacionamento entre o MCU e a Sony. No entanto, No Way Home, com seu multiverso de possibilidades, terá a oportunidade perfeita para apresentar o Quarteto Fantástico ao MCU, um simples motivo para isso é que os dois filmes serão dirigidos por Jon Watts, mas vamos destacar mais alguns deles.

    Homem-Aranha: Tom Holland aparece extremamente machucado em nova foto
    Fidelidade aos quadrinhos

    Para aqueles que não estão familiarizados com os quadrinhos, o Homem-Aranha e o Quarteto Fantástico têm uma longa história juntos desde as primeiras aparições de Peter Parker. Na verdade, o herói conheceu a primeira família da Marvel em “The Amazing Spider-Man #1” (1963), o primeiro título solo do Homem-Aranha. Esta história em quadrinhos mostrava um jovem Parker que esperava fazer um teste para se tornar um membro do Quarteto Fantástico. Embora ele não tenha entrado para o time, este foi o início de uma longa e histórica relação entre os heróis. Dada a primeira aparição da família no primeiro quadrinho solo do Homem-Aranha, parece adequado que sua estreia no UCM seja no que pode ser o último filme do Homem-Aranha na Marvel.

    Incluir o Quarteto Fantástico em No Way Home também homenagearia o trabalho fundamental de Stan Lee que fez da Marvel o que ela é hoje. Ver o Homem-Aranha perdido no multiverso e descobrir uma equipe de heróis dispostos a ajudar seria, definitivamente, a melhor homenagem a uma das equipes originais da Marvel, que mostraria o que o multiverso tem reservado para o MCU.

    Multiverso vai conectar os filmes com Tobey Maguire e Andrew Garfield na Fase 4 da Marvel
    Novos Mentores

    Ainda não sabemos exatamente qual a história que o filme vai contar, mas a partir dos nomes confirmados no elenco e do título, podemos imaginar que o personagem de Tom Holland em algum momento vai se perder pelo multiverso e vai tentar achar um caminho de volta para casa. Com isso em mente, é provável que durante esta jornada Peter possa encontrar com nomes como Electro e Doutor Octopus. 

    Embora heróis mais jovens como Coração de Ferro estejam programados para vir para o MCU, o Homem-Aranha ainda é o Vingador mais jovem, e desde que perdeu Tony não teve amigos super-heróis ou alguém para admirar ou trabalhar. No Way Home poderia apresentá-lo ao Quarteto Fantástico enquanto ele busca um caminho para casa e luta contra esses vilões. Na realidade, eles poderiam, pelo menos, aparecer em um dos universos em que Peter se encontra e dar a ele alguma ajuda para seguir em frente. 

    Homem-Aranha 3: Tom Holland bate o pé e se recusa a usar peruca

    Aliás, se há uma crítica a ser feita ao Homem-Aranha do UCM, é sua dependência do Homem de Ferro. Embora Tony Stark (Robert Downey Jr.) fosse um mentor incrível para Peter, ele roubou a capacidade do Homem-Aranha de ser um herói por si só e criou uma dependência que acompanhamos estar ainda muito presente em Longe de Casa. Sem Tony, Peter foi facilmente manipulado por Mysterio, que ele viu como um potencial novo mentor. Obviamente, isso não funcionou da maneira que ele esperava. Ainda assim, como um jovem herói, o Homem-Aranha ainda precisava de um mentor. Não alguém de quem depender, mas alguém que lhe dará a orientação certa. 

    Reed Richards, o próprio Sr. Fantástico, poderia ser o mentor perfeito para Peter no futuro. Ele é um engenheiro brilhante, muito parecido com o Homem-Aranha, e seria capaz de apoiá-lo da mesma forma que Tony.  O Homem de Ferro deu ao herói seus uniformes e o trouxe para os Vingadores. Agora, com o senhor fantástico, Parker já está mais preparado o que permitiria ele e o Sr. Fantástico de começarem uma amizade em termos mútuos, permitindo que fosse um mentor entre pares. Esta é a orientação que Peter precisará para seguir em frente; alguém que o vê não como uma criança, mas como um herói.

    facebook Tweet
    Links relacionados
    Pela web
    Comentários
    Mostrar comentários
    Back to Top