Meu AdoroCinema
    Passageiro Acidental: Conheça o novo filme da Netflix feito por youtuber brasileiro e que contou com ajuda da NASA
    Por Víctor Aliaga — 22 de abr. de 2021 às 19:24

    Passageiro Acidental, novo filme de Joe Penna, conhecido como MysteryGuitarMan no YouTube, tem Toni Collette e Anna Kendrick no elenco.

    Passageiro Acidental, novo filme de ficção científica da Netflix, estreou nesta quinta-feira (22). O longa é estrelado por Toni Colette e Anna Kendrick e tem direção de Joe Penna, brasileiro que você provavelmente já deve ter ouvido falar antes. Ele era um Youtuber mais conhecido como MysteryGuitarMan nos primórdios da plataforma e já dirigiu Mads Mikkelsen em Arcitc (2018). Abaixo, conheça mais sobre a mais nova empreitada do diretor, que saiu do YouTube para se arriscar em Hollywood. 

    Uma viagem para Marte que dá errado 

    Em Passageiro Acidental, cujo roteiro foi escrito pelo próprio Penna em conjunto com Ryan Morrison, acompanhamos um trio de astronautas que parte para uma missão em Marte a fim de possibilitar a colonização do planeta vermelho. O trio rapidamente se transforma em um quarteto, já que um engenheiro é encontrado à bordo horas depois da decolagem.

    O problema começa quando a nave passa por um problema técnico fatal: só há suprimento de oxigênio para três dos quatro tripulantes, e alguém terá de ser sacrificado. Mas quem? Como qualificar quem é mais ou menos importante é um dos temas centrais do filme. 

    "Nós queríamos que essa história pudesse ser transportada para qualquer lugar", conta Penna, em entrevista à Folha de S.Paulo. "Uma casa, um bunker, um único cômodo, um armário ou, no caso, um armário voador". De fato, grande parte da trama se passa dentro de uma cápsula em que o destino de cada um é debatido e, vale lembrar: a situação é de vida ou morte (ao menos para um deles). 

    Away e outros 5 filmes e séries incríveis para visitar o espaço

    Filme tem quatro protagonistas e nada mais

    Após trabalhar com Mikkelsen em Arctic, Penna tem no elenco de Passageiro Acidental as indicadas ao Oscar Toni Collette e Anna Kendrick, que interpretam a comandante Marina Barnett e a pesquisadora médica Zoe Levenson, respectivamente. Completam o elenco Daniel Dae Kim (mais conhecido por Lost) e Shamier Anderson, como o biólogo David Kim e o "clandestino" Michael Adams. E esse é basicamente todo o elenco do filme, que concentra toda sua narrativa no dilema de quem da equipe será sacrificado em prol dos demais. 

    Lost: 6 motivos para rever a série no Amazon Prime Video

    Filme "real" sobre o espaço e consulta com a NASA 

    Uma das grandes preocupações de Penna foi trazer fidelidade à história que seria contada em Passageiro Acidental. Afinal, é possível um passageiro embarcar acidentalmente rumo ao espaço em uma nave? Segundo a NASA, sim! Embora tenha confirmado a possibilidade, a NASA deixou claro que, caso acontecesse, não seria culpa da agência espacial, e sim de empresas espaciais: "eles ficam um pouco arrogantes com os lançamentos. Assim que começarem a fazer missões tripuladas, talvez façam algo errado", disseram a Penna (via Wired).

    Penna e o co-roteirista Morrison foram atrás dessas outras empresas, que confirmaram a viabilidade para tal erro, mas jogaram a culpa de volta para a NASA. Independente de quem seria o culpado, Passageiro Acidental definitivamente conta uma história que poderia, sim, acontecer na vida real. Outra questão levantada é: uma vez que eles descobrem um intruso na nave, não poderiam simplesmente dar meia-volta? "Não há fricção no espaço. Muitos pensam que uma viagem espacial é como uma viagem de carro, onde você pode desacelerar, parar, dar a volta e acelerar para o outro lado", compara. "Você apenas leva combustível o suficiente para pequenos ajustes. Cada grama de combustível conta, e as margens são minúsculas". 

    Passageiro Acidental está disponível na Netflix e é uma boa pedida para quem curte bons filmes de ficção científica

    facebook Tweet
    Links relacionados
    Pela web
    Comentários
    Mostrar comentários
    Back to Top