Notas dos Filmes
Meu AdoroCinema
    6 filmes de terror com fama de amaldiçoados que vão te arrepiar
    Por Bruno Botelho dos Santos — 28 de mar. de 2021 às 22:00

    Acontecimentos aterrorizantes aconteceram nos bastidores de algumas produções consideradas clássicas do terror.

    O grande objetivo dos filmes de terror é assustar as pessoas com seus temas macabros como forças sobrenaturais, espíritos malignos, exorcismos e assassinos em série, e repletos de momentos que nos fizeram perder o sono. Mas, geralmente, há conforto em lembrar que tudo isso se passa apenas na ficção, até mesmo diversas histórias sendo inspiradas em lendas urbanas assustadoras populares ou creepypastas famosas na Internet.

    Apesar disso, muitas teorias sobre os filmes de terror foram criadas por causa de momentos bizarros, horripilantes e inexplicáveis que aconteceram nos bastidores de clássicas produções assustadoras, ultrapassando o limite da ficção – como acontecimentos paranormais, incêndios e mortes suspeitas. 

    Embora muitas pessoas atribuam os acontecimentos como coincidências ou truques publicitários para vender o filme, algumas histórias são estranhas demais para serem ignoradas. Por isso, o AdoroCinema separou alguns casos sinistros de filmes de terror que são considerados amaldiçoados.

    O Bebê de Rosemary (1968)

    O Bebê de Rosemary, de 1968, foi apelidado pela Vanity Fair de "O filme de sucesso mais amaldiçoado já feito". Depois que o filme de terror estreou e recebeu muitos elogios da crítica, diversos acontecimentos infelizes aconteceram com algumas pessoas envolvidas na produção do filme.

    O músico de jazz e compositor polonês do filme, Krzysztof Komeda, entrou em coma após uma queda feia e morreu em abril de 1969, segundo o site do artista. O produtor William Castle foi hospitalizado com pedras nos rins graves. E, por fim, a atriz Sharon Tate, que era casada com o diretor do filme Roman Polanski, foi assassinado pela Família Manson em 1969 quando ela estava grávida de seu filho.

    Cenas de filmes de terror que deixaram os próprios atores em pânico

    O Exorcista (1973)

    Claro que um dos filmes mais assustadores de todos os tempos não passaria imune de ser considerado um filme amaldiçoado por causa de acontecimentos sinistros nos seus bastidores. Durante o lançamento de O Exorcista, em 1973, ocorreram muitos relatos de pessoas desmaiando e vomitando com a história arrepiante de William Friedkin sobre uma jovem possuída pelo demônio.

    Mas a produção virou notícia nacional quando uma igreja do século 16 do outro lado da rua do teatro onde o filme estreou foi atingida por um raio, fazendo com que a cruz caísse no chão. O ator Jack MacGowran interpretou o diretor do filme, Burke Dennings, faleceu de gripe logo após o término das filmagens, além disso existem pelo menos oito outras mortes associadas à produção.

    Um dos acontecimentos mais estranhos foi quando o cenário da casa dos MacNeil queimou em um incêndio no estúdio, mas o quarto da personagem Regan (Linda Blair) ficou supostamente intocado pelo fogo. 

    A Profecia (1976)

    A Profecia, de 1976, mostra uma família que, por causa da morte de seu filho ao nascer, adota um recém-nascido de origem desconhecida. Com isso, mortes misteriosas começam a cercar a família, que pode estar criando o próprio AntiCristo. E parece que essa trama arrepiante acabou se refletindo na vida real, onde aconteceram muitos incidentes terríveis relacionados à produção.

    O protagonista Gregory Peck e o roteirista David Seltzer estavam em aviões que foram atingidos por um raio. O dublê que substituiu Peck durante a famosa cena do cachorro raivoso foi na verdade atacado por rottweilers que furaram o equipamento de proteção que ele estava usando. Um zelador no set foi atacado até a morte por um leão no dia seguinte ao término de seu trabalho.

    E não parou por aí, depois do término das filmagens, o diretor de efeitos especiais John Richardson e sua assistente, Liz Moore, se envolveram em um grave acidente de carro, onde Moore acabou sendo decapitada.

    Os melhores filmes de terror da década segundo a redação do AdoroCinema!

    Horror em Amityville (1979 e 2005)

    Horror em Amityville, de 1979, é inspirado em uma história real bastante controversa, que são as experiências paranormais da família Lutz depois de se mudar para uma casa supostamente mal-assombrada em Amityville, Nova York. Nela, seu morador anterior Ronald DeFeo Jr. atirou e matou toda sua família. Assim, os Lutzes afirmam que foram forçados a sair de casa por uma entidade maligna que os aterrorizou. Um livro popular foi escrito, que foi adaptado para o cinema em 1979.

    A aura fantasmagórica em torno do conto da vida real permeou o set, mas muito disso foi descartado como invenção para trazer mais publicidade. O astro James Brolin, que não acreditava na história de Lutzes, teve um susto enquanto lia o livro para fazer o filme. Ele não iria aceitar o papel, mas concordou em fazer depois de uma experiência sobrenatural que suas calças caíram do cabide, fazendo-o pular e quase bater a cabeça no teto.

    Um remake do filme foi lançado em 2005, chamado também de Horror em Amityville. Nele, Ryan Reynolds, que viveu o protagonista, disse que durante as filmagens ele acordava todas sempre 3 horas da madrugada sem nenhum motivo. Para quem é fã de terror sabe que esse horário é considerado do "demônio".

    Poltergeist - O Fenômeno (1982)

    Em Poltergeist - O Fenômeno, de 1982, a vida de uma jovem família vira de cabeça para baixo quando fantasmas invadem sua casa e sua filha é sequestrada por espíritos malignos no clássico filme de terror de Tobe Hooper

    Acredita-se que o filme esteve amaldiçoado por causa de várias tragédias na vida real envolvendo o elenco do filme, como a morte prematura de Heather O'Rourke (que interpretou a garotinha Carol-Anne) e Dominique Dunne (que interpretou a irmã mais velha Dana). O'Rourke faleceu devido a um diagnóstico médico incorreto, enquanto Dunne foi assassinada por seu namorado.

    Muitos supersticiosos acreditam que a maldição foi desencadeada pelo uso de esqueletos humanos reais como adereços – já que os de plástico eram mais caros de fazer. Em uma cena do filme, Robbie (Oliver Robins) tem um pôster do Superbowl XXII em seu quarto – que aconteceria seis anos depois, em 1988. O'Rourke morreu no dia seguinte ao Superbowl XXII em San Diego, mesma cidade do jogo.

    6 filmes com palhaços demoníacos

    Possessão (2012)

    Possessão, de 2012, coloca o casal Clyde (Jeffrey Dean Morgan) e Stephanie Brenek (Kyra Sedgwick) se mudando para uma nova casa com suas duas filhas. Quando eles compram novas coisas para a residência, uma caixa de madeira misteriosa acasa desencadeando acontecimentos paranormais. Segundo as estrelas Morgan e Natasha Calis ocorrências estranhas atormentaram o set de filmagens, que incluiu a explosão de lâmpadas e brisas frias ao redor deles.

    Jeffrey Dean Morgan revelou em entrevista ao Gizmodo que não acreditava em fantasmas antes do início das filmagens, mas saiu convencido de que eles são reais. "Eu sou um cético, olha, não vou mentir. Dito isso, houve algumas coisas estranhas no set. Muitas lâmpadas explodindo", disse. "Apenas um tipo geral de arrepio ... 'Não zombe da caixa', era uma espécie de mantra que vivíamos enquanto estávamos filmando isso".

    A caixa possuída de madeira que aparece no filme foi inspirada na caixa dybbuk – que, no folclore judeu, é um espírito maligno que possui os vivos. O artefato do longa foi destruído depois em um incêndio em um depósito.

    Mas, afinal, dá para considerar que eles são filmes de terror amaldiçoados? Isso também é tema de um programa Mitos do Pop. Dá uma olhada:

     

    facebook Tweet
    Links relacionados
    Pela web
    Comentários
    Mostrar comentários
    Back to Top