Minha conta
    Batman: Conheça a influência dos quadrinhos para cada versão do herói na TV e no cinema
    2 de set. de 2020 às 01:02
    Atualizado 2 de mar. de 2022 às 09:20
    Rafael Felizardo
    Rafael Felizardo
    -Redator | Crítico
    Sonhador desde pequeno e apaixonado por cinema de A a Z, encontrou em David Lynch um modo de sonhar acordado.

    Desde Adam West até Robert Pattinson, a extensa mitologia do Morcego de Gotham apresenta diversas perspectivas para um mesmo personagem.

    Com a pré-estreia já realizada em cinemas por todo o Brasil, Batman, protagonizado por Robert Pattinson e Zoë Kravitz, está sendo grandemente aclamado pela crítica especializada. Apresentantando uma abordagem única para o Homem-Morcego nas grandes telas, a releitura do diretor Matt Reeves também vem agradando aos milhares de fãs do personagem espalhados pelo mundo, entregando uma perspectiva para o vigilante de Gotham que remete a alguns capítulos de sua origem nas HQs Detective Comics.

    Dito isso, você já parou para pensar de que ponto na extensa mitologia do Homem-Morcego saiu a inspiração para as principais produções do herói? Tentando sempre facilitar as coisas para você, caro leitor, o AdoroCinema te conta. Confira abaixo:

    O PIONEIRISMO DO BATMAN DE ADAM WEST

    Como um dos primeiros atores a personificar o Homem-Morcego, Adam West foi responsável pelo famoso Batman de collant com tom de comédia que fez sucesso na TV, em 1966. A série Batman – que depois virou filme – até hoje é uma das produções mais icônicas do personagem, dando leveza à dura vida de Bruce Wayne.

    Inspirada na chamada Era de Ouro dos quadrinhos e tendo muitas de suas influências vindas das primeiras aparições do herói nas HQs “Detective Comics”, da década de 40, a série possui um toque de comédia comum aos personagens dos quadrinhos da época, sendo adaptada com humor pastelão para a produção televisiva. Apesar de não ter sido o primeiro Batman nas telas, Adam West é considerado a pedra inicial do vigilante na TV e nos cinemas.

    TIM BURTON E JOEL SCHUMACHER MUDARAM A IMAGEM DO BATMAN

    Tentando se desvencilhar do tom de comédia adotado por West, a chamada Antologia de Tim Burton e Joel Schumacher é composta pelos filmes Batman (1989), Batman – O Retorno, Batman Eternamente e Batman e Robin. Neles, Michael Keaton, Val Kilmer, e George Clooney assumem o manto do herói de Gotham, apostando em um Batman diferente dos anteriores.

    Tais longas-metragens sofreram grandes influências da HQ “Batman: A Piada Mortal” de Alan Moore, principalmente na estética soturna de Gotham. O clima de criminalidade das ruas da cidade apresenta uma Gotham com ar de decadência, como no quadrinho, e ainda que os filmes tenham elementos cômicos em sua composição, é possível identificar o tom sombrio característico de Tim Burton na produção. O diretor confessou ter se baseado na HQ para as adaptações, especificamente, na origem do Coringa ao cair em um tonel de produto químico.

    Batman: Qual ator interpretou melhor o homem-morcego, segundo a redação do AdoroCinema

    CHRISTOPHER NOLAN TRAZ MAIS REALISMO AO HOMEM-MORCEGO

    A saga de maior sucesso do herói de Gotham chega ao cinema com o diretor Christopher Nolan. Batman Begins, Batman – O Cavaleiro das Trevas e Batman – O Cavaleiro das Trevas Ressurge apostaram em um ambiente hiper-realista para o longa-metragem, onde Christian Bale encarna, inicialmente, um Bruce Wayne começando em sua jornada para se tornar o vigilante.

    O início do Batman de Nolan é inspirado pelo quadrinho “Batman: Ano Um”, escrito por Frank Miller. Nele, o herói retorna a Gotham após terminar seu treinamento para se tornar o Batman, lutando contra a corrupção das grandes famílias mafiosas e também contra a polícia, que ainda não o conhece. O personagem do diretor, até então, era o Batman que mais utilizava de seus famosos apetrechos tecnológicos.

    Nolan também faz questão de deixar claro que sua versão do super-heroi evita matar os oponentes, evidenciando sua personalidade incorruptível, característica de diversos quadrinhos do Homem-Morcego. Além disso, “Batman – O Longo Dia das Bruxas”, de Jeph Loeb, serve de influência para o diretor adaptar o arco do promotor Harvey Dent em sua transformação no vilão Duas-Caras.

    O VIOLENTO BATMAN DE ZACK SNYDER

    Dirigido por Zack Snyder em Batman Vs Superman - A Origem da Justiça e Liga da Justiça, o Batman interpretado por Ben Affleck é o personagem que possui suas influências mais claras entre as adaptações do herói. Saído dos quadrinhos “O Cavaleiro das Trevas”, de Frank Miller, é possível ver um vigilante já velho, cansado, violento e que comete erros. Esse Batman tem uma grande diferença pro de Bale no ponto de não se importar em matar seus rivais, inclusive, utilizando arma de fogo. Na HQ de Miller, o personagem também luta contra o Superman, porém, por motivos diferentes.

    Leitor ávido de quadrinhos, Snyder sempre deixou claro que gosta dessa versão mais distorcida dos personagens, afirmando que o Morcegão mudou sua visão a respeito do conceito de super-heróis. Meses atrás, o diretor chegou a reagir a um trailer de Batman, mostrando-se animado com o resultado.

    A AMBIENTAÇÃO NEO NOIR DE MATT REEVES

    Responsável pela mais recente adaptação do personagem, o cineasta Matt Reeves leva aos cinemas uma versão do Morcego que procura fugir da alcunha de "filme de super-herói". Com elementos inspirados por clássicos do diretor David Fincher, como Seven e Zodíaco, em Batman, nos deparamos com a reprodução mais sombria já feita de Gotham, apresentando trama e estética que lembram bastante alguns aspectos do cinema noir. Diferentemente dos outros longas do personagem, aqui, temos um Batman com uma faceta mais investigativa, tentando fazer jus ao título de "O Maior Detetive do Mundo".

    Para quem gostou da abordagem dada por Reeves, vale a penas dar uma olhada nos quadrinhos "Batman: Ano Dois"  onde temos um Bruce Wayne mais pessimista — e "Batman – O Longo Dia das Bruxas". Além deles, os aspectos psicológicos do personagem, de acordo com o próprio diretor, foram inspirados em Batman: Ego e outras histórias, escrito por Darwyn Cooke.

    Batman
    Batman
    Data de lançamento 3 de março de 2022 | 2h 57min
    Criador(es): Matt Reeves
    Com Robert Pattinson, Zoë Kravitz, Paul Dano
    Usuários
    4,1
    Adorocinema
    4,0
    Assista agora em HBO Max
    Batman: Vilão do filme de Robert Pattinson é inspirado em assassino real e diretor explica referências
    facebook Tweet
    Links relacionados
    Pela web
    Comentários
    Mostrar comentários
    Back to Top