Minha conta
    HBO Max contrata autor consagrado da Globo para dirigir núcleo de novelas
    3 de nov. de 2021 às 20:35
    Lucas Leone
    Lucas Leone
    -Redator
    Lucas só continua nesta dimensão porque Hogwarts ainda não aceita alunos brasileiros. Ele até tentou ir para Westeros ou o Condado, mas perdeu a hora do Expresso do Oriente. Hoje, pode ser visto escrevendo no Central Perk mais próximo.

    Em sua passagem pela emissora, Silvio de Abreu foi responsável por grandes sucessos de audiência como Guerra dos Sexos, Belíssima e Passione.

    Já não é mais novidade que o streaming veio para ficar. Com lugar cativo no coração e no bolso do público, as diversas plataformas vêm contribuindo para um certo declínio da TV e também atraindo inúmeros artistas de grandes emissoras como a Globo. Ingrid Guimarães, Lázaro Ramos, Bruna Marquezine, Wagner Moura, Marco Pigossi e Bruno Gagliasso estão entre os nomes que trocaram o canal aberto por serviços como Amazon Prime Video e Netflix.

    A mais nova adição à lista é ninguém menos que Silvio de Abreu, ex-diretor do departamento de Dramaturgia da Globo e autor de várias novelas bem-sucedidas. "Ex" porque ele assume agora um novo cargo na HBO Max: showrunner do núcleo de telesséries desenvolvidas para a América Latina. Silvio vai trabalhar ao lado de Mônica Albuquerque, chefe de Talentos Artísticos da WarnerMedia Latin America.

    Em comunicado oficial, a empresa diz que o objetivo é expandir o investimento em produções locais e dar voz aos talentos nas telas e por trás das câmeras. Vale notar que o termo "telessérie" se aproxima bastante do que conhecemos no Brasil como novela. "É um formato que representa muito a criação artística da América Latina. Temos, em todos os países, uma tradição consolidada de nos expressarmos através desse tipo de narrativa, ao mesmo tempo tão popular e tão sofisticada", explica Tomás Yankelevich, Chief Content Officer da WarnerMedia Latin America.

    O Hóspede Americano: Minissérie brasileira da HBO Max abriu estrada para gravar na selva (Entrevista)

    "Nossa dramaturgia tem muito para compartilhar com o mundo. E, nos últimos anos, com o desenvolvimento das séries americanas, assistimos claramente à busca pelo arco longo, tão característico dos folhetins que já habitavam as telas da América Latina há muito tempo", completa o executivo.

    Ainda de acordo com a HBO Max, "as telesséries serão produções de dramaturgia com estrutura narrativa moderna, com cerca de 50 capítulos, trazendo conteúdo de ficção em formato híbrido que combina a base do melodrama com o ritmo de série".

    Por sua vez, Mônica Albuquerque afirma que o Brasil é um celeiro de talentos e ideias. "Os criadores dessas histórias ajudaram a construir um mercado respeitado e premiado internacionalmente. E Silvio de Abreu, além de um grande parceiro e amigo, é um dos mais importantes nomes da nossa dramaturgia", diz ela. "É uma honra contar com o conhecimento e a dedicação do Silvio nos novos planos e estratégias de conteúdo da HBO Max."

    O dramaturgo também não esconde seu entusiasmo: "Estou muito feliz com esta nova caminhada e já me sinto em casa com um time tão competente, que já tive o prazer de conhecer em outras oportunidades. Criar narrativas e trazer temas relevantes que façam com que a audiência se envolva, se identifique e gere impacto na sociedade são combustíveis para este desafio que, tenho certeza, vai render muitos projetos incríveis."

    SILVIO DE ABREU ESCREVEU NOVELAS DE GRANDE SUCESSO

    Formado em cenografia, Silvio começou sua carreira como ator, depois como diretor, mas acabou se consagrando como autor. Após dirigir filmes de pornochanchada nos anos 1970 e trabalhar nas TVs Tupi, Excelsior e Bandeirantes, ele entrou para o time da Globo. Com uma extensa carreira na emissora – que chegou ao fim no início deste ano –, Silvio foi responsável por grandes sucessos de audiência como Guerra dos Sexos (1983), Cambalacho (1985), Sassaricando (1987), Rainha da Sucata (1990), As Filhas da Mãe (2001), Belíssima (2005), Passione (2010), entre tantas outras novelas.

    Em 2015, migrou para a carreira executiva e se tornou diretor de Dramaturgia da Globo. Durante sua gestão, foram revelados mais de vinte novos autores, o que abriu espaço para novas ideias e formatos.

    Próximas novelas da Globo: confira quais são as novas produções da emissora
    facebook Tweet
    Links relacionados
    Pela web
    Comentários
    Mostrar comentários
    Back to Top