Minha conta
    Missa da Meia-Noite: Conheça a série de terror da Netflix do criador de A Maldição da Residência Hill
    9 de ago. de 2021 às 13:05
    Atualizado 23 de set. de 2021 às 21:39
    Bruno Botelho dos Santos
    Bruno Botelho dos Santos
    -Redator | crítico
    Bruno é redator e crítico do AdoroCinema, que divide seu tempo na cultura pop entre tomar susto com os mais diversos filmes de terror, assistir os clássicos do cinema ou os grandes blockbusters e enaltecer o trabalho de David Lynch e Stanley Kubrick.

    Missa da Meia-Noite é mais uma criação assustadora de Mike Flanagan e estreia sexta (24) no catálogo da Netflix.

    Os fãs de A Maldição da Residência HillA Maldição da Mansão Bly podem ficar animados, pois, na sexta (24), chega um novo projeto de seu criador Mike Flanagan: Missa da Meia-Noite, originalmente Midnight Mass.

    Um dos lançamentos da Netflix que vai enlouquecer o público em em 2021, Missa da Meia-Noite é uma minissérie de terror com sete episódios no total. Segundo Mike Flanagan, a produção está sendo pensada há mais de uma década, o que o permitiu deixar pistas sobre a trama em suas outras criações, como Jogo Perigoso (2017) e Hush: A Morte Ouve (2016).

    Missa da Meia-Noite
    Missa da Meia-Noite
    Data de lançamento 24 de setembro de 2021 | min
    Séries : Missa da Meia-Noite
    Com Zach Gilford, Kate Siegel, Hamish Linklater, Annabeth Gish, Michael Trucco
    Usuários
    3,3
    Assistir em streaming
    Qual é a história de Missa da Meia-Noite na Netflix?

    Missa da Meia-Noite se passa na Ilha Crockett, comunidade isolada cercada por uma água cinzenta e coberta por um céu nublado.

    A trama começa com o retorno ao vilarejo do jovem desonrado Riley (Zach Gilford) e a chegada do carismático Padre Paul, interpretado por Hamish Linklater. A aparição do sacerdote coincide com eventos inexplicáveis ​​e aparentemente milagrosos, até que um fervor religioso renovado toma conta da comunidade. Mas será que esses milagres têm um preço?

    Segundo o criador Mike Flanagan, a aura sobrenatural persegue a ilha, mas muitos dos acontecimentos sombrios têm relação com comportamentos do próprio ser humano: fanatismo, corrupção e fé cega. "Esta série é sobre como a crença molda nossas comunidades, nosso mundo e nossos destinos. É um programa sobre fé, fanatismo, vício, recuperação, destruição e redenção."

    No trailer assustador, é possível ver um pouco dos acontecimentos aterrorizantes que veremos depois da chegada do misterioso Padre Paul. Confira no player acima!

    O que esperar de Missa da Meia-Noite na Netflix

    Mike Flanagan é um dos nomes mais requisitados do terror atualmente, contando no currículo com a adaptação de Doutor Sono (2019) do Stephen King, além de ser o criador da série antológica "A Maldição" para a Netflix. Em uma nota oficial, o diretor revelou que Missa da Meia-Noite é seu trabalho favorito até agora e deu mais detalhes sobre a produção.

    "Eu só vou admitir... Missa da Meia-Noite é meu projeto favorito até agora. Como um ex-coroinha, prestes a comemorar 3 anos de sobriedade, não é difícil ver o que torna isso tão pessoal.", contou o roteirista. 

    "A escuridão que anima esta história não é difícil de ver em nosso próprio mundo, infelizmente. Mas esta minissérie é sobre outra coisa também... a própria fé. Um dos grandes mistérios da natureza humana. Como mesmo na escuridão, no pior de tudo, na ausência de luz – e esperança – nós cantamos. Espero que gostem da nossa música", completou Mike Flanagan.

    Diretor de A Maldição da Residência Hill não está mais envolvido em adaptação de Stephen King
    Missa da Meia-Noite tem conexão com dois filmes de terror de Mike Flanagan

    É interessante notar que Missa da Meia-Noite tem ligações com Hush (2016) e Jogo Perigoso (2017), dois filmes de Mike Flanagan. Hush é estrelado por Kate Siegel, esposa de Flanagan na vida real, interpretando Madison "Maddie" Young, uma mulher surda e autora de terror cujo último projeto de livro é chamado Midnight Mass.

    Na adapatação de Stephen King em Jogo Perigoso, Carla Gugino interpreta Jessie Burlingame, que é deixada algemada a uma cama de uma casa isolada depois que seu marido morre inesperadamente. Em determinado momento, um exemplar de Midnight Mass aparece na prateleira. Com isso, é possível que Mike Flanagan esteja criando um universo compartilhado de suas produções de terror, especialmente com Kate Siegel no elenco de Missa da Meia-Noite

    Zach Gilford, Kate Siegel e Hamish Linklater serão os protagonistas da minissérie, mas o elenco ainda conta com diversos nomes conhecidos como Annabeth Gish, Michael Trucco, Samantha Sloyan, Henry Thomas, Rahul Abburi, Crystal Balint, Matt Biedel, Alex Essoe, Rahul Kohli, Kristin Lehman, Robert LongstreetIgby Rigney e Annarah Shephard. 

    Mike Flanagan vai ser o diretor dos episódios e escreve o roteiro com a colaboração de James Flanagan, Elan Gale, Jeff Howard e Dani Parker em alguns capítulos.

    Missa da Meia-Noite estreia em 24 de setembro na Netflix, com sete episódios.

    The Midnight Club: Mike Flanagan revela o elenco da série de terror da Netflix
    facebook Tweet
    Links relacionados
    Pela web
    Comentários
    • Cido Marques
      Diretor de Mansão Bly? tô dentro.
    • Cido Marques
      Será que vai ter vereadores seguidores do catolicoburrismo fazendo moção de repúdio nas Câmaras Municipais do Brasil?
    Mostrar comentários
    Back to Top