Notas dos Filmes
Meu AdoroCinema
    10 anos de Game of Thrones: As 7 cenas mais quentes da série
    Por Caio Garritano — 16 de abr. de 2021 às 12:52

    Aqueles momentos da série em que o clima esquentou para Kit Harrington, Rose Leslie, Emilia Clarke, Jason Momoa e outros atores do elenco.

    Não tem como negar, Game of Thrones foi um dos maiores eventos da cultura pop dos últimos anos. Não dá para discordar que seu desfecho foi decepcionante, mas em 2021, a série completa dez anos do seu lançamento. Aproveitando essa data tão especial, resolvemos listar os melhores episódios, aqueles momentos que todo fã quer esquecer, e claro, aquelas cenas quentes que se tornaram marca registrada desde o começo da produção. 

    House of the Dragon: O que sabemos sobre a série derivada de Game of Thrones

    Daenerys e Khal Drogo (Temporada 1)

    Começamos então pela primeira temporada, em que temos muitas cenas entre Emilia Clarke e Jason Momoa. Vale ressaltar que o primeiro contato sexual entre os dois foi um estupro, não uma relação consentida. Ao longo dos episódios, é interessante perceber como Daenerys vai se transformando, e isso fica bastante perceptível em suas cenas mais íntimas com Khal Drogo. No começo, ela se sentia bastante incomodada, principalmente por estar sendo obrigada a passar por aquilo, depois de ter sido vendida pelo irmão, mas aos poucos consegue reverter o seu papel e assumir o controle da relação, surpreendendo o seu marido.

    Uma curiosidade interessante, é que ao ler pela primeira vez o roteiro da série, Emilia Clarke ficou bastante preocupada com a quantidade de cenas de sexo que teria que gravar. Vale lembrar que a série possui cenas bem pesadas como a do estupro, o que a fez ter uma conversa com o seu pai antes do lançamento da série. Na época, ela pediu que ele não assistisse aos cinco primeiros episódios. 

    Mindinho, Ros e a nova funcionária do Bordel (Temporada 1, Episódio 7) 

    Uma das cenas de sexo mais longas de toda a série. Você deve se lembrar do episódio em que Ros (Esmé Bianco) e uma nova funcionária de Petyr Baelish (Aidan Gillen) treinavam e fingiam que estavam tendo orgasmos, enquanto o personagem ficou observando. Em determinado momento, ele se levanta da cadeira que estava sentado e resolve instruir as moças, porque achava que elas não estavam se saindo bem. Ele sugere que uma das mulheres representasse o homem e a outra fosse a mulher e começa a narrar todo o ato. Quando uma delas pergunta se ele gostaria de participar, ele simplesmente responde que não. 

    Jason Momoa revela que última temporada de Game of Thrones "será a melhor coisa já exibida na TV"

    Loras e Renly (Temporada 2, Episódio 3)

    Loras Tyrell (Finn Jones) era um cavaleiro de duelo e herdeiro do trono de Jardim de Cima, e Renly Baratheon (Gethin Anthony) era um dos muitos homens que lutavam para se sentar no Trono de Ferro. Os dois compartilharam um momento íntimo no início da 2ª temporada, quando Loras ajudou Renly a se barbear, mas o clima acabou esquentando. A cena termina muito rápido quando Loras lembra a Renly que, como rei, ele deveria engravidar sua noiva, que na época era a irmã de Loras, Margaery Tyrell (Natalie Dormer). 

    Jon Snow e Ygritte (Temporada 3, Episódio 5) 

    Provavelmente a cena mais romântica da série. Os personagens de Kit Harington e Rose Leslie, que inclusive estão casados desde 2018, têm a sua primeira noite de amor em uma caverna com água aquecida, conseguindo se livrar de todo o frio que passavam diariamente para além da muralha. Neste momento, ele quebra a promessa que tinha feito quando se juntou à Patrulha da Noite de nunca dormir, casar ou ter filhos com qualquer mulher. 

    Muita gente não sabe, mas essa foi a primeira vez que a atriz que interpreta a Ygritte gravou uma cena de sexo. Segundo a moça, foram necessárias várias tentativas até eles conseguirem um resultado satisfatório. 

    A orgia de Oberyn (Temporada 4, Episódio 3)

    Quando Oberyn (Pedro Pascal) e sua esposa Ellaria (Indira Varma) chegam em King's Landing, eles não perdem tempo e logo vão conhecer o bordel do Lord Baelish, porém Mindinho estava viajando para o norte e por isso deixou Olyvar (Will Tudor) como gerente do local. Os dois protagonizam uma cena de orgia com a esposa de Oberyn e duas outras trabalhadoras de bordel, em que o príncipe explica a sua bissexualidade:  “Todo mundo está perdendo metade do prazer do mundo. Quando se trata de amor, eu não escolho lados". 

    Game of Thrones pode ganhar série animada no HBO Max

    Missandei e Verme Cinzento (Temporada 7, Episódio 2) 

    Esta foi provavelmente uma das cenas de sexo mais bonitas de toda a série. Os dois sempre trocaram olhares tímidos ao longo de vários episódios e deixavam no ar algumas pistas sobre os seus sentimentos. Porém, nessa cena vemos Missandei beijar o Verme Cinzento, tirar as suas roupas e encorajá-lo a fazer o mesmo. Ele até tenta se cobrir, com vergonha por ser um eunuco, mas ela afirma que isso não importava. 

    Na época em que a cena foi gravada, a atriz Nathalie Emmanuel afirmou que teve algumas dificuldades durante a filmagem. Inicialmente, ela pensou que seria um problema para os dois personagens por ser uma cena com nudez de ambos. Em relação ao seu companheiro de cena, Jacob Anderson, a atriz afirmou que a situação foi bastante estranha já que os dois se tornaram bons amigos e já chegaram até a dançar naquele cenário.

    Jaime e Brienne (Temporada 8, Episódio 4) 

    Por fim, mas não menos importante, é impossível não lembrar da cena de despedida de Jaime Lanniester (Nikolaj Coster-Waldau) e Brienne de Tarth (Gwendoline Christie) no episódio em que ela é consagrada cavaleiro dos sete reinos e ele decide deixar Winterfell e voltar para King's Landing para rever Cersei (Lena Headey). A cena conseguiu fechar bem o arco dos personagens que vinham se envolvendo desde as primeiras temporadas, e só naquele momento que um consegue confiar no outro. 

    facebook Tweet
    Links relacionados
    Pela web
    Comentários
    Mostrar comentários
    Back to Top