Notas dos Filmes
Meu AdoroCinema
    Them: Quais são as semelhanças da série de terror do Prime Video com filmes de Jordan Peele e Lovecraft Country?
    Por Bruno Botelho dos Santos — 15 de abr. de 2021 às 21:00

    Them (Outros) apresenta semelhanças com outras produções de terror com comentários sociais, como Corra!, Nós e Lovecraft Country.

    O roteirista e diretor Jordan Peele tem grande importância no protagonismo negro no cinema atual com histórias que trazem a representatividade negra e traçam discussões sobre o racismo estrutural na sociedade. Seus filmes Corra! (2017) e Nós (2019), assim como a série Lovecraft Country (2020) – que foi criada por Misha Green, mas conta com Peele na produção – inspiraram Them (Outros), uma série de antologia de terror que está disponível no catálogo do Amazon Prime Video

    A série, que mistura terror com comentário social e vai trazer uma nova história sobre racismo a cada temporada, apresenta muitas similaridades com essas produções de terror aclamadas que procuram expor o conflito racial nos Estados Unidos, o que mostra como Jordan Peele é um cineasta muito influente na Holywood atual – inclusive, fez declarações contudentes de que não pretende escalar brancos como protagonistas de seus filmes.

    Pensando nisso, o AdoroCinema separou quais são as semelhanças que Them tem com Corra!, Nós e Lovecraft Country. Dá uma olhada!

    8 filmes e séries para entender os protestos e o conflito racial nos EUA

    Temáticas sobre os horrores do racismo

    Them, assim como as produções de Jordan Peele, explora em sua narrativa questões sobre os horrores do racismo nos Estados Unidos – assim como no mundo. 

    Them acompanha a história de Henry (Ashley Thomas) e Lucky Emory (Deborah Ayorinde), um casal afro-americano que, nos anos 50, decide se mudar com sua pequena família da Carolina do Norte para um bairro totalmente branco de Los Angeles, mas logo eles são alvos de racismo sua nova casa se torna palco de fenômenos sobrenaturais.

    Enquanto isso, Corra! mostra Chris (Daniel Kaluuya), um jovem negro que está prestes a conhecer a família de sua namorada caucasiana Rose (Allison Williams) e percebe que a familia esconde algo perturbador; Já o filme Nós mostra Adelaide (Lupita Nyong'o) e Gabe (Winston Duke) levando sua família para passar um fim de semana na praia e descansar em uma casa de veraneio, quando um grupo misterioso tornam eles reféns de seus próprios duplos. 

    E, por fim, Lovecraft Country – considerada uma das melhores séries de 2020 segundo a redação do AdoroCinema – segue Atticus Turner (Jonathan Majors), um veterano do exército que vê sua vida mudar quando seu pai desaparece misteriosamente. Decidido a encontrá-lo, o jovem embarca numa viagem de carro ao lado do tio George (Courtney B. Vance) e da amiga de infância Letitia (Jurnee Smollett), mas a jornada logo se revela muito mais perigosa do que eles esperavam.

    5 filmes para refletir e aprender sobre racismo

    Abordagem do terror como comentário social

    Todas essas produções utilizam o terror como um artifício político e social para explorar as problemáticas do racismo na sociedade, com o uso de metáforas e imagéticas do horror.

    Little Marvin, criador de Them, disse recentemente que isso "é uma ótima maneira de lidar com questões sociais". Segundo a atriz Deborah Ayorinde, “para quem o vive, o racismo é uma experiência traumática, então abordá-lo pelo prisma do horror faz sentido”. Assim, todas elas utilizam as narrativas de terror para expressar seus comentários sociais – mesmo que cada uma de uma maneira.

    Enquanto Nós usa de um enredo mais amplo sobre comentários sociais e foge do terror tradicional ao brincar com a linguagem de diversos gêneros do cinema, Them é uma abordagem de terror mais direta e explícita sobre o racismo, com bastante violência gráfica – uma cena na série está geranda bastante polêmica por ser considerada traumatizante e gratuita.

    Corra! foca sua linguagem em um suspense enervante, trabalhando com bastante metalinguagem e explorando um terror psicológico. Já Lovecraft Country, apresenta um grande caldeirão de referências da cultura pop com metáforas ambiciosas e referências sobre a ancestralidade negra e todo o sofrimento causado pelo racismo estrutural ao longo de séculos. 

    Lovecraft Country: Crítica da série de terror da HBO

    Atriz de Nós faz parte do elenco de Them

    Shahadi Wright Joseph interpreta a filha mais velha, Ruby Emory, uma adolescente que vai para uma escola repleta de alunos brancos após a mudança de sua família para Compton. A jovem atriz é mais conhecida como Zora Wilson, irmã de Jason Wilson (Evan Alex) e filha de Adelaide Wilson (Lupita Nyong'o) e Gabe Wilson (Winston Duke) em Nós, do Jordan Peele.

    Nós: Decifrando o filme de Jordan Peele

    Lovecraft Country e Them se passam nos Estados Unidos de segregação racial

    Lovecraft Country e Them estão contextualizadas em um mesmo período e lugar, ambas se passam durante os anos 50 nos Estados Unidos, quando leis de Jim Crow ainda vigoravam – que exigiam a segregação de espaços públicos entre brancos e negros.

    Them mostra Henry e Lucky Emory, nos anos 50, decidindo se mudar com sua pequena família da Carolina do Norte para um bairro totalmente branco de Los Angeles. Eles tentam escapar da segregação racial e da discriminação predominantes no sul dos EUA, com as leis de Jim Crow.  Em Lovecraft Country, também acontece na década de cinquenta com a segregação racial, que fica muito evidente na história mostrando que os negros percorriam o país com a ajuda de um guia chamado “Green Book”, que indicava estradas e locais seguros para a comunidade afro-americana.

    Os dez episódios da primeira temporada de Them (Outros) estão disponíveis no catálogo da Amazon Prime Video.

    facebook Tweet
    Links relacionados
    Pela web
    Comentários
    Mostrar comentários
    Back to Top