Notas dos Filmes
Meu AdoroCinema
    Falcão e o Soldado Invernal introduz um novo e perigoso super soldado na Fase 4 da Marvel
    Por Bruno Botelho dos Santos — 9 de abr. de 2021 às 15:58

    O episódio 4 de Falcão e o Soldado Invernal se aprofundou mais nas consequências do soro de super soldado no Disney+.

    Falcão e o Soldado Invernal apresentou em seus primeiros episódios os conflitos de Sam Wilson, o Falcão (Anthony Mackie) e Bucky Barnes, o Soldado Invernal (Sebastian Stanem uma aventura mundial para continuar o legado do Capitçao América na Fase 4 do Universo Cinematográfico Marvel: como a introdução de John Walker (Wyatt Russel) como o novo Capitão América e o conflito com o grupo antagonista Apátridas.

    Os três episódios iniciais focaram sua narrativa sobre os soros de super soldado que Karli Morgenthau (Erin Kellyman) e os Apátridas querem usar para criar novos super soldados e revolucionar o mundo, com o Mercador do Poder querendo roubá-los e o Barão Zemo (Daniel Brühl) ajudando Sam e Bucky para destruí-los. Além de Karli e alguns membros de seu grupo, o soro não foi usado por mais ninguém, deixando os Apátridas, Bucky Barnes e Isaiah Bradley (Carl Lumbly) – o primeiro Capitão América da Marvel – como os únicos super soldados conhecidos no Universo Cinematográfico Marvel atualmente.

    Porém, isso mudou com o quarto episódio de Falcão e o Soldado Invernal, que foi ainda mais fundo na história do soro e apresentou um novo super soldado poderoso e perigoso. Vamos saber quem é!

    ATENÇÃO: Essa matéria apresenta revelações sobre o quarto episódio de Falcão e o Soldado Invernal!

    Falcão e o Soldado Invernal: Conheça o grupo anarquista vilão na série da Marvel no Disney+

    Novo Capitão América utiliza o soro de super soldado em Falcão e o Soldado Invernal

    No quarto episódio de Falcão e o Soldado Invernal, Zemo persegue Karli e faz com que ela derrame sua bolsa de frascos de soro. Ele acaba esmagando todos eles com sua bota, pensando ter acabado com o futuro do soro – afinal, ele também matou o cientista que sabia como fazê-lo. No entanto, houve um frasco que ele perdeu, que acabou sendo encontrado por ninguém menos que John Walker, o novo Capitão América escolhido pelo governo dos Estados Unidos.

    Walker está claramente em dúvida sobre tomar o soro, mas ele lutou por toda a série para viver de acordo com o legado de Steve Rogers. Porém, em uma conversa, seu assistente Lemar Hoskins (Clé Bennett) menciona quantas vidas eles poderiam ter salvo durante a guerra se tivessem o soro, é o suficiente para convencer John a tomá-lo – confirmando de vez como John Walker será um Capitão América ideológicamente diferente do que foi Steve Rogers (Chris Evans).

    Fica evidente que ele tomou o soro de super soldado quando ele chega em uma emboscada para lutar contra os Apátridas, mostrando muito mais força do que ele havia demonstrando anteriormente, quando ele até mesmo perdeu os combates e ficou frustrado por isso. Como tantos outros, o poder prova como pode corromper quem usa ele, não que ele não consiga lidar fisicamente com a força, mas não consegue se controlar.

    Falcão e o Soldado Invernal: Capitão América de John Walker é um resultado da Guerra Civil

    Durante a luta, Karli dá um soco em Lemar e o joga contra uma parede, matando-o acidentalmente. Isso desperta ainda mais a fúria de John Walker, que persegue um dos membros dos Apátridas pelas ruas. Quando alcança o homem, ele o mata violentamente com o escudo do Capitão América, bem na frente de uma multidão de pessoas.

    Finalmente, John Walker pode ser visto como um dos vilões na Fase 4 do Universo Cinematográfico Marvel, que era o que muitos fãs esperavam ver em Falcão e o Soldado Invernal. Ou seja, o soro de super soldado deixou as coisas muito mais difíceis para Sam e Bucky.

    Falcão e o Soldado Invernal ganha novos episódios toda sexta-feira no serviço de streaming Disney+.

    facebook Tweet
    Links relacionados
    Pela web
    Comentários
    Mostrar comentários
    Back to Top