Minha conta
    Órfã 2: Qual é a altura de Isabelle Fuhrman?
    21 de set. de 2022 às 17:00
    Rafael Felizardo
    Rafael Felizardo
    -Redator | Crítico
    Sonhador desde pequeno e apaixonado por cinema de A a Z, encontrou em David Lynch um modo de sonhar acordado.

    Antagonista da franquia A Órfã, Fuhrman passou por alguns truques de câmera para disfarçar sua altura no filme.

    Um dos filmes de terror mais aguardados de 2022, Órfã 2: A Origem chegou aos cinemas brasileiros na semana passada, trazendo de volta uma das vilãs mais queridas do universo cinematográfico: a pequena Esther. Interpretada por Isabelle Fuhrman, a antagonista promete marcar mais uma vez o terror moderno, continuando sua marcante jornada de maldade que a consagrou como um ícone para o gênero.

    Órfã 2: A Origem
    Órfã 2: A Origem
    Data de lançamento 15 de setembro de 2022 | 1h 39min
    Criador(es): William Brent Bell
    Com Isabelle Fuhrman, Julia Stiles, Rossif Sutherland, Hiro Kanagawa, Matthew Finlan
    Imprensa
    3,1
    Usuários
    2,7
    Adorocinema
    3,0
    Ver sessões

    Levando em consideração que Fuhrman é uma atriz de 25 anos interpretando uma personagem "presa" a um corpo de criança, você já parou para pensar qual é a verdadeira altura da atriz?

    Para os que não sabem, Isabelle Fuhrman possui 1,60 de altura. De acordo com o site Entertainment Weekly, para muitas tomadas do filme, o diretor William Brent Bell utilizou uma técnica conhecida como perspectiva forçada, o mesmo truque que Peter Jackson utilizou na trilogia O Senhor dos Anéis para fazer o personagem Gandalf (Ian McKellen) parecer muito mais alto do que os hobbits interpretados por Elijah Wood e Sean Astin.

    “Se temos duas pessoas no quadro e queremos que uma delas seja menor, nós a colocamos mais para trás. Então, usamos uma lente que, quando eles estão se movendo juntos, pareçam proporcionais um ao outro”, explicou Bell.

    A Freira 2 ganha data de estreia; saiba quando a continuação do terror chega aos cinemas

    Como resultado, sempre que Fuhrman aparecia falando com outro ator na mesma cena, ela não estava olhando diretamente nos olhos da pessoa e, sim, para um ponto marcado atrás do seu parceiro de cena.

    “Qualquer cena era como um truque de mágica porque, mesmo que fosse um simples take de duas pessoas andando por um beco, isso significava que a Julia tinha que estar dois ou três passos à frente da outra", acrescentou o diretor.

    Da mesma forma, a atriz Julia Stiles revelou que por conta da opção do cineasta de não utilizar computação gráfica, ela precisou utilizar saltos plataformas para a deixar mais alta quando em cena com a vilã.

    “Eles se comprometeram a não usar CGI ou efeitos digitais [em relação à Esther], então, era tudo um truque prático, e isso significava que eu estava sujeita à humilhação diária de ter que usar esses sapatos de plataforma", brincou Stiles. "Eles tentaram todas essas coisas diferentes. Primeiro, foi andar em plataformas, como uma caixa real que eles construíam, mas, às vezes, não tínhamos tempo para isso. Então eu acabava usando essas botas que me davam cinco centímetros a mais de altura", ainda completou.

    Julia Stiles e Isabelle Fuhrman.

    Novo filme de terror da Netflix está fazendo público desistir em 5 minutos: “Medo de continuar”
    facebook Tweet
    Links relacionados
    Pela web
    Comentários
    Mostrar comentários
    Back to Top