Minha conta
    Procurando Nemo na Sessão da Tarde (24/01): Entenda como a animação ajudou um menino autista a ganhar Netflix personalizada
    Por Rafael Felizardo — 24 de jan. de 2022 às 14:00

    Famosa animação da Pixar, Procurando Nemo fica como a grande opção do dia nas telas da TV Globo.

    Nesta segunda-feira, a Sessão da Tarde traz um grande sucesso às telas da Rede Globo. Grande opção para quem gosta de animações da PixarProcurando Nemo é a pedida, apresentando a história de um divertido peixinho em sua jornada para encontrar o caminho de volta para casa.

    Na trama, o passado reserva tristes memórias para Marlin, nos recifes de coral onde perdeu sua esposa e toda a ninhada. Agora, ele cria seu único filho, Nemo, com todo o cuidado do mundo, mas o pequeno e simpático peixe-palhaço acaba exagerando durante uma simples discussão e é capturado por um mergulhador. Quando o pai super protetor precisa entrar em ação, partindo numa busca incansável pelo mar aberto, ele acaba conhecendo Dory e, juntos, a dupla parte em uma incrível aventura. Enquanto isso, Nemo também vive uma intensa experiência ao lado de seus novos amigos, habitantes de um aquário, tentando escapar do destino que lhe foi reservado: ir parar nas mãos da terrível Darla, sobrinha do dentista que o capturou.

    Procurando Nemo
    Procurando Nemo
    Data de lançamento 4 de julho de 2003 | 1h 41min
    Criador(es): Andrew Stanton, Lee Unkrich
    Imprensa
    4,5
    Usuários
    4,6
    Adorocinema
    5,0
    Assista agora em Disney +

    Não podemos esquecer de citar a dublagem original, que conta com grandes nomes de Hollywood, como Willem DafoeAllison JanneyEllen DeGeneresAlexander Gould e Stephen Root.

    Confira abaixo algumas curiosidades de Procurando Nemo, que vai ao ar às 15:15, logo após a novela O Cravo e a Rosa:

    DreamWorks x Pixar: Qual é o melhor estúdio de animação?
    MENINO COM AUTISMO GANHOU NETFLIX PERSONALIZADA

    Em 2019, a animação Procurando Nemo saiu do catálogo da Netflix. O acontecimento levou a mãe de Miguel, uma criança autista, a fazer uma súplica na internet, pedindo pela volta do desenho ao streaming, pois era uma das únicas coisas que conseguiam acalmar o menino. Ao presenciar o post, o programador Rodrigo Lima teve a ideia de gravar um DVD com o filme, junto a um menu que fosse idêntico ao da Netflix, para que Miguel pudesse "selecionar" Procurando Nemo antes de assistir ao longa.

    Além da sugestão, o próprio programador se voluntariou a realizar o trabalho, criando um layout idêntico ao do serviço de streaming. Depois de alguns dias, ele voltou aos comentários e deixou todo o conteúdo para que Fernanda pudesse baixar gratuitamente. Final feliz!

    Resultado do menu improvisado
    A PRODUÇÃO LEVOU TEMPO

    A renderização de um frame (na resolução de 1600x900), que durava cerca de 1/24 de segundo, podia levar até quatro dias, devido à complexidade do ambiente subaquático, com a luz do sol entrando pela água e atingindo as escamas dos peixes.

    APARÊNCIA REALÍSTICA DA ÁGUA

    A Pixar havia desenvolvido uma aparência muito realista para a água da superfície, mas teve que fazer com que parecesse mais falsa para que as pessoas não pensassem ser uma filmagem real do oceano.

    A MAIOR BILHETERIA DA ÉPOCA

    O longa ultrapassou O Rei Leão (1994), tornando-se a animação de maior bilheteria da época. O produtor do desenho de Simba, Don Hahn, chamou o diretor Andrew Stanton para parabenizá-lo e disse: "Já estava na hora".

    PREOCUPAÇÃO COM A ATUAÇÃO DE ELLEN DEGENERES

    Uma das grandes preocupações dos cineastas era que a apresentadora e comediante, Ellen DeGeneres, não fosse capaz de realizar a cena dramática em que Dory implora para Marlin não sair. Então, ao final de um dia de gravação, eles pediram que Ellen filmasse uma leitura de teste do take, com a intenção de que ela fosse para casa com o material para trabalhar em sua performance real. DeGeneres concordou, mas sua leitura teste foi tão sincera e emocional que acabou sendo usada no corte final do filme.

    MAIS PREOCUPAÇÃO COM A ÁGUA

    A aparência do mundo subaquático foi essencial para o sucesso do longa-metragem. Para isso, toda a equipe de produção foi exposta a diversas visitas a aquários, mergulhos em Monterey e no Havaí, sessões de estudo em frente a um aquário de 25 galões da Pixar e até mesmo uma série de palestras internas de um ictiólogo (o ramo da zoologia que trata dos peixes).

    PROCURANDO NEMO: ONDE ASSISTIR AO FILME ONLINE?

    Disney+ (Streaming)

    Trailer honesto de Procurando Nemo compara animação com Busca Implacável
    facebook Tweet
    Links relacionados
    Pela web
    Comentários
    Mostrar comentários
    Back to Top