Minha conta
    Festival do Rio 2021: Medusa e Medida Provisória estão entre os grandes vencedores
    Por Katiúscia Vianna — 20 de dez. de 2021 às 11:01

    Rolê - Histórias dos Rolezinhos levou melhor documentário, filme de Lázaro Ramos ganhou prêmio especial e teve empate de talentos femininos na categoria de direção.

    O Festival do Rio anunciou os vencedores de sua mais recente edição! Numa cerimônia realizada no domingo (19/12), o grande título celebrado foi Medusa, filme de Anita Rocha da Silveira — que já tinha sido premiada em 2015, com Mate-me Por Favor. Além de ganhar como melhor longa de ficção, o projeto levou melhor direção (empatado com Laís Bodanzky de A Viagem de Pedro) e melhor atriz coadjuvante para Lara Tremouroux. O filme acompanha um grupo de jovens garotas que se esforçam ao máximo para manter as aparências de perfeição e pureza.

    Festival do Rio 2021: 6 filmes brasileiros que todos deveriam conferir no cinema

    Por outro lado, o júri composto por Patrícia Andrade, Bia Salgado, Gustavo PizziQuito RibeiroSuzana Pires deu um prêmio especial para Medida Provisória, estreia de Lázaro Ramos na direção de filmes. Estrelada por Taís Araújo e Seu Jorge, a obra acompanha um futuro distópico, onde o governo brasileiro obriga todos os negros a serem enviados para a África. Leia a crítica do AdoroCinema.

    Confira a lista completa de vencedores do Festival do Rio 2021:

    PREMIÈRE BRASIL 2021

    MELHOR LONGA-METRAGEM FICÇÃO
    Medusa, de Anita Rocha da Silveira

    MELHOR LONGA-METRAGEM DOCUMENTÁRIO
    Rolê - Histórias dos Rolezinhos, de Vladimir Seixas

    MELHOR CURTA-METRAGEM
    Solitude, de Tami Martins e Aron Miranda

    PRÊMIO ESPECIAL DO JÚRI
    Medida Provisória, de Lázaro Ramos

    MELHOR DIREÇÃO DE FICÇÃO (empate)
    Anita Rocha da Silveira, por Medusa
    Laís Bodanzky, por A Viagem de Pedro

    MELHOR DIREÇÃO DE DOCUMENTÁRIO
    Murilo Salles, por Uma Baía

    MELHOR ATRIZ
    Tati Villela, por Mundo Novo

    MELHOR ATOR
    Rômulo Braga, por Sol

    MELHOR ATRIZ COADJUVANTE
    Lara Tremouroux, por Medusa

    MELHOR ATOR COADJUVANTE
    Sergio Laurentino, por A Viagem de Pedro

    MELHOR ROTEIRO
    Mundo Novo

    MELHOR MONTAGEM
    Uma Baía

    MELHOR FOTOGRAFIA
    Casa Vazia


    NOVOS RUMOS 2021

    MELHOR LONGA-METRAGEM
    Rio Doce, de Fellipe Fernandes

    MENÇÃO HONROSA
    O Dia da Posse, de Allan Ribeiro

    PRÊMIO ESPECIAL DO JÚRI
    Renata Carvalho, por Os Primeiros Soldados

    MELHOR CURTA-METRAGEM
    Chão de fábrica, de Nina Kopko

    facebook Tweet
    Links relacionados
    Pela web
    Comentários
    Mostrar comentários
    Back to Top